Classes Gramaticais

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Classes Gramaticais por Mind Map: Classes Gramaticais

1. ADJETIVOS

1.1. A classe de palavras encarregada de atribuir características aos substantivos, ou seja, ele indica suas qualidades e estados.

1.2. SIMPLES: apresenta somente um radical. Exemplos: pobre, magro, triste.

1.3. COMPOSTO: apresenta mais de um radical. Exemplos: luso-brasileiro, superinteressante.

1.4. PRIMITIVO: - palavra que dá origem a outros adjetivos. Exemplos: bom, alegre, puro.

1.5. DERIVADO: palavras que derivam de substantivos ou verbos. Exemplos: escultor (verbo esculpir), formoso (substantivo formosura).

2. PRONOMES

2.1. Representam a classe de palavras que substituem ou acompanham os substantivos.

2.2. PRONOMES PESSOAIS: são aqueles que indicam a pessoa do discurso e são classificados em dois tipos: 1. Pronomes Pessoais do Caso Reto: exercem a função de sujeito. 2. Pronomes Pessoais do Caso Oblíquo: substituem os substantivos e complementam os verbos.

2.3. PRONOMES POSSESSIVOS: são aqueles que transmitem a ideia de posse. Exemplos: Essa caneta é minha? (o objeto possuído é a caneta, que pertence à 1ª pessoa do singular)

2.4. PRONOME DEMONSTRATIVO: Os pronomes demonstrativos são utilizados para indicar a posição de algum elemento em relação à pessoa seja no discurso, no tempo ou no espaço.

2.5. PRONOMES DE TRATAMENTO: são termos respeitosos empregados normalmente em situações formais. Mas, como toda regra tem exceção, “você” é o único pronome de tratamento utilizado em situações informais. Exemplos: Você deve seguir as regras impostas pelo governo. A senhora deixou o casaco cair na rua.

2.6. PRONOME INDEFINIDOS: Empregados na 3ª pessoa do discurso, o próprio nome já indica que os pronomes indefinidos substituem ou acompanham o substantivo de maneira vaga ou imprecisa. Exemplos: Nenhum vestido serviu na Antônia. (o termo “nenhum” acompanha o substantivo “vestido” de maneira vaga, pois não sabemos de que vestido se fala)

2.7. PRONOMES RELATIVOS: se referem a um termo já dito anteriormente na oração, evitando sua repetição. Esses termos podem ser palavras variáveis e invariáveis: substantivo, adjetivo, pronome ou advérbio. Exemplos: Os temas sobre os quais falamos são bastante complexos. (“os quais” faz referência ao substantivo dito anteriormente “temas”)

2.8. PRONOME INTERROGATIVOS: são palavras variáveis e invariáveis empregadas para formular perguntas diretas e indiretas. Exemplos: Quanto custa a entrada para o cinema? (oração interrogativa direta)

3. NUMERAIS

3.1. a classe de palavra variável (flexionadas em número e gênero) encarregada de determinar a quantidade de pessoas, objetos, coisas ou o lugar ocupado numa dada sequência. Em outros termos, o numeral é a palavra que indica, em termos numéricos, um número exato ou a posição que tal coisa ocupa numa série.

3.2. CARDINAIS: indicam uma quantidade determinada de seres. Ex.: Há vinte alunos na sala.

3.3. ORDINAIS: indicam a posição relativa de um ou mais seres numa determinada sequência. Ex.: Na listagem dos aprovados, seu nome aparece em décimo lugar.

3.4. MULTIPLICATIVOS: indicam o número de vezes em que o ser é multiplicado. Ex.: Patrícia é o triplo mais aplicada que sua irmã.

3.5. FRÁCIONARIOS: indicam em quantas partes se divide uma quantidade determinada. Ex.: Comemos a metade da pizza.

4. SUBSTANTIVOS

4.1. Classe de palavras que nomeia seres, objetos, fenômenos, lugares, qualidades, ações, dentre outros.

4.2. COMUNS: são as palavras que designam os seres da mesma espécie de forma genérica: Exemplos: pessoa, gente, país.

4.3. PRÓPRIOS: grafados em letra maiúscula, são palavras que particularizam seres, entidades, países, cidades, estados da mesma espécie. Exemplos: Brasil, São Paulo, Maria.

4.4. SIMPLES: são formados por apenas uma palavra. Exemplos: casa, carro, camiseta.

4.5. COMPOSTO: são formados por mais de uma palavra. Exemplos: guarda-chuva, guarda-roupa, beija-flor.

4.6. CONCRETOS: designa as palavras reais, concretas, sejam elas pessoas, objetos, animais ou lugares. Exemplos: menina, homem, cachorro.

4.7. ABSTRATOS: são aqueles relacionados aos sentimentos, estados, qualidades e ações. Exemplos: beleza, alegria, bondade.

4.8. PRIMITIVOS: como o próprio nome indica, são aqueles que não derivam de outras palavras. Exemplos: casa, folha, chuva.

4.9. COLETIVOS: são aqueles que se referem a um conjunto de seres. Exemplos: flora (conjunto de flores), álbum (conjunto de fotos), colmeia (conjunto de abelhas).