CONTROLE DE PRESSÃO ARTERIAL

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
CONTROLE DE PRESSÃO ARTERIAL por Mind Map: CONTROLE DE PRESSÃO ARTERIAL

1. Controle mediante mecanismo neuro-humorais

2. MECANISMOS DE REGULAÇÃO NEURAL E HORMONAL

2.1. Neural

2.1.1. Reflexo barorreceptor arterial

2.1.1.1. SNA PARASSIMPÁTICO

2.1.1.1.1. Diminuição da FC

2.1.1.1.2. Diminuição do VS

2.1.1.2. SNA SIMPÁTICO

2.1.1.2.1. Aumento da FC

2.1.1.2.2. Aumento da contratilidade cardiaca

2.1.1.2.3. Vasoconstrição arteríolas

2.1.1.3. rápido e poderoso, pode iniciar compensações em 1s

2.1.1.4. Terminações nervosas especializadas nas paredes do arco aórtico e das carótidas

2.1.1.5. Buscam manter PA constante

2.1.1.6. terminacões nervosas sensíveis ás alterações de pressão

2.1.1.7. Vias eferentes para SNC-nervo vago e glossofaríngeo

2.1.1.7.1. Controle do DC e resistencia vascular ( RV)

2.1.1.8. Curto prazo, momento a momento

2.1.1.9. se adaptam, reajustam-se ao nível de pressão que prevalece

2.2. HORMONAL (HIMORAL)

2.2.1. SRAA ( Sistema Renina Angiotensina Aldosterona)

2.2.1.1. Eficácia> com o passar do tempo

2.2.1.2. lento, longo prazo

2.2.1.3. Início demorado

2.2.1.4. Sistema de recuperação: ativado quando a pressão diminui

2.2.1.5. pode devolver completamente a PA ao valor normal

2.2.2. Neuro-humoral: reflexo de receptor do volume Atrial

3. MÉDIA: sistólica+(diastólicax2)

4. DEBITO CARDIACO (DC)=FREQUENCIA CARDIACA (FC) X VOLUME DE SANGUE (VS)

5. tensão com oque o sangue é bombeado nas artérias

6. Controle da PA, o organismo assegura o fluxo sanguíneo adequado para o metabolismo

7. resistência periferica= diâmetro dos vasos

8. EFEITO A LONGO PRAZO

8.1. SECREÇÃO DE ADH PELONEURO-HIPÓFISE> AUMENTO DA REABSORÇÃO DE ÁGUA

9. EFEITO A CURTO PRAZO

9.1. ESTIMULAÇÃO DO CENTRO DA SEDE NO HIPOTÁLAMO