INFARTO AGUDO DO MIORCADIO (1)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
INFARTO AGUDO DO MIORCADIO (1) por Mind Map: INFARTO AGUDO DO MIORCADIO (1)

1. Nos casos mais graves, pode ser necessária a realização da cirurgia de ponte de safena, que normalmente é feita cerca de 3 a 7 dias após o ataque cardíaco. Essa cirurgia consiste na retirada de um pedaço da veia safena, localizada na perna, para substituir a parte obstruída da artéria do coração, reativando o fluxo sanguíneo normal para o órgão.

2. A prevenção do infarto é feita principalmente com mudanças no estilo de vida, que incluem ter uma dieta saudável, fazer atividades física, diminuir o estresse e parar de fumar e de consumir bebidas alcoólicas.

3. CK-MB, que é uma proteína encontrada no músculo cardíaco e cuja concentração no sangue aumenta 4 a 8 horas após o infarto e volta ao normal após 48 a 72 horas;

4. ,

5. Troponina, que é o marcador de infarto mais específico, aumentando 4 a 8 horas após ao infarto e voltando aos níveis normais após cerca de 10 dias -

6. Mioglobina, que também está presente no coração, mas tem sua concentração aumentada 1 hora após o infarto e volta aos níveis normais após 24 horas - Saiba mais sobre o exame da mioglobina;

7. CAUSAS:

8. A principal causa do infarto agudo do miocárdio é a aterosclerose, que corresponde ao acúmulo de gordura dentro dos vasos sanguíneos, em formas de placas, que podem dificultar a passagem de sangue para o coração e, assim, causar o infarto

9. SINTOMAS

10. DIAGNÓSTICO

11. O diagnostico do IAM é feito por meio de exames físicos, em que o cardiologista analisa todos os sintomas descritos pelo paciente, além do eletrocardiograma, que é um dos principais critérios de diagnóstico do infarto.

12. MARCADORES:

13. TRATAMENTO

14. O tratamento inicial para o infarto agudo do miocárdio é realizado desobstruindo o vaso através da angioplastia ou através de uma cirurgia designada por ponte de safena, também conhecida por bypass cardíaco ou revascularização do miocárdio.

14.1. Além disso, o paciente necessita tomar medicamentos que diminuem a formação da placas ou tornem o sangue mais fino, a fim de facilitar a sua passagem pelo vaso, como o Ácido Acetil Salicílico (AAS), por exemplo

15. MEDICAMENTOS:

15.1. Aspirina

15.2. clopidogrel

15.3. prasugrel,

16. ANGIOPLASTIA

16.1. A angioplastia, também chamada cateterismo, é utilizada quando o tratamento medicamentoso não é suficiente para restabelecer a circulação sanguínea. Esse procedimento é feito através de um tubo, chamado catéter, que é colocado em uma artéria da perna ou da virilha e que percorre o corpo até o vaso sanguíneo que está afetado pelo coágulo e sofrendo o infarto.

16.2. O cateter possui na sua ponta um balão que é inflado para abrir o vaso sanguíneo obstruído, e em alguns casos coloca-se um stent, que é uma pequena mola de metal que ajuda a impedir que o vaso se feche novamente, causando um novo infarto.

17. CIRURGIA

18. PREVENÇÃO

19. O sintoma mais característico do infarto agudo do miocárdio é a dor em forma de aperto no coração, no lado esquerdo do peito, que pode ou não estar associada a outros sintomas, como:

19.1. Tontura;

19.1.1. Mal-estar;

19.1.1.1. Enjoo;

19.1.2. Enjoo

19.1.2.1. Palidez;

19.1.2.1.1. Sensação de peso ou queimor no estômago;

19.1.2.2. Suor frio

19.1.2.2.1. Sensação de aperto na garganta;

19.1.3. Suor frio;