VANGUARDAS EUROPEIAS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
VANGUARDAS EUROPEIAS por Mind Map: VANGUARDAS EUROPEIAS

1. EXPRESSIONISMO

1.1. Entendido como a primeira vanguarda, valoriza a arte primitiva e a gravura. Eles foram os primeiros a propor que a arte não deveria imitar a aparência da realidade, que é compartilhada por todas as outras artes de vanguarda. Para os expressionistas, a arte deve expressar a realidade subjetiva, que começa na percepção de todos. Personagens distorcidos, cores vivas e estética grotesca são algumas de suas características.

2. FUTURISMO

2.1. Contaminados pelo entusiasmo da modernização acelerada de cidades que aos poucos vão se transformando em metrópoles, os futuristas veneram a velocidade, as máquinas, as invenções, embelezam o mundo industrializado moderno e propõem experimentos estéticos que refletem essa aceleração e vitalidade. Apaixonados pelo patriotismo, muitos de seus seguidores acabaram apoiando abertamente o fascismo italiano de Benito Mussolini.

3. SURREALISMO

3.1. Impulsionados pela teoria psicanalítica de Freud, os surrealistas propuseram uma arte voltada para o universo dos sonhos e o subconsciente, eliminando as fronteiras entre sonho e realidade e entre sobriedade e fantasia. O surrealismo fornece uma nova tecnologia para a criação artística, avaliando o processo irracional do cérebro, ao invés da objetividade da ciência, da maquinaria e da superlógica.

4. Resultaram dos avanços e mudanças promovidos pela massiva industrialização e urbanização da Europa: a aceleração, a eletricidade, a máquina, tudo modificava o modo de viver da humanidade e exigia, portanto, uma nova maneira de fazer arte

5. CUBISMO

5.1. Para quebrar a tradição artística unificada e ecoar a nova realidade industrial, na qual o tempo se acelerou, a principal característica dos cubistas é proibir a perspectiva plana e a geometrização das formas. Diferentes pontos de vista se sobrepõem, de forma a inovar a arte plástica e a literatura ao combinar a tecnologia da colagem e a expressão de diferentes pontos de vista.

6. DADAÍSMO

6.1. Os dadaístas são provocadores, inovadores e ousados, e são profundamente afetados pelos desastres e massacres generalizados da Primeira Guerra Mundial, o que torna os artistas ainda mais desdenhosos da cultura tradicional. O Dadaísmo aboliu as leis da lógica e adotou o lema de "Destruir e Criar". Dentre a arte de vanguarda, o Dadaísmo é considerado o tipo mais quebrado, negando todos os valores correntes, todas as regras e todas as tradições e propondo uma "antiarte".

7. As vanguardas europeias foram tendências artísticas que tomaram a cena na Europa no início do século XX e espalharam-se por todo o mundo ocidental, influenciando a consolidação da arte moderna em diversos países, incluindo o Brasil