Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Homeostasia por Mind Map: Homeostasia

1. Capacidade do organismo de apresentar uma situação físico-química característica e constante, dentro de determinados limites, mesmo diante de alterações impostas pelo meio ambiente. Qualquer coisa que tire o ser humano da homeostasia, vai fazer com que todo o resto se desequilibre.

2. O nosso organismo está sempre lutando para manter a homeostasia, mesmo passando por disfunções internas e externas.

3. Mecanismos de autorregulação Para manter a homeostasia, as funções de vários sistemas devem agir conjuntamente Homeostasia requer que cada uma das 75 trilhões de células do corpo humano se comuniquem umas com as outras de maneira rápida e eficiente Há 2 tipos básicos de controle fisiológico: local e reflexo

4. Controle local é uma resposta local, não precisa vir de uma determinada distância. Dividida em sinalização Parácrino : entre células vizinhas, uma célula produz citosina que vai agir em uma célula que está vizinha a ela. sinalização Autócrino : Self-to-self responses, a célula produz citosina libera para o fluído extracelular, mas essa citosina vai agir em cima de receptores da mesma célula que a produziu. Proteínas chamadas citocinas mediam o controle local A célula que vai produzir a citosina é chamada de célula sinalizadora, e a que vai receber é chamada de célula-alvo

5. Controle reflexo Responde por mudanças de natureza mais difusa ou sistêmica A decisão da resposta é feita à distância do tecido ou célula alvo Quem está envolvido: Sistema nervoso e Sistema endócrino. Sinalização endócrina: nessa sinalização, as moléculas sinalizadoras, chamadas de hormônios, são lançadas na corrente sanguínea para atuar em células-alvo distantes. Exemplo: hipófise que está no sistema nervoso central, ela vai liberar hormônios que chegam por meio da corrente sanguínea até os ovários. Sinalização sináptica: nessa sinalização, observa-se que as moléculas sinalizadoras, denominadas de neurotransmissores, são lançadas em junções especializadas entre neurônios e células-alvo, chamadas de sinapses. OBS: são respostas extremamente rápidas.

6. Controle homeostático Resposta reflexo: célula alvo a distância, endócrino, nervoso e feedbacks positivos e negativos Resposta local :célula alvo próxima, parácrino, autócrino, junções gap. As junções gap são canais proteicos entre células para passar a citosina, por exemplo.

7. O que nos leva a ter homeostasia: Estímulos Feedback Controle tônico Controle antagonista Ritmo circadiano

8. Estímulos: Interno- é quando o indivíduo está saudável e de repente ele é contaminado por uma bactéria, ela vai causar um processo infeccioso e também inflamatório, que vai fazer com que o organismo entenda que tem essa bactéria e é necessário sua eliminação. externo- quando uma pessoa está dentro de casa e sai para fora para brincar com a neve, neste momento existe um choque térmico, produzindo arrepios.Estímulos: Interno- é quando o indivíduo está saudável e de repente ele é contaminado por uma bactéria, ela vai causar um processo infeccioso e também inflamatório, que vai fazer com que o organismo entenda que tem essa bactéria e é necessário sua eliminação. externo- quando uma pessoa está dentro de casa e sai para fora para brincar com a neve, neste momento existe um choque térmico, produzindo arrepios.

9. FEEDBACK NEGATIVO É a reação pela qual o sistema responde de modo a reverter a direção da mudança e assim tende a manter estáveis as variáveis e permite a manutenção da homeostase.

10. FEEDBACK POSITIVO Não quero resposta contrária, quero a mesma resposta. Por exemplo, no caso de uma mãe amamentando, o objetivo é ter um estímulo ainda maior para se produzir mais hormônios para que se produza mais leite materno.

11. Controle Tônico: pensar geralmente em vasos sanguíneos e artérias. Então, o diâmetro das artérias vai ser controlado pela liberação de noradrenalina, então se libera mais noradrenalina Eu vou ter maior contração, se liberar menos vai ter menor contração e tem relação com a pressão arterial, pois tem a ver com o fluxo sanguíneo

12. Controle antagonista: vai ter o sistema simpático e parassimpático, eles são completamente opostos. Exemplo: batimentos cardíacos, se eu tiver estímulo do sistema simpático esses batimentos vão aumentar, porém se tiver estímulo do parassimpático vai ocorrer uma diminuição desses batimentos.