SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS) por Mind Map: SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)

1. lei 8080: – Lei Orgânica da Saúde

1.1. acerca das condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde,

1.2. organização e funcionamento dos serviços correspondentes, mostrando de forma clara os objetivos do SUS, suas competências e atribuições,

1.3. as funções da União, dos Estados e dos Municípios

2. artigo 196: a saúde é direito de todos e dever do Estado; acesso universal e igualitário

3. artigo 198: ações e serviços públicos de saúdes integram uma rede regionalizada e hierarquizada; constituem um sistema único

4. I - descentralização, com direção única em cada esfera de governo; II - atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais; III - participação da comunidade.

5. EQUIDADE; INTEGRALIDADE; UNIVERSALIZAÇÃO

6. 8ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE: marco inicial da Reforma Sanitária brasileira.

7. Declaração de Alma-Ata

8. Movimento Sanitarista

9. lei 8142

9.1. participação da comunidade na gestão do SUS e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde

10. a identificação e divulgação dos fatores condicionantes e determinantes da saúde;

11. Desafios

11.1. gestores mais preocupados com campanhas políticas eleitorais do que com a saúde dos seus cidadãos

11.2. dificuldade para promover a integração entre estados, municípios e as redes assistenciais estatais com os serviços de abrangência nacional

11.3. a precarização do trabalho dos profissionais da rede que, por diversas razões, não recebem salários justos, não têm vínculos empregatícios nem direitos trabalhistas.

11.4. problemas de formação dos conselheiros, a dificuldade dos cidadãos para conseguir acesso às informações do sistema, a falta de cumprimento das deliberações dos conselhos por parte dos gestores, o desconhecimento por parte da grande massa da população dos seus direitos como controladores do SUS,

12. a formulação de política de saúde destinada a promover, nos campos econômico e social ações e serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito Público ou privado.

13. a assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde, com a realização integrada das ações assistenciais e das atividades preventiva