Gestão de documento hospitalar

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Gestão de documento hospitalar por Mind Map: Gestão de documento hospitalar

1. Consiste na padronização de procedimentos técnicos e operacionais referentes as atividades de produção, tramitação, classificação, avaliação e arquivamento dos documentos, visando a preservação e aí acesso das informações com mais segurança.

2. A gestão de documentos é problemática por apresentar desafios com o espaço físico de armazenamento. Além disso, os papéis podem perder a cor e, consequentemente, informações importantes.

3. Lei N°13.787/18, que regulamenta a digitalização de prontuários médicos e a utilização de sistemas informatizados para o armazenamento e manuseio dos prontuários.

4. Não são apenas prontuários de pacientes armazenados, se armazena também arquivos trabalhistas, financeiros e fiscais.

5. O SAME é um serviço de arquivo médico e estatístico, onde se armazena e circula os arquivos (seja de hospitais ou clínicas), tendo duas etapas, a primeira é a de cadastro e a segunda a de armazenamento das informações.

6. A inserção da tecnologia traz vantagens como a redução... Além disso, diminui o risco da perda de informações importantes (a perda de contrato traz prejuízos para imagem e credibilidade da empresa).

7. Alguns benefícios da digitalização de documentos: 1. agilidade no momento de buscar informações e cópias de segurança e backup periódico; 2. diminuição da circulação de documentos pela empresa e setores; 3. o acesso pode ser feito através de celulares, tablet e computadores.

8. GED (gerenciamento eletrônico de documentos) pode ser também uma importante ferramenta para a organização de arquivos, tendo em vista que é uma tecnologia que gera, controla, armazena, compartilha e recupera informações de documentos.

9. No que se refere ao acesso às informações, a instituição hospitalar tem sua produção documental voltada para o atendimento das rotinas administrativas e de seus pacientes.