TRANSPORTE DE PACIENTE CRÍTICO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
TRANSPORTE DE PACIENTE CRÍTICO por Mind Map: TRANSPORTE DE PACIENTE CRÍTICO

1. TIPOS DE TRANSPORTE

2. PACIENTE CRÍTICO

3. TRANSPORTE

4. CONTRAINDICAÇÕES

5. PLANEJAMENTO PARA TRANSFERÊNCIA

6. IMPORTÂNCIA E PAPEL DA ENFERMAGEM

7. CHECKLIST

8. LEGISLAÇÃO

9. É aquele que se encontra em risco iminente de perder a vida ou função de órgão/sistema do corpo humano ou em frágil condição clínica decorrente de trauma ou outras condições relacionadas a processos que requeiram cuidado imediato clínico, cirúrgico, gineco-obstétrico ou em saúde mental.

10. O transporte, seja ele qual for, deve ser cuidadoso, reproduzir segurança e ser realizado por profissionais qualificados e eficientes;

11. Transporte intra-hospitalar e Transporte inter-hospitalar;

12. RESOLUÇÃO COFEN Nº 588/2018

13. EQUIPAMENTO PACIENTE E MOBILIZAÇÃO

14. Instabilidade hemodinâmica; Incapacidade de monitorizar e manter oxigenação, ventilação e hemodinâmica adequada. Durante o transporte ou durante a permanência no setor do destino.

15. Os profissionais de enfermagem sejam qualificados; Verificar o paciente durante todo o transporte; Permaneçam focados para qualquer eventualidade que possa contribuir para a piora do quadro do paciente.

16. Checagem pré-transporte; Equipe; Registro das condições iniciais do paciente; Teste dos equipamentos mínimos; Rever as contraindicações ao transporte;