Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Grécia Antiga por Mind Map: Grécia Antiga

1. A Guerra do Peloponeso foi um conflito entre Atenas e Esparta, de 431 a 404 a.C. De acordo com Tucídides, a razão fundamental da guerra foi o crescimento do poder ateniense e o temor que isso despertava entre os espartanos. A cidade de Corinto foi especialmente atuante, pressionando Esparta a fim de que esta declarasse guerra a Atenas. Como foi uma guerra interna, de gregos contra gregos, causou a autodestruição dessas cidades.

2. As Guerras Médicas foram uma série de conflitos armados entre gregos e persas, nos quais as cidades-Estado gregas resistiram à dominação persa. Esparta e Atenas uniram forças contra o exército persa para expulsá-lo da região. E após a expulsão dos persas, a rivalidade entre as duas principais cidades-Estado gregas se acirrou, e Esparta se uniu a outras cidades, criando a Liga do Peloponeso e declarando guerra a Atenas.

3. No modelo político de Esparta era militarismo e oligárquica, enquanto o de Atenas era composto de uma democracia.

4. Apesar não conseguiu desenvolver uma boa economia, a política cretense, por ser atrelada à economia comercial e marítima.

5. A cultura helenística resultou da fusão da cultura grega com a cultura dos orientais, na época de Alexandre, o Grande.

6. A base da democracia ateniense, que exigia que a maioria dos cidadãos tivesse tempo livre para se dedicar à atividade política, era o escravismo. Atenas foi a primeira sociedade em que seres humanos foram tratados como mercadorias.

7. A economia na Grécia era bastante diversificada, era formada por várias cidades diferentes então não se pode precisar uma economia padrão.

8. As mulheres não tinham acesso à cidadania e eram atribuídas, em geral, as tarefas domésticas e a procriação, enquanto as atuações política, militar, jurídica e administrativa se restringiam aos homens. As crianças também eram educadas de acordo com as necessidades de sua pólis: em Atenas era para a filosofia, as artes e a medicina. Enquanto em Esparta, para a guerra.

9. Para ser cidadão, no entanto, era necessário ser homem, ateniense, livre e maior de idade. A democracia local tinha um caráter excludente, pois mulheres, estrangeiros, menores e escravos não participavam dela.

10. A escravidão foi condição da liberdade dos cidadãos atenienses e contrastava intensamente com essa mesma liberdade. Cumpriu um papel tanto de recurso de produção quanto como catalizador de conflitos militares.

11. A mitologia e a religião grega se confundem, pois a religião tem princípios calcados nos deuses criados pela mitologia. Os deuses gregos são dotados de características humanas.