RACISMO ESTRUTURAL

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
RACISMO ESTRUTURAL por Mind Map: RACISMO ESTRUTURAL

1. Raça na história

1.1. Século XVI

1.1.1. expansão mercantilista forneceu base material para o Renascentismo refletir sobre o significado da “existência humana”

1.2. Século XVII

1.2.1. Iluminismo

1.3. Século XIX

1.3.1. homem passou a ser objeto científico. Determinismo biológico e determinismo geográfico

1.4. Século XX

1.4.1. não haveria determinismo capaz de hierarquizar a moral, a cultura, a inteligência etc

2. CONCEITO

2.1. “racismo é uma forma sistemática de discriminação que tem a raça como fundamento, e que se manifesta por meio de práticas conscientes ou inconscientes que culminam em desvantagens ou privilégios para indivíduos, a depender do grupo racial ao qual pertençam”

2.2. Três concepções de racismo: individualista, institucional e estrutural

2.2.1. RACISMO INDIVIDUALISTA

2.2.1.1. fenômeno atribuído a um indivíduo ou grupos isolados, de caráter ético ou psicológico

2.2.2. RACISMO INSTITUCIONAL

2.2.2.1. parte da ideia que conflitos raciais são intrínsecos às instituições, uma vez que elas são parte da sociedade e, como tal, carregam em si os conflitos nela existentes

2.2.3. RACISMO ESTRUTURAL

2.2.3.1. o racismo é uma decorrência da estrutura social – relações sociais, políticas, econômicas, jurídicas – criado por um processo histórico e político

3. Racismo e ideologia

3.1. A perpetuação do racismo só é capaz quando criada uma ideologia que explique “racionalmente” a desigualdade racial e, assim, seja possível a naturalização da discriminação e da violência. Tal ideologia, para o autor, deve ser capaz de moldar o inconsciente

4. Racismo e política

4.1. “Uma vez que o Estado é a forma política do mundo contemporâneo, o racismo não poderia se reproduzir se, ao mesmo tempo, não alimentasse e fosse também alimentado pelas estruturas estatais. É por meio do Estado que a classificação de pessoas e a divisão dos indivíduos em classes e grupos é realizada”.

4.1.1. Biopoder - Foucault

4.1.2. Necropolítica e necropoder - Mbembe

5. Racismo e direito

5.1. “a ascensão ao poder de grupos políticos racistas colocou o direito à serviço de projetos de discriminação sistemática, segregação racial e até de extermínio". Também pode ser instrumento na luta antirracista.

6. Racismo e economia

6.1. Desigualdades econômicas

6.2. Herança da escravidão

6.3. Formação dos Estados capitalistas

6.4. Racismo e crises

6.5. Desenvolvimento econômico

6.5.1. projeto nacional de desenvolvimento deve criar uma identidade nacional antirracista e inclusiva