Períodos Literários

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Períodos Literários por Mind Map: Períodos Literários

1. Autores: Manuel da Nóbrega (1517-1570) :Fernão Cardim (1549-1625): José de Anchieta (1534-1597).

2. Origem: Séc. XVIII

3. Características: O ser humano está em destaque (Antropocentrismo), diante de uma sociedade onde se disseminava, a busca pela formosura,a superioridade da ciência e a valorização do corpo e emoções humanas.

4. Trovadorismo (1189)

4.1. Origem: Um movimento que faz parte da poesia europeia, surgiu entre os séc. XI e XII.

4.2. Conceito:Surgiu em uma época feudal e dominada pela igreja em que o homem estava em segundo plano, influenciando o comportamento e valores de seu povo, e os camponeses viviam de forma miserável, enquanto a população da igreja tinha acesso à educação. Isso se refletiu na arte.

4.3. Características: Trovadorismo, tem sua principal obra as cantigas líricas ( Cantigas de amigo e amor); junto de cantigas de satíricas (Escárnio ou maldizer), eram recitadas junto de instrumentos musicais (Lira, flauta e viola).

4.3.1. Temas principais das cantigas de amigo e amor, é a dor do personagem apaixonado, onde há o cortejo de sua amada. Nas cantigas de satíricas, se utiliza vocabulário grosseiro,direto e ofensivo.

5. Humanismo (1418)

5.1. Origem: Itália durante o Renascimento no séc. XIV e XVI , o nome desse movimento se tem do termo derivado do latim, que por sua vez significa um conjunto de princípios morais, estéticos e filosóficos. Transitou entre os períodos do trovadorismo e classicismo, como da Idade Média para Moderna.

5.2. Conceito: Chegou para contestar os antigos valores de fé em relação a razão, ele se fundiu em diferentes campos dos saberes artísticos, como na literatura, artes plásticas e etc.

6. Classicismo (1527)

6.1. Origem: Movimento cultural e artístico, do período Renascentista séc. XV,Europa.

6.2. Conceito: Idade Média, a igreja tinha mais influência e poder, uma sociedade teocentrista cheia de preceitos e regras para seguir, pois caso contrário seriam expulsos ou até mesmo mortos. Começaram a questionar diversas questões uma vez que a concepção de superioridade científica caiu.

6.3. Características: Busca pela harmonia e equilíbrio, autor não presente, prevalecem formas textuais de tragédia, drama e comédia, junto da poesia lírica e épica.

7. Quinhentismo (1527)

7.1. Origem: Período Colonial.

7.2. Conceito: Relação entre metrópole e colônia, esfera econômica e cultural em desenvolvimento, em que a metrópole explorou demais a colônia que os colonizadores tiveram que explorar as matérias primas, minérios, e a plantação de cana-de-açúcar. Surgindo os primeiros traços de urbanização, e literatura.

7.3. Características: Retrata os três primeiros séculos partindo da colonização portuguesa, dividindo entre textos de informação que se tratava da terra e população encontradas em sua descoberta, que não tinha relação com a literatura, mas para obras ficcionais; e textos religiosos, período fundamental para literatura brasileira. Posteriormente esses textos descritivos foram usados para a criação literária brasileira.

8. Barroco (1601)

8.1. Origem: Itália final do séc. XVI; Brasil (1601-1768).

8.2. Conceito: dois ocorridos deram mais visibilidade às obras e autores do barroco, sendo uma a Reforma Protestante, onde Martinho Lutero trouxe a público a corrupção em igrejas como venda de perdão, e quando a população viu que não era necessário pagar pela absolvição de inúmeras formas deixaram a igreja para seguir a religião de Lutero; João Calvino defendia a ideia de venda do perdão aumentando os seguidores e com isso, a burguesia se juntou ao protestantismo. Contrarreforma Católica, a igreja toma atitude de contestar a Reforma protestante, surgindo uma fundação, livros proibidos e o ressurgimento de Tribunal do Santo Ofício; época cheia de conflitos e divergências.

8.3. Características: Obras onde reina a discordância de termos (ex: Luz contra sombra, sagrado contra profano, carne contra espírito e pecado contra perdão); onde a juventude é retratada de forma especial, por ser curta e reservar prazeres imperdíveis.

8.4. No Brasil: Início pelo livro Prosopopeia (1601); autores principais: Gregório de Matos; Pe. António Vieira.

9. Arcadismo (1768)

9.1. Conceito: Se tornou o principal movimento literário do século XVIII, a queda do absolutismo e o fortalecimento da classe rica. Autores criavam obras inspiradas entre o homem e a fortuna ou como é viver no meio urbano

9.2. Características: Movimento opositor ao Barroco, inspirado no iluminismo, tem relação com valores da cultura clássica, como valores gregos, renascentistas e romanos. Obras mais simples e com racionalidade; desenvolvimento técnico e tecnológico que evoluiu os meios de produção causando a expansão urbana e o êxodo rural.

9.3. Autores: Cláudio Manuel da Costa (1729-1789) ; Santa Rita Durão (1722-1784); Tomás Antônio Gonzaga (1744-1810); Basílio da Gama (1741-1795).