Escolas Literárias

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Escolas Literárias por Mind Map: Escolas Literárias

1. As características do realismo estão relacionadas com a capacidade com a capacidade de demonstrar a realidade de maneira mais verossímil possível.

1.1. Autores do Realismo: Gustave Flaubert, Charles Dickens, Eça de Queiroz, Machado de Assis.

2. A principal característica do Classicismo está na imitação dos modelos clássicos greco-romanos. Assim, a busca pela perfeição, pelo equilíbrio, a pureza das formas e o rigor estético são as principais tendências desse movimento.

2.1. Autores do Classicismo: Luís Vaz de Camões, Sá de Miranda, Bernardim Riveiro e Antônio Ferreira.

3. Objectives

3.1. Arcadismo (1768-1836)

3.1.1. O Arcadismo foi o principal movimento literário do século XVIII. Outros nomes dados ao estilo são Setecentismo ou Neoclassicismo. O movimento árcade foi fortemente influenciado pela cultura grega, latina e renascentista. A clareza e a harmonia nos temas e nas formas afastaram das produções literárias a linguagem rebuscada e confusa do Barroco.

3.1.2. Uma das principais características árcades é a herança da cultura clássica (greco-latina e renascentista).

3.1.2.1. Autores do Arcadismos: Bocage Cláudio Manuel da Costa Tomás Antônio Gonzaga Santa Rita Durão Basílio da Gama

4. Trovadorismo (1189-1418)

4.1. É o primeiro movimento literário da língua portuguesa por meios de quatro diferentes tipos de cantigas: Cantiga de Amor, de Amigo, de Escárnio e Maldizer. As cantigas do Trovadorismo eram carregadas de valores típicos de idade média.

4.1.1. Autores do Trovadorismo: João Soares de Paiva, Paio Soares de Taveirós, o rei D. Dinis, João Garcia de Guilhade, Afonso Sanches, João Zorro, Aires Nunes e Nuno Fernandes Torneol.

5. Realismo (1881-1992)

5.1. O Realismo foi um dos principais movimentos artísticos do século XIX. Na literatura, o marco inicial dessa arte deu-se com a publicação do livro Madame Bovary, de Gustave Flaubert, em 1857.

6. Humanismo (1418-1527)

6.1. É do humanismo que nascer o Renascimento cultural, as prosas eram dirigidas a nobreza e as poesias eram feitas por fidalgos. Deus para de ser o centro do universo e o homem começa a ser o centro de tudo.

6.1.1. As caraterísticas do humanismo refletem a preocupação com as questões humanas onde o homem passa ser o centro das atenções (Atropocentrismo)

6.1.1.1. Autores do Humanismo: Francesco Petrarca, Dante Alighieri, Giovanni Bocaccio, Erasmo Rotedã, Michel de Montaigne, Fernão Lopes e Gil Vicente.

7. Summary

7.1. Barroco (1601-1768)

7.1.1. O Barroco é um estilo que dominou a arquitetura, a pintura, a literatura e a música na Europa do século XVII. Por isso, toda a cultura desse período, incluindo costumes, valores e relações sociais, é chamada de "barroca".

7.1.1.1. Características do Barroco: Arte rebuscada e exagerada; Valorização do detalhe; Dualismo e contradições; Obscuridade, complexidade e sensualismo; Barroco literário: cultismo e conceptismo.

7.1.1.1.1. Autores do Barroco: Padre Manuel Bernardes, Francisco Rodrigues Lobo, Sóror Violante do Céu, Francisco Manuel de Melo, Frei Luís de Sousa, Sóror Mariana Alcoforado, Padre Antônio Vieira, Bento Teixeira e Gregório de Matos (Boca do Inferno).

8. Parnasianismo (1882-1922)

8.1. É uma estética literária do século XIX, contemporânea ao Realismo e ao Naturalismo. Trata-se de uma estética em reação ao sentimentalismo idealizaste ao romantismo.

8.1.1. Características: Vocabulário rebuscado; Métrica regulation preferência pelo verso alexandrino (12 sílabas); Gosto pelo Soneto; Rima regular; Rimas raras e artificiais; Descritivo e narrativo; Poucas figuras de linguagem.

8.1.1.1. Autores do Parnasianismo: Alberto de Oliveira, Raimundo Correia e Olavo Bilac.

9. Romantismo (1836-1881)

9.1. Foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que durou por grande parte do século XIX.

9.1.1. Características: Individualismo; Idealização; Subjetivismo; Sentimentalismo Exacerbado; Egocentrismo; Natureza interagindo com o eu lírico; Grotesco e sublime; Medievalismo; Indianismo e Byronismo.

9.1.1.1. Autores do Romantismo: Goethe, Lorde Byron, Camilo Castelo Branco e Almeida Garret, Victor Hugo, Gonçalves Dias, José de Alencar, Álvares de Azevedo e Castro Alves.

10. Direct Instruction

10.1. Quinhentismo (1500-1601)

10.1.1. O fim da idade média é marcado pelo Renascimento, período entre os séculos XV e XVI que trouxe profundas transformações na forma de pensar e ver o mundo.

10.1.2. As características do Quinhentismo são: Uso de uma linguagem simples; Descrição e exaltação à terra; Uso exagerado de adjetivos e superlativos; Literatura pedagógica: poesia didático e teatro pedagógico.

10.1.2.1. Autores do Quinhentismo: Pero Vaz de Caminha, Pero de Magalhães Gandavo, Gabriel Soares de Sousa, Pe. Manuel de Nóbrega, Padre José de Anchieta.

11. Guided Practice

11.1. Classicismo(1527-1580)

11.1.1. É uma estética literária do século XVI, manifestação nas letras de um movimento cultural amplo denominado Renascimento – houve manifestações renascentistas em diversos âmbitos da sociedade: política, ciências, religião, artes plásticas, arquitetura, literatura.

12. Naturalismo (1880-1900)

12.1. A escola literária Naturalista é conhecida como uma radicalização do Realismo que se baseia na observação fiel e na experiência, logo, o indivíduo se determina pelo ambiente e pela hereditariedade.

12.1.1. As características do Naturalismo seguem as ideias do Realismo, ou seja, estão relacionadas com a percepção da realidade. No entanto trata-se de um Realismo mais exagerado e que abrange sobre tudo os problemas da realidade social e de seus personagens.

12.1.1.1. Autores do Naturalismo: Aluísio Azedo, Adolfo Caminha, Inglês de Sousa e Raul Pompeia.

13. Simbolismo (1893-1922)

13.1. O Simbolismo foi um importante movimento literário do final do século XIX, marcado pelo pessimismo e pela visão subjetiva da realidade.

13.1.1. Características do Simbolismo: Subjetivismo, Musicalidade, Transcedentalismo, Literatura, Artes Plásticas, Misticismo, Religiosidade.

13.1.1.1. Autores do Simbolismo: Baudelaire, Rimbaud, Camilo Pessanha e Cruz e Souza.

14. Pre-Modernismo (1902-1922)

14.1. O Pré-Modernismo teve seu início em 1902, estabelecendo como limite as obras Os Sertões, de Euclides Da Cunha, e Canaã, de Graça Aranha. Terminou em 1922 com a Semana da Arte Moderna.

14.1.1. Características do Pré-Modernismo: Investigação e denúncia dos problemas sociais, aproximação da obra literária ao contexto sócio-político-econômico, marginalização dos personagens principais, linguagem informal em oposição à língua formal do arcadismo e naturalismo.

14.1.1.1. Autores do Pré-Modernismo: Euclides Da Cunha, Monteiro Lobato, Lima Barreto, Augusto dos Anjos, Graça Aranha, Raul de Lêoni e Simões Lopes Neto.