IMUNIDADE INATA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
IMUNIDADE INATA por Mind Map: IMUNIDADE INATA

1. Síntese de proteínas de fase aguda, citocinas e quimiocinas

2. Liberação de mediadores inflamatórios

3. Classificação das reações de hipersenssibilidade

3.1. Tipo I: hipersensibilidade imediata

3.2. Tipo II: hipersensibilidade mediada por anticorpos

3.3. Tipo III: hipersensibilidade mediada por imunocomplexos

3.4. Tipo IV: hipersensibilidade tardia

4. Definição

4.1. Resposta rápida e estereotipada a um número grande, mas limitado, de estímulos.

5. Resposta inflamatória

5.1. Definição

5.1.1. Processo biológico complexo que envolve componentes vasculares, celulares e uma diversidade de substâncias solúveis

5.2. Função

5.2.1. Remover o estímulo indutor da resposta e iniciar a recuperação do tecido

6. MHC

6.1. Composição

6.1.1. conjunto de genes altamente polimórficos, demominados complexo HLA

6.2. Função

6.2.1. Atua na apresentação de antígenos

6.3. Classificação

6.3.1. I,II e III

7. Componentes

7.1. Barreiras físicas, químicas e biológicas;

7.2. Moléculas solúveis

7.3. Células especializadas

8. Células efetoras

8.1. Macrófagos

8.2. Neutrófilos

8.3. Células dendriticas

8.4. Células NK

8.5. Mastócitos

8.6. Eosinófilos

8.7. Basófilos

9. Mecanismos

9.1. Fagocitose

9.2. Ativação de proteínas do sistema complemento

10. Relação com infecciosas crônicas

10.1. Lúpus eritematoso, artrite reumatóide e esclesose sistêmica

10.1.1. Expressão de genes relacionados ao interferon (IFN - alfa e IFN - beta), mediadores típicos da resposta inata