Insuficiência Cardíaca

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Insuficiência Cardíaca por Mind Map: Insuficiência Cardíaca

1. IC Crônica, se desenvolve gradativamente ao longo dos anos ,condição crônica que permite que o paciente tenha uma vida prolongada por ser passível de tratamento clínico, porém estes paciente tem algumas limitações nas tarefas diárias.

2. IC Aguda ou descompesada,ocorre de modo súbito e catastrófico,necessita de ajuda médica e hospitalar de forma emergencial.

3. Grupo de risco cardiopatas,tabagistas,hipertensos,sedentários,pessoas com mais de 85 anos ,oncológicos devido aos quimioterápicos.

4. Fatores de risco: hipertensão, tabagismo, etilismo, genética, cardiopatias, beribéri, dislepidemia, diabetes e uso de medicamentos cardiotóxicos.

5. É a incapacidade do coração em bombear sangue suficiente para atender as necessidades teciduais metabólicas, ou só fazê-la com pressões elevadas dentro do coração.

6. Fisiopatologia: a diminuição do débito cardíaco pode decorrer de alterações da função sistólica e diastólica ou de ambas a uma uma mudança do cardiomiócito e também mudanças da matriz extra celular, resultando em defeitos cardíacos estruturais como os congênitos, valvares e arritimias.

7. Diagnóstico de enfermagem: débito cardíaco diminuído, intolerância a atividade, padrão respiratório ineficaz,

8. IC Direita, ingurgitamento jugular, hepatomegalia, reflexo hepatojugular, ascite, cianose, edema de MMII,insônia ,irritabilidade, fadiga e astenia, nictúria e oligúria diurna.

9. IC Esquerda,dispnéia paroxística noturna,edema pulmonar agudo,tosse,asma cardíaca,nictúria,fadiga e astenia,insônia e irritabilidade.

10. Tratamento: farmacológico, e não farmacológico, mudança de dieta e do estilo de vida e transplante cardíaco. Não existe cura para esta doença, mas a pessoa pode viver anos com ela.

11. Tipos IC aguda e IC crônica

12. Cuidados de Enfermagem :escuta sensível,monitorar frequência cardíaca,e resposta ao tratamento com diuréticos,avaliar a distenção venosa jugular,edema de MMII,administrar dieta hipossódica,promover restrição hídrica

13. Prevenção,manter um estilo de vida saudável,alimentação adequada,atividade física regular,não fumar evitar estress,não ingerir bebidas alcóolicas,dormir bem mínimo 8 horas diárias.

14. BIBLIOGRAFIA:Arquivos Brasileiros de cardiologia,Cardiologia .vol.114 no.1São PauloJn.2020 Epuh Nov 14,2019. Revista de Enfermagem Scielo.br/pdf/v93n1s1/abc93_1s1.pdf,O difícil cotidiano dos paciente com insuficiencia cardíaca,DM da Silva Correia 2019.

15. Complicações: congestão pulmonar levando a edema pulmonar, má perfusão dos órgãos essenciais como cérebro e rin, e infarto do miocárdio devido o coração estar sobrecarregado e não poder atender suficientemente as demandas exigidas.