Alimentação adequada em cada fase do desenvolvimento

Update your tasks and set your priorities for the next week

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Alimentação adequada em cada fase do desenvolvimento por Mind Map: Alimentação adequada em cada fase do desenvolvimento

1. No Escolar (7 a 10 anos)

1.1. As necessidades nutricionais

1.1.1. são mais elevadas mais elevadas

1.1.1.1. Devido a

1.1.1.1.1. Maior atividade física

1.2. Nesta dase é importante

1.2.1. A merenda escolar

1.3. Deve-se seguir

1.3.1. O padrão alimentar da familia - se adequado

1.3.1.1. . Deve conter proteínas, gorduras, carboidratos, minerias e fibras

1.4. Deve-se evitar

1.4.1. Gulosiemas em excesso

1.5. Deve-se ter

1.5.1. Cuidado com ingestão calórica excessiva

1.5.1.1. Para

1.5.1.1.1. Evitar obesidade

1.6. Nesta fase há

1.6.1. Consolidação do hábito alimentar

1.7. É muito importante

1.7.1. Manter consumo do leite e derivados

2. No Adolescente (10 a 19 anos)

2.1. Ocorre a repleção

2.1.1. Logo

2.1.1.1. O apetite

2.1.1.1.1. Pode estar aumentado

2.2. Há o estirão do crescimento

2.3. Ocorre

2.3.1. Início da transformação puberal

2.4. Ocorrem muitas mudanças no organismo

2.4.1. Assim

2.4.1.1. A alimentaçao tem papel muito relevante nessa fase do crescimento

2.4.1.1.1. . Deve conter proteínas, gorduras, carboidratos, minerias e fibras

2.4.1.1.2. Deve-se ter atenção à oferta de minerais

2.5. É muito importante

2.5.1. Manter consumo do leite e derivados

3. No Pré-escolar (2 a 6anos)

3.1. Continua a formação do hábito alimentar

3.1.1. É importante

3.1.1.1. Evitar excesso de guloseimas

3.2. O apetite/consumo de alimentos é variado

3.2.1. A alimentaçao

3.2.1.1. deve ser saudável e balanceada, seguindo padrão da familia, se adequado. Deve conter proteínas, gorduras, carboidratos, minerias e fibras

3.2.2. As refeições e lanches

3.2.2.1. Devem ser em horários fixos, com intervalos suficientes para que a criança sinta fome na próxima refeição

3.3. Ocorre

3.3.1. Primeiro estirão do crescimento

3.3.1.1. Criança pode apresentar

3.3.1.1.1. Aparência magra

3.4. É muito importante

3.4.1. Manter consumo do leite e derivados

4. No Lactente

4.1. Até o 4º ou 6º mês

4.1.1. Deve ser:

4.1.1.1. Aleitamento materno exclusivo

4.1.2. Se a mãe não puder amamentar

4.1.2.1. Tem-se

4.1.2.1.1. Leites de fórmula

4.1.2.1.2. Ou: Leite de vaca

4.2. A partir do 4º mês

4.2.1. Pode-se

4.2.1.1. Introduzir frutas amassadas ou suco de frutas

4.2.2. Se houver introdução de algum alimento deve-se iniciar

4.2.2.1. Suplementação de ferro (profilático)

4.2.2.1.1. Dose:1 mg de ferro elementar/kg peso/dia se RN a termo, AIG

4.2.2.1.2. OBS: RN pré-termo ou PIG: início da suplementação a partir do 30° dia de vida. 2 mg de ferro elementar/kg peso/dia.

4.3. A partir do 6º mês

4.3.1. Indica-se

4.3.1.1. Introdução da primeira papa salgada

4.3.1.1.1. Deve conter:

4.4. Do 6º ao 7º mês

4.4.1. Indica-se

4.4.1.1. Introdução da segunda papa salgada

4.4.1.1.1. Deve conter

4.5. Do 9º ao 11º mês

4.5.1. Deve-se

4.5.1.1. Gradativamente passar para a comida da família

4.6. No 12º mês

4.6.1. Criança já pode comer a mesma comida da família

4.7. No 2º Ano de vida

4.7.1. A criança já come

4.7.1.1. Refeições de sal semelhantes às dos adultos, contendo proteínas, gorduras, carboidratos, minerias e fibras

4.7.2. A criança deve ser estimulada a comer sozinha

4.7.3. Há redução do ritmo de crescimento

4.7.4. Importante informar aos pais que

4.7.4.1. Criança deixa de acumular gordura no tecido celular subcutâneo - perde aspecto de bebê roliço

4.7.5. Começa a formção do hábito alimentar

5. Por: Jordânia Alkmim Jordão

6. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - DISCIPLINA MEDICINA GERAL DE CRIANÇAS I, Prof. Cássio Ibiapina/ OFICINA DE MAPAS CONCEITUAIS, Tutoras: Michele Lopes da Silva e Ana Carolina Celina da Rocha