Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Max Weber por Mind Map: Max Weber

1. Para Weber a sociedade não é uma “coisa” que indica o comportamento das pessoas, porém ela é uma inesgotável mistura de interações entre as pessoas.

1.1. Fatos sociais não são “coisas”. Porque as coisas que eu vejo não é a mesma que você vê.

2. “Sociedade não é aquilo que pesa sobre os indivíduos, mas aquilo que se veicula entre eles” p. 59

2.1. Valores- são compartilhados, porém cada um tem sua interpretação podendo ser diferente das outras.

3. “A sociedade não é um bloco é uma teia” p. 61

4. Ação Social- ciência compreensiva, pois trata da análise dos comportamentos movidos pela racionalidade dos sujeitos com relação aos outros.

4.1. Ação social racional com relação a fins.

4.1.1. Ex. Estudar muito para ganhar dinheiro e ficar rico.

4.2. Ação social racional com relação a valores.

4.2.1. Ex. Formação familiar.

4.3. Ação social afetiva (irracional)

4.3.1. Ex. Relação amigos / namorado (a).

4.4. Ação social racional com relação ao regular.

4.4.1. Ex. O que os outros vão dizer.

4.5. Essas ações se misturam entre si, pois um indivíduo pode ter um namorado e sua família influenciar também. Mas essas ações são pontos de referência.

5. Racionalidade- seria a ação de um indivíduo que está vinculada a outros indivíduos que os cercam.

6. “Ação em associação”

6.1. Formas de dominação legítima puros.

6.2. A dominação tradicional.

6.2.1. Ex: Tradição

6.3. A dominação carismática.

6.3.1. Ex. Carisma do líder

6.4. A dominação racional-legal.

6.4.1. Ex: baseia na lei e na racionalidade

7. Educação

7.1. É o modo onde homens são preparados para exercer as funções que a transformação causada pela racionalização da vida.

7.2. A racionalização e a burocratização alteram radicalmente os modos de educar. E isso foi muito importante para empresa capitalista, pois ela foca na lógica do lucro, cálculo de custos e benefícios e precisa de profissionais qualificados.

7.3. Modelo ideal weberiano de educação com três finalidades principais.

7.3.1. Despertar carisma: não se aplica a pessoas normais, mas sim aqueles capazes de revelar qualidades “mágicas” ou de dons heroicos.

7.3.2. Preparar o aluno para uma conduta de vida: Weber chama de pedagogia do cultivo, para formar um homem culto, dependendo sua camada social.

7.3.3. Transmitir conhecimento especializado: a meta é a qualidade da posição do homem na vida, com objetivo de tornar o indivíduo um perito.

8. Referência - RODRIGUES, A. T. Sociologia da Educação. Rio de Janeiro, DP&A, 2000.

9. Sociedade, Educação e Desencantamento