MÓDULO 04

Olá, tudo bem? Sou Talita Gress, aluna da 4JD e esse é meu mapa do módulo 4. Enriquecer sozinha não tem graça!Aproveite!

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
MÓDULO 04 por Mind Map: MÓDULO 04

1. submódulo - Preparando a sua cabeça para a independência financeira

1.1. VEREMOS PRINCIPAIS INVESTIMENTOS E COMO ENCAIXAR CADA UMA DELA NOS NOSSOS OBJETIVOS

1.2. 10 PASSOS PARA SER INDEPENDENTE FINANCEIRAMENTE

1.2.1. não é sair da casa dos pais, mas sim trabalhar por opção, enquanto o meu dinheiro trabalha para mim

1.2.1.1. 1) TENHA CONTROLE TOTAL SOBRE O SEU ORÇAMENTO

1.2.1.1.1. A) QUANTO VOCÊ GANHA? B) QUANTO VOCÊ GASTA? C) QUANTO VOCÊ INVESTE?

1.2.1.2. 2) TENHA METAS CLARAS E OUSADAS PARA CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO (M1, M2, M3, M4 E M5)

1.2.1.2.1. Ao alcançar uma meta, substitua por outra

1.2.1.3. 3) CRIE UMA META PARA POUPAR E INVESTIR E COMECE HOJE

1.2.1.3.1. O que você pode fazer hoje para ficar UM POUQUINHO mais próxima da meta? TAREFAS DIÁRIAS

1.2.1.4. 4) SAIBA REALMENTE O QUE É IMPORTANTE PARA VOCÊ

1.2.1.4.1. Coloque como um mantra e nunca desvie dos seus principais valores

1.2.1.5. 5) VALORIZE SEU TEMPO E DINHEIRO

1.2.1.5.1. Custo cem

1.2.1.5.2. Tempo é nosso o recurso mais escasso e valioso

1.2.1.6. 6) COMBATA O DESPERDÍCIO

1.2.1.6.1. JOGAR COMIDA FORA É JOGAR DINHEIRO FORA. JOGAR DINHEIRO FORA É JOGAR NOSSO TEMPO FORA

1.2.1.7. 7) PESQUISE PREÇO, PEÇA DESCONTO, PEÇA EMPRESTADO E VENDA O QUE VOCÊ NÃO USA

1.2.1.8. 8) NÃO CONFIE EM VOCÊ

1.2.1.8.1. Mande dinheiro para o investimento e viva com o que sobra

1.2.1.9. 9) ESTUDE

1.2.1.9.1. Nada é mais poderoso do que novas conexões, aumente repertório, estude sobre coisas que, aparentemente, não tem a ver com seu trabalho

1.2.1.10. 10) PENSE COMO AUTÔNOMO E TRABALHE A 110%

1.2.1.10.1. A maioria das pessoas trabalha a 70%. Trabalhar a 100% é estar (um pouquinho acima da) média. Em 110%, ninguém te para. Entre o bom e o ótimo, escolha o ótimo. PARA VOCÊ, o trabalho deve estar excelente.

1.2.1.11. BÔNUS: traga pessoas para o mundo da luz, espalhe conhecimento.

1.3. AS 6 ARMAS DA PERSUASÃO

1.3.1. tudo fica mais fácil quando você aplica a arte da persuasão

1.3.2. Robert Cialdini fez uma série de estudos sobre o comportamento humano, hoje é papa da economia comportamental. Autor do Livro "As "armas da Persuasão"

1.3.2.1. 1) RECIPROCIDADE

1.3.2.1.1. Quanto maior o favor que eu te faço, maior é o desejo de retribuir (e maior a retribuição)

1.3.2.2. 2) COMPROMISSO E COERÊNCIA

1.3.2.2.1. Perguntar de modo que gere compromisso inicial

1.3.2.2.2. Compromisso público é ainda mais persuasivo

1.3.2.3. 3) APROVAÇÃO SOCIAL

1.3.2.3.1. A gente quer fazer o que todo mundo faz e ser aprovado pelos nossos atos

1.3.2.4. 4) CARISMA ou AFINIDADE

1.3.2.4.1. posição de semelhante ou empatia sincera

1.3.2.4.2. Criar vínculo (não pensar que tempo é dinehiro) na hora de atender clientes. Doar seus tempo e ouvidos

1.3.2.5. 5) AUTORIDADE

1.3.2.5.1. As pessoas vão te ver com mais respeito

1.3.2.5.2. Seja excelente em UMA coisa

1.3.2.6. 6) ESCASSEZ

1.3.2.6.1. Nada é mais poderoso que falar que é o último, é restrito...

1.3.3. Persuasão é habilidade treinável

1.3.3.1. Mostrar seu valor (e ser valorizado) sem parecer que você está se vendendo

2. Submódulo - aprendendo a domar a renda variável

2.1. COMPRA E VENDA DE AÇÕES É FEITA DE FORMA ELETRÔNICA

2.2. BM&FBovespa foi fundada em 1890 e é o principal mercado de ações da américa latina. Hoje. ela se chama B3, depois da União da BM&FBovespa e CETIPE. No Brasil, a B3 é o único supermercado de ações.

2.3. Não há regra de quanto dinheiro você deve ter na renda variável, independente do mercado.

2.3.1. Cuidado com os economistas generalistas

2.4. O que é renda variável? É todo investimento que, quando você faz, você não tem ideia/referência do quanto ela vai dar de lucro, não há indexador, por isso, é considerado um investimento de risco.

2.5. Tipos mais comuns de ações: ações, fundos cambiais, fundos de ações, fundos multimercados, derivativos, fundos imobiliários, fundos de índice (ETFs), minicontratos...

2.5.1. dois tipos de ações

2.5.1.1. PREFERÊNCIAIS: quando a empresa distribui os lucros (dividendos), as ações PN recebem primeiros, mas não podem opinar na empresa.

2.5.1.2. ORDINÁRIAS: ON, Pode participar da assembléia de acionistas (mas não tem influencia.

2.5.1.3. RENDIMENTOS: O que vai dizer se a empresa valorizou ou não são são dividendos (lucros). A distribuição do lucro não é obrigatória.

2.5.2. ETF's

2.6. O QUE É A BOLSA? Vamos supor que você fez um bolo e ele passou a vale mais. Você tem 3 opções: 1) vender inteiro, 2) vender uma parte para outra pessoa/empres, ou 3) ficar com um pedaço e fatiar o resto, vendendo cada fatia (ou pedaço de fatia) por um valor (abrir capital). Onde é feita essa compra e vende? No supermercado de empresa, a B3

2.6.1. IPO: oferta pública inicial, ofertar pela primeira vez as fatias e comprar direto da empresa. Tudo que acontece depois é chamado de mercado secundário, quando compramos de outra pessoa, que não o dono original.

2.6.2. A fatia não tem validade, pode ser revendida várias vezes e pode alterar o valor

2.6.3. há dois mercados, o mais normal é o de lote, onde compramos o lote da empresa, e o mercado fracionado, onde compramos uma única fração. Algumas empresas não permitem comprar no fracionado.

2.6.3.1. Cuide com as taxas de corretagem, que são cobradas por ordem (compra ou venda). Cada ordem é cobrada quando efetuada e varia conforme a corretoras

2.6.3.2. Taxas: Taxa de corretagem (explicado acima), emolumentos, cobrado pela b3 (0,0325%), agente de custória (CBLC), cobrada para registrar a operação (valor de 0,0130 por operação até 1 milhão de reais) e o ISS (imposto sobre o serviço), que varia conforme o estado e é aplicado sobre o valor transacionado, e o IR, que é cobrado sobre o lucro (quando tem lucro), geralmente de 15% sobre o rendimento.

2.7. ETF'S

2.7.1. É tipo escolher a playlist que todo mundo está ouvindo (ações que estão na moda) pois ela acompanha um índice (tipo o ibovespa), que são as ações mais negociadas na bolsa. Por exemplo, o índice Ibovespa é o das 60 ações mais negociadas

2.7.1.1. Comprar cota do fundo de índice

2.7.2. Ainda é investimento de risco

2.7.3. ETFs conhecidos no Brasil

2.7.3.1. BOVA11

2.7.3.1.1. Segue índice Ibovespa

2.7.3.1.2. Administrado pelo CitiBanck e Gestão feita por BlackRock Brasil, principal gestora de fundos de índice no Brasil

2.7.3.1.3. Lote padrão (quantidade mínima para negociar) é de 10 cotas, com taxa de adm de 0,54% a.a (a taxa é menor nos ITFs porque demanda menos trabalho)

2.7.3.2. BRAX11

2.7.3.2.1. Baseado no índice Brasil IBRX100

2.7.3.2.2. 100 ações mais negociadas no Brasil

2.7.3.2.3. Administrado pelo CitiBanck e Gestão feita por BlackRock Brasil, principal gestora de fundos de índice no Brasil

2.7.3.2.4. Mercado financeiro, petróleo, gás...

2.7.3.3. IVVB11

2.7.3.3.1. Acompanha a variação norte-americana

2.7.3.3.2. ISHARES Standard & Poor's 500

2.7.3.3.3. Apple, microsoft, Facebook, Amazon, erksire (Warren Buffett)

2.7.3.3.4. Administrado pelo CitiBanck e Gestão feita por BlackRock Brasil, principal gestora de fundos de índice no Brasil

2.7.3.3.5. Taxa de Administração de 0,24% a.a, com lote padrão de 10 cotas.

2.7.4. Todos terminam com 11

2.7.5. Vantagem: taxas de adm são mais baixas do que um fundo "normal"

2.8. ANÁLISE FUNDAMENTALISTA x ANÁLISE TÉCNICA

2.8.1. Maneiras de analisar ação antes de investir nela

2.8.2. aumentam o volume do sistema dois

2.8.3. briga no sistema

2.8.4. Análise fundamentalista

2.8.4.1. mergulhar profundamento na história da empresa e na macroeconomia (e o microeconômico também)

2.8.4.2. ler sobre economia TODOS OS DIAS

2.8.4.3. de fora para dentro

2.8.4.4. nada simplista

2.8.5. Análise técnica

2.8.5.1. exatas amam

2.8.5.1.1. gráficos e etc

2.8.5.2. "Eu vejo o futuro repetir o passado"

2.8.5.2.1. eles olham o passado para prever o que vai acontecer no futuro

2.8.5.3. Traders

2.8.5.4. Simulador de Trader na Modal Mais

2.9. HISTÓRICO DAS GRANDES VARIAÇÕES NA BOLSA

2.9.1. A bolsa sobe de escada e desce de elevador

2.9.1.1. Cuidado com sua aversão a perda

2.9.1.1.1. a dor da perda tem mais força do que a felicidade do ganho

2.9.1.1.2. A aversão da perda pode te fazer ficar em péssimos investimentos (ex: poupança)

2.9.1.1.3. Os investidores esperam muito mais para tirar um investimento em queda do que para resgatar um investimento em ascensão

2.9.2. 21/março/1990

2.9.2.1. Plano Collor I e queda de 22% em um dia

2.9.2.1.1. Constituição foi modificada (pesquisar)

2.9.3. 10/setembro/1998

2.9.3.1. Queda de 15,82% em um dia por causa da Crise Russa

2.9.4. 27 de outubro de 1997

2.9.4.1. queda de 14% por conta da crise asiática

2.9.5. 17 de maio de 2017

2.9.5.1. JBS e Temer

2.9.5.1.1. Compra do silêncio de Eduardo Cunha

2.9.6. 21 de maio de 2018

2.9.6.1. Greve dos caminhoneiros

2.9.6.1.1. queda de 10,87% no mês

2.9.7. 4 de fevereiro de 1991

2.9.7.1. bolsa subiu 36,05% no dia

2.9.7.1.1. plano Collor II e otimismo no mercado

2.9.8. 15 de Janeiro de 1999

2.9.8.1. mudança de política cambial

2.9.8.1.1. real se desvalorizou e atraiu gringos

2.9.8.2. Alta de 33,40%

2.9.9. A gente lembra muito mais das quedas

2.9.10. Depois de 1994, com plano Real e estabilização da moeda e a criação do Circuit Breaker (1997) diminui bastante as quedas

2.9.10.1. Circuit Breaker

2.9.10.1.1. SISTEMA DE PROTEÇÃO QUE SUSPENDE AS NEGOCIAÇÕES QUANDO A BOLSA CAI MUITO

2.9.11. Economia retraída = queda no valor das ações Economia quente = ações valorizadas

2.9.11.1. isso porque a bolsa é feita de empresas e gente, apoiada na economia real

2.9.12. Cuida das empresas que você investe, afinal, você está se tornando um acionista

2.9.12.1. a empresa é sustentável (não do ponto de vista ecológico)?

2.9.12.2. Os gestores daquela empresa sabem se reinventar?

2.10. HOME BROKER NA PRÁTICA

2.10.1. veja o custo benefício (entre dar pau e pagar a corretagem)

2.10.2. dar Match = ordem executada

2.10.2.1. não adianta tu querer vender se ninguém quer comprar

2.10.3. ÁREAS DO HOME BROKER

2.10.3.1. LIVRO DE OFERTAS

2.10.3.2. ORDENS

2.10.3.2.1. Limitada:Se você quer comprar por 2x e aparece alguém querendo vender a x, o HB vai executar no melhor preço para o comprador

2.10.3.2.2. À Mercado: mais específica e importante para DayTrade, nem todas plataformas têm. Ideal para quem quer comprar, independente de preço.

2.10.3.2.3. Agendada: Aquela que você faz quando o mercado está fechado

2.10.3.2.4. Stop: permite escolher em qual momento você vai sair do jogo (tem aula específica sobre na sequência)

2.10.3.2.5. .

2.10.3.2.6. STATUS

2.10.3.2.7. VALIDADE

2.10.3.3. ACOMPANHAMENTO DE ORDEM

2.10.3.4. STOP LOSS

2.10.3.4.1. a renda variável fica mais controlável

2.10.3.4.2. para configurar o STOP, você precisa de PREÇO DE DISPARO e PREÇO LIMITE

2.10.3.4.3. STOP parcialmente cumprido:

2.10.3.4.4. STOP pulado

2.10.3.5. STOP GAIN

2.10.3.5.1. usado para valorização

2.10.3.6. STOP MÓVEL

2.10.3.6.1. Voce define seu stop loss, mas a medida que o preço vai subindo o STOP LOSS vai subindo, Assim, se o preço cair, você sair da operação com um STOP maior do que o seu original

2.10.3.7. PREÇO x VALOR

2.10.3.7.1. Comprar ação olhando para o preço é comprar pensando em vender mais caro para ganhar a diferença

2.10.3.7.2. Comprar ação pelo valor é olhar para fundamentos, como dividendos e etc

2.11. FUNDOS IMOBILIÁRIOS (FII) (revisar essa aula)

2.11.1. fundo fechado

2.11.1.1. tem gestor, assembléia, cota, tem taxas...

2.11.1.2. ramos imobiliário

2.11.1.3. Gestor e administrador criam e pedem autorização da CVM e é oferecido em IPO (oferta inicial pública)

2.11.1.3.1. Nesse IPO o fundo vai comprar os imóveis e etc e depois ele será negociado na bolsa

2.11.2. Isenção de IR sobre a distribuição de dividentos e eles são obrigados a distribuir pelo menos 95% semestralmente se:

2.11.2.1. Tiver cotas negociadas na bolsa

2.11.2.2. ter, no mínimo, 50 cotistas

2.11.2.3. o cotista ter menos de 10% das cotas dos fundos (se tiver mais, você paga IR)

2.11.2.4. Não se aplica na venda de cotas

2.11.2.4.1. nesse caso a alíquota tem 20% (fixo)

2.11.3. Distribuição constante de lucros

2.11.3.1. a maioria dos fundos distribui mensalmente

2.11.4. Valorização da cota

2.11.4.1. mais presente nos fundos de tijolo

2.11.4.1.1. bom para quem pensa no longo prazo

2.11.4.2. podem desvalorizar

2.11.4.2.1. volatilidade

2.11.5. CLASSES

2.11.5.1. fundo de tijolo

2.11.5.1.1. imóveis fixos

2.11.5.2. fundo de papel

2.11.5.2.1. título de renda fixa

2.11.5.3. fundo híbrido

2.11.5.3.1. imóveis e títulos

2.11.5.4. fundos de fundos

2.11.5.4.1. cotas de outros fundos

2.11.6. RISCOS

2.11.6.1. volatilidade

2.11.6.2. liquidez

2.11.6.2.1. não há certeza da compra

2.11.6.3. vacância

2.11.6.3.1. risco do imóvel ficar vazio

2.11.6.4. crédito

2.11.6.4.1. risco de calote

2.11.7. COMO ESCOLHER?

2.11.7.1. governo tentando aquecer a economia quer dizer que shoppings vão lucrar mais, por exemplo

2.11.7.2. olhar a qualidade, tempo de contrato, inquilino e etc

2.11.7.3. todos os cotistas são iguais, recebem mesmos dividendos, independente do valor pago por cota

2.11.7.4. contratos atípicos: longos e o inquilino paga todo aluguel se desistir antes

2.11.7.4.1. mais conservador

2.11.7.5. CLUBE FII

2.12. BITCOIN e BLOCKCHAIN

2.12.1. comportamento de manada

2.12.1.1. as pessoas entraram depois do aumento surtada. Resultado? Queda.

2.12.1.1.1. Pessoas foram movidas pleo sistema 1

2.12.2. Bitcoin é moeda virtual

2.12.2.1. não tem lastro, não associada a nenhum país/banco

2.12.2.2. quem controla? ninguém

2.12.3. Por que dá para confiar no Bitcoin? porque o sistema utilizado é o Blockchain

2.12.3.1. Você precisa aprender sobre Blockchain ou estará obsoleto daqui a 10 anos

2.12.3.2. SATOSHI NAKAMOTO

2.12.3.2.1. Não sabemos origem gênero

2.12.3.2.2. Documentário de Netflix

2.12.3.2.3. moeda única e descentralizada

2.12.4. Como comprar: corretora de criptomoedas

2.12.4.1. Mercado extremamente arriscado

2.12.4.2. forma principal de compra

2.12.4.2.1. há uma bolsa de valores de bitcoin (comprar de outra pessoa) pelo blockchain

2.12.5. Bitcon é moeda ou ativo?

2.12.5.1. Hoje é dif[icil usar como moeda pela alta variação

2.12.5.1.1. transações levam, em média, 10 minutos, então você pode comprar x e pagar 4x nesses 10 minutos

2.13. COE

2.13.1. CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS

2.13.1.1. Podem ser de qualquer coisa

2.13.1.2. Responsável é sempre um banco (normalmente estrangeiro), a corretora só faz a oferta (intermediária)

2.13.1.3. Período fechado de captação

2.13.1.3.1. capital protegido

2.13.1.4. Depois que entrou, só sai quando ele acaba

2.13.1.4.1. Ele acaba depois de verificação

2.13.1.5. DIE - documento de informações essenciais (documento obrigatório, que encontramos todas as informações)

2.13.1.6. tipo de investidor

2.13.2. Alternativa para quem quer investir em renda variável sem ficar a deriva do principal risdo da bolsa, a de perde dinheiro com a queda de ações

2.13.2.1. Desde que ele tenha capital protegido

2.13.2.2. é útil para quem já term reserva de emergência, já investiu em CDB, LCI, LCA, em fundos, quem te ações mas quer diversificar

2.13.2.3. Prazo: 6 meses a 2 anos, geralmente

2.13.2.4. Tributação: iguala renda fixa

2.13.2.5. Valor inicial: variável

2.13.2.5.1. Sempre valores fechados

2.13.2.6. Não tem garantia do FGC

2.13.2.6.1. pior cenário é o banco quebrar

2.13.2.6.2. Segundo pior cenário é você receber o valor sem correção

2.13.2.6.3. mas geralmente os bancos tem risco baixo

2.13.3. Como saber se vale a pena (para mim)?

2.13.3.1. Análise do risco

2.13.3.1.1. olhar banco emissor

2.13.3.1.2. comparar o custo em relação ao CDI

2.13.3.2. Comparar com ETF

2.13.3.3. olhar o custo de oportunidade

2.13.3.3.1. Olhar os CDBs ofertados na abertura do COE e usar o simulador

2.14. COMO ESCOLHER UMA BOA EMPRESA EM INVESTIR

2.14.1. Na bolsa, você investe no potencial alheio

2.14.2. imóveis são considerados ativos e não passivo.

2.14.3. Receitas - Despesas = Lucro líquido

2.14.3.1. Empresa tem benefícios que as famílias não tem

2.14.3.1.1. Ex: abater os juros dos empréstimos e desvalorização dos bens no Imposto de Renda (depois do desconto é que gera o montante a ser pago)

2.14.4. Resultado não recorrente

2.14.4.1. Aquele que não ocorre todos os meses, como vendas de Natal

2.14.4.1.1. Igual o 13º do CPF

2.14.5. Indicadores

2.14.5.1. Múltiplos de uma empresa

2.14.5.1.1. 7 mais importantes

2.15. OPÇÕES DE AÇÕES NEGOCIADAS NA BOLSA

2.15.1. derivativos

2.15.1.1. ativos que nascem de outros ativos

2.15.1.1.1. ele vai oscilar conforme a variação de preço do ativo que ele está atrelado

2.15.2. você compra o direito de comprar

2.15.2.1. Ex: quero comprar a casa da Joaquina, mas só terei dinheiro daqui a 3 meses. Então, farei um trato com ela: dou R$100 hoje e ela se compromete a me vender a casa pelo valor ofertado hoje daqui a 3 meses

2.15.2.1.1. ela vai segurar a casa

2.15.2.1.2. Você comprou o direito/opção de comprar e lá na frente você decide se compra. Ela tem a obrigação de vender pelo preço determinado. Não há obrigatoriedade de comprar a casa.

2.15.2.1.3. Imagina que o imóvel se supervalorizou nesses 3 meses

2.15.2.1.4. Se a casa desvalorizar, você pode desistir, mas vai perder os R$100

2.15.3. Opções para operar com pouco dinheiro e ganhar muito, com perda escolhida (R$100) por você

2.15.4. Elementos envolvidos nessa operação:

2.15.4.1. casa

2.15.4.1.1. ativo objeto / ativo subjacente

2.15.4.2. opção de comprar a casa

2.15.4.2.1. opção em si

2.15.4.3. data futura de venda da casa

2.15.4.3.1. Data de Exercício

2.15.4.4. o valor de venda da casa

2.15.4.4.1. strike

2.15.4.5. o preço DA OPÇÃO de comprar a casa

2.15.4.5.1. prêio

2.15.4.6. Comprador da opção

2.15.4.6.1. titular

2.15.4.7. Vendedor da opção

2.15.4.7.1. lançador

2.15.4.8. caso concreto

2.15.4.8.1. eu (lançador) vendo uma opção de vender (opção) a casa (ativo objetovo ou ativo subjacente) pelo valor de R$100 (prêmio), com vencimento para 3 meses (a data do exercício), pelo valor de R$75mil (strike) feita perante o comprador (lançador)

2.15.4.8.2. existe a opção de vender também, quando eu acredito que a ação vai ser desvalorizada

2.15.4.9. call

2.15.4.9.1. opções de compra

2.15.4.10. Put

2.15.4.10.1. opções de vendas

2.15.4.11. quanto mais proteção, mais caro seguro

2.15.5. tem uma lista de opções no site da bolsa

2.15.6. ganhar dinheiro com opções

2.15.6.1. pulo do gato

2.15.6.1.1. Se a ação cai, a Put valoriza

2.16. PORTABILIDADE DE INVESTIMENTOS

2.16.1. Portabilidade é o ato de levar algo que é seu de um lugar para outro

2.16.1.1. tipo portabilidade de telefone

2.16.2. Previdência privada dá para portabilizar por inteiro, sem resgate

2.16.2.1. levar para outro lugar com taxa menor

2.16.2.1.1. VGBL para VGBL

2.16.2.1.2. PGBL para PGBL

2.16.2.1.3. trocar a taxa de progressiva para regressiva, mas não de regressiva para progressiva (e nem voltar para a tabela anterior)

2.16.2.2. por que fazer? economizar taxas e juros

2.16.2.2.1. lembre que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura

2.16.3. portabilizar custódia

2.16.3.1. renda fixa

2.16.3.1.1. ter uma só corretora

2.16.3.1.2. pagar menos taxa de custódia

2.16.3.2. ações

2.16.3.2.1. pagar menos taxas

2.17. CÁLCULO DE TAXAS E IMPOSTOS

2.17.1. ganho

2.17.1.1. Paul grita nos nossos ouvidos que é melhor não ter nada do que ter que dividir com alguém

2.17.1.1.1. É melhor ter desconto do IR do que ter prejuízo/poupança...

2.17.2. imposto de renda

2.17.2.1. renda fixa

2.17.2.1.1. tabela regressiva

2.17.2.2. ações e fundos de ações

2.17.2.2.1. 15% sobre o ganho (regra) no resgate

2.17.2.3. come-cotas

2.17.2.3.1. semestral (maio e nov)

2.17.3. taxa de custódia

2.17.3.1. forma da corretora ganhar

2.17.3.1.1. costuma variar

2.17.4. taxa da B3

2.17.4.1. tesouro direto

2.17.4.1.1. 0,25% a.a cobrada em duas parcelas

2.17.5. taxa de carregamento

2.17.5.1. prejudica rentabilidade de previdência privada

2.17.6. taxa de adm

2.17.6.1. gestores cobram nos fundos de investimentos

2.17.6.1.1. já está descontada nas lâminas de rentabilidade

2.17.7. taxa de performance

2.17.7.1. fundos de investimentos

2.17.7.1.1. só é cobrada se o gestor bate meta

2.17.8. emolumentos

2.17.8.1. valor da b3 a cada operação de compra/venda de ativos (média de 0,325%)

2.17.9. ISS

2.17.9.1. imposto sobre serviço

2.17.9.1.1. variia por estado

2.17.9.1.2. sobre a taxa de corretagem da minha corretora

2.17.10. taxa de corretagem

2.17.10.1. quando o meu pedido é efetivado

2.18. AULA EXTRA - MIRA

2.18.1. analistas

2.18.1.1. técnico

2.18.1.1.1. mira

2.18.1.1.2. curto e médio prazo

2.18.1.1.3. repetição de padrões

2.18.1.1.4. mais ágil

2.18.1.2. fundamentalistas

2.18.1.2.1. médio para mais prazo

2.18.1.2.2. velocidade mais lenta

2.18.1.2.3. minucioso

2.18.1.2.4. Entender rumos da economia

2.18.1.3. pleno

2.18.2. a bolsa é para todos

2.18.2.1. defina metas antes de investir

2.18.2.2. ações mais resilientes

2.18.2.2.1. ações de setores mais seguros

2.18.2.3. busque diversificar

2.18.2.3.1. #analisedomira ver na comunidade

2.18.2.4. empresas estrangeiras

2.18.2.4.1. BDR

2.18.2.4.2. fundos de investimentos

2.18.2.5. dividendos

2.18.2.5.1. o ideal é comprar ação com propensão de se valorizarr

2.18.2.5.2. setor financeiro paga dividendos de forma mais constante

2.18.2.5.3. a empresa não é obrigada a pagar mensalmente

2.18.2.6. aluguel de ações

2.18.2.6.1. a pessoa paga um valor para usar a ação por uns dias

2.18.3. fundos imobiliáris

2.18.3.1. FOF

2.18.3.1.1. Fundo de fundo

2.18.3.1.2. ganha aluguel

2.18.3.2. fundo de tijolo

2.18.3.2.1. investe em imóveis

2.18.3.2.2. ganha aluguel

2.18.3.3. fundo de papel

2.18.3.3.1. investe em renda fixa

2.18.3.3.2. ativos imobiliários

2.18.3.3.3. atrelado a indicador

2.18.3.3.4. ganha aluguel

2.18.3.4. fundos fechados

2.18.3.4.1. não há devolução, só vender para outro

2.18.3.5. liquidez depende do fundo

2.18.3.6. distribuir lucro no máximo em 6 meses

2.18.3.7. não paga IR se atingir características (ensinadas na aula antiga)

2.19. RENDA VARIÁBEL

2.19.1. Renda variável é todo investimento que, quando você faz, você não tem ideia ou referência do resultado.

2.19.2. BOLSA

2.19.2.1. BM&FBOVESPA foi fundada em 1890 e é o principal mercado de ações da América Latina e, depois da união da BM&FBOVESPA com a CETIP, ela ganhou o nome de B3 (maior supermercado da américa latina). No Brasil, não existe outra bolsa de valores.

2.19.2.1.1. Renda Variável não difere por idade, mas por perfil de investidor.

2.19.2.1.2. Ações, fundos cambiais, fundos de ações, fundos multimercados, derivativos, fundos imobiliários, fundos de índices (ETF), mini contratos.

2.19.2.1.3. A fatia tem validade infinita (quase), que varia de preço de acordo com o mercado de bolos.

2.19.3. IPO: oferta pública inicial,

2.19.4. Mercado primário: A compra da fatia do bolo no IPO

2.19.4.1. Analogia do carro zero.

2.19.5. Mercado secundário:

2.19.5.1. tudo que vem depois do IPO

2.19.6. mercados

2.19.6.1. norma

2.19.6.1.1. compra lote (100 ações)

2.19.6.2. Fracionário

2.19.6.2.1. Nem sempre existe

2.19.7. taxas e impostos

2.19.7.1. Taxas de corretagem

2.19.7.1.1. Valor por compra/venda efetuada com sucesso

2.19.7.2. Emolumentos

2.19.7.2.1. valor cobrado pela B3 a cada operação de compra e venda de ativos na bolsa (custa 0,0325% do valor negociado).

2.19.7.3. Taxa do agente de custória

2.19.7.3.1. Conhecida como CBDL e que registram as operações feitas.Taxa de 0,0130% por operação até 1 milhão de reais.

2.19.7.4. ISS

2.19.7.4.1. Varia por estado

2.19.7.5. Imposto de renda

2.19.7.5.1. sómente em relação ao aumento de patrimônio

2.19.8. tipo de ações

2.19.8.1. preferêncial

2.19.8.1.1. Quando a empresa distribui os lucros (dividendos), quem tem ações PN recebe primeiro, mas não pode dar pitaco na empresa. Sem voz.

2.19.8.2. ordinárias

2.19.8.2.1. podem dar pitaco (nem sempre é influente)

2.19.9. Dividendos

2.19.9.1. Lucro da empresa dividido pelos acionistas.

2.19.9.1.1. Elas não são obrigadas a distribuir o lucro ou reinvestir.

3. A mais importante estratégia para garantir a sua chegada no alto da montanha!

3.1. 5 LEIS DO INVESTIDOR INTELIGENTE

3.1.1. 1) ACEITAR QUE O MELHOR MOMENTO É HOJE

3.1.1.1. Se a inflação está estável, é provável que a selic não se altere Se a inflação está baixa, não há porque aumentar a Selic

3.1.1.1.1. Bom para diversificar

3.1.2. 2) INVESTIR EM RENDA FIXA HOJE, SABENDO QUE AMANHÃ PODE ENCONTRAR RENTABILIDADE MELHOR

3.1.2.1. Acompanhar todo dia a corretora, para ter parâmetro

3.1.2.2. usar app yubb e renda fixa (comparadores de taxas de renda fixa)

3.1.2.3. tenha conta em no máximo 3 corretoras (para iniciar)

3.1.3. 3) APRENDER E ACEITAR QUE: O QUE É MELHOR PARA MIM, PODE NÃO SER O MELHOR PARA VOCÊ

3.1.3.1. Erre com poco, corrija rápido para acertar com muito

3.1.4. 4) ACOMPANHAR O CADERNO DE ECONOMIA DE QUALQUER JORNAL

3.1.4.1. Nath lê Folha de S. Paulo e Valor Econômico

3.1.4.2. fazer disso um hábito ou não chegarei no topo da montanha

3.1.5. 5) COLOCAR LIMITE PARA REALIZAR LUCRO E PERDA NA RENDA VARIÁVEL

3.1.5.1. ex: R$5 mil em ETF na BOVA 11. Daí eu decido quanto eu quero ganhar e quanto eu estou disposta a perder. Quando chegar em um desses pontos, eu tiro,

3.2. COMO MONTAR UMA CARTEIRA DE ACORDO COM SEU PERFIL DE INVESTIDOR

3.2.1. riscos básicos

3.2.1.1. crédito

3.2.1.2. mercado

3.2.1.2.1. não pode para reserva de emergência

3.2.1.3. liquidez

3.2.1.3.1. risco altíssimo para reserva de emergência

3.2.2. Reserva de emergência

3.2.2.1. baixo risco e baixa rentabilidade

3.2.2.2. não fique triste, ela é só a base da montanha

3.2.2.3. CDB com 100% do CDI é melhor do que Tesouro Selic

3.2.2.3.1. Porque não tem taxa da B3 de 0,25%

3.2.2.3.2. Não tem risco de crédito porque é garantdio pelo FGC

3.2.3. RISCOS

3.2.3.1. risco 1

3.2.3.1.1. tesouro selic (liquidez diária) e CDB 100% do CDI

3.2.3.1.2. m1/m2

3.2.3.2. risco 2

3.2.3.2.1. fundos de renda fixa, crédito privado ou multimercado

3.2.3.2.2. m1/m2/m3

3.2.3.3. risco 3

3.2.3.3.1. Tesouro Direto IPCA e Pré-fixado

3.2.3.3.2. m3/m4

3.2.3.4. risco 4

3.2.3.4.1. CDB, LC, LCI, LCA e previdência privada

3.2.3.4.2. m3/m4/m5

3.2.3.5. risco 5

3.2.3.5.1. Debêntures, CRI, CRA e fundos multimercados

3.2.3.5.2. m3/m4/m5

3.2.3.6. risco 6

3.2.3.6.1. Ações, fundos de ações, criptomoedas, ETFs, DayTrade, Imóveis

3.2.3.6.2. m4/m5

3.2.3.7. Fazer suitability

3.2.3.7.1. descobre tipo de investidor que eu sou

3.2.3.7.2. análise de perfil de risco

3.2.3.8. PERFIL DE INVESTIDOR

3.2.3.8.1. CONSERVADOR

3.2.3.8.2. MODERADO

3.2.3.8.3. ARROJADO/AGRESSIVO

3.2.3.8.4. respeite o seu perfil e saiba que ele pode mudar (pela quantidade de dinheiro e por conhecimento)

3.2.3.9. para uma mesma meta, posso ter diversificação

3.2.4. INVESTIR SEM CARTEIRA É COMO COZINHAR SEM RECEITA

3.2.4.1. principais conhecimentos

3.2.4.1.1. valor aportado

3.2.4.1.2. quanto esse volume representa da carteira como m todo?

3.2.4.1.3. risco

3.2.4.1.4. retoro esperado

3.2.4.1.5. o objetivo final define quanto eu vou colocar

3.2.4.2. 1) define um objetivo 2) você pode ter uma carteira para cada objetivo (no início fica melhor) 3)r rebalanceamento de carteira 4) calculadora do cidadão do Banco Central (https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/publico/exibirFormCalculoValorFuturoCapital.do?method=exibirFormCalculoValorFuturoCapital) 5)