FARMACOCINÉTICA

mapa mental farmacocinética

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
FARMACOCINÉTICA por Mind Map: FARMACOCINÉTICA

1. DISTRIBUIÇÃO: Depois de administrada e absorvida, a droga é distribuída ou seja transportada pelo sangue e outros fluídos dos tecidos do corpo.

1.1. Equilíbrio de distribuição entre sangue e tecido é alcançado de modo mais rápido em áreas ricamente vascularizada.

1.2. Fatores que interferem no processo de distribuição: *Débito cardíaco e fluxo sanguíneo, *permeabilidade capilar, *ligação do fármaco as proteínas, *lipossolubilidade do fármaco.

2. METABOLIZAÇÃO: modificação estrutural na molécula do fármaco. Conjunto de reações químicas que as drogas sofrem no organismo.

2.1. Metabolismo das drogas: 4 modalidades. Inativação, metabolismo ativo de droga ativa, ativação de droga inativa, ausência de metabolismo.

2.2. Metabolismo de 1ª passagem: é quando um fármaco é absorvido pelo trato gastrointestinal. Primeiramente vai para a circulação porta hepática (fígado) antes de entrar na circulação sistêmica. Diminui a disponibilidade do fármaco.

2.3. Principal órgão metabolizador é o fígado.

2.4. Sofrem reação de biotransformação através de 2 reações: *fase 1 - Reação de oxidação: as enzimas do citocromo P-450 oxidam principalmente grupamentos que contém carbono ou oxigênio. fase 2: A enzimas desta fase adicionam grupamentos nos fármacos para torna-los mais hidrofílicos.

2.5. Existem fármacos com: *indução enzimática - redução do efeito. *inibição enzimática - aumenta o efeito da toxidade.

3. O que o organismo está fazendo com o fármaco.

4. EXCREÇÃO: é a eliminação de um fármaco do corpo.

4.1. Principais vias de eliminação: a renal (como sendo a principal), biotransformação hepática, eliminação biliar, pulmão, suor, leite materno.

4.2. Estratégias para eliminação renal: aumento do fluxo urinário, alteração do PH ácido meio básico(íon), básico meio ácido.

5. ETAPAS: *Absorção, *Distribuição, *metabolização e *excreção.

6. Biodisponibilidade: Extensão e velocidade em que o fármaco administrado alcança a circulação sistêmica.

7. ABSORÇÃO: É a transferência das moléculas do fármaco do local onde é administrada até a corrente sanguínea.

7.1. Absorção influenciada pelas seguintes propriedades das drogas: hidrossolubilidade, lipossolubilidade, peso molecular, estabilidade química da molécula da droga, polaridade, ionização e PH do meio.

7.2. Podem ser absorvidos do trato intestinal por: *difusão passiva, *difusão facilitada, *transporte ativo e *endocitose e exocitose.