INTRODUÇÃO A PARASITOLOGIA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
INTRODUÇÃO A PARASITOLOGIA por Mind Map: INTRODUÇÃO A PARASITOLOGIA

1. Vias de infecção > Oral, cutânea, mucosa, genital, transplante, transfusão, transplacentário e transmamário.

2. Ciclo de vida > - Ciclo Monoxênico > Parasito com apenas um hospedeiro. - Ciclo Heteroxeno > Parasito com mais de um hospedeiro - HD > anofelino e HI > homem e Trypanosoma cruzi – HD > homem e HI > barbeiro).

3. Ação do parasito no organismo hospedeiro Mecânica: Obstrução ou compressão dos tecidos do hospedeiro Tóxica/Imunológica: Liberação de substâncias com ação tóxica ou que induzem a reações de hipersensibilidade Espoliativa: Consumo direto dos tecidos do hospedeiro Contaminativa: Transmissão de doenças infecciosas, geralmente realizada por vetores

4. ALGUMAS DEFINIÇÕES EM EPIDEMIOLOGIA - Antroponose: Infecção transmitida exclusivamente entre os homens. - Endemia: É quando determinada infecção tem sua transmissão mantida em determinada área de forma regular em relação ao número de casos esperado. - Epidemia: É a ocorrência em determinado local, região ou país de número de casos superior ao esperado para aquela época do ano. - Zoonose: Doenças e infecções em que possa existir relação animal-homem e vice-versa, seja diretamente ou através do meio ambiente.

5. - Tipos de desenvolvimento: Infecção: relacionado com endoparasitismo; Infestação: relacionado com ectoparasitismo; Parasitíase ou parasitose: doença causada pelo parasito;

6. Disseminação pelo organismo > - Via sanguínea: Hemoparasitas T. cruzi -Via linfática: Wuchereria bancrofti - Pela pele: ectoparasitas Pediculus humanus

7. - Fatores inerentes ao hospedeiro: Idade, imunidade, dieta, doenças intercorrentes, microbiota bacteriana, medicamentos utilizados, hábitos, estresse... - Fatores inerentes ao parasita: Número de exemplares, capacidade de multiplicação no hospedeiro, dimensões do parasito, localização no organismo, virulência, vitalidade

8. Habitat > local ou órgão onde determinada espécie ou população vive.. - Vetor > Mecânico: o parasito é disseminado por transporte mecânico simples; Biológico: o parasito necessita realizar parte de seu ciclo no vetor.

9. Hospedeiro intermediário > alberga a fase larval, reprodução assexual.

10. Qualquer animal ou planta que o parasita se hospeda / hospedeiro definitivo > fase adulta do parasito, reprodução sexual.

11. Artrópodes > 16.000 espécies hematófagas, 6.000 espécies hematófagas - fungos > 30% das 100.000 espécies de fungos, principalmente parasitando plantas.

12. Protozoários > 70 espécies no homem - Helmintos > 300 espécies no homem.

13. Parasitismo

14. Interação biológica em que um ser vivo - o parasita - vive a custa de outro.

15. Estudo dos organismos que se comportam como parasitas, se associam a outros.

16. O hospedeiro - alimenta-se de seus tecidos ou de seus fluídos orgânicos.

17. Obtém alimento às expensas de seu hospedeiro, sendo que o relacionamento do parasita com seu hospedeiro tem base nutricional não podendo lesar drasticamente o hospedeiro, evitando alterações comprometedoras, o que o faria perder o seu hospedeiro.

18. Portador > Indivíduo susceptível a um patógeno, manifestando a parasitíase em maior (sintomático) ou menor grau (oligo ou assintomático) – Reservatório > Indivíduo onde o parasito permanece viável, sem causar a doença - Localização > Ectoparasito (atua apenas sobre a pele ou na epiderme) e endoparasito (atua sobre as mucosas e tecidos internos )