Biossegurança

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Biossegurança por Mind Map: Biossegurança

1. A higienização das mãos tem o objetivo de remover as células descamativas, sujidades, pelos, interrompendo a transmissão pelo contato, além de prevenir as infecções cruzadas. Por isso, todos os profissionais de laboratório devem adotar essa prática.

2. O laboratório deve ser amplo para permitir o trabalho com segurança e para facilitar a limpeza e manutenção; Paredes, tetos e chão devem ser fáceis de limpar, impermeáveis a líquidos e resistentes; Cada laboratório deverá conter uma pia para lavagem das mãos que funcionem automaticamente ou que sejam acionadas com o pé ou com o joelho;

3. Conceito

3.1. É o conjunto de ações voltadas para a prevenção e minimização de risco dos colaborados envolvidos no serviço.

4. Equipamento de Proteção Individual - EPI

4.1. Todo dispositivo ou produto de uso individual utilizado pelo trabalhador e destinado a proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e saúde.

4.1.1. AVENTAIS OU JALECOS: Uso obrigatório e restrito aos laboratórios.

4.1.2. LUVAS: Usadas para evitar o contato direto com fluidos orgânicos.

4.1.3. MASCARAS OU VISORES: Proteção para filtrar gases, pó e outras substancias.

5. Praticas Seguras em Laboratório

5.1. *Conhecer os riscos biológicos, químicos, radioativos, tóxicos com quais se tem contato no laboratório; *Ser treinado e aprender as precauções e procedimentos de biossegurança; * Seguir as regras de biossegurança; * Evitar trabalhar sozinho com material infeccioso. * Ser protegido por imunização apropriada quando disponível; *Manter o laboratório limpo e arrumado, * Limitar o acesso aos laboratórios.

6. Equipamento de Proteção Coletiva - EPC

6.1. São equipamentos que possibilitam a proteção dos envolvidos no laboratório, também do meio ambiente e das pesquisas desenvolvidas.

6.1.1. CAPELA QUÍMICA

6.1.2. CABINE DE SEGURANÇA BIOLÓGICA (CSB)

6.1.3. CHUVEIRO DE EMERGÊNCIA

7. Estrutura Física do Laboratório

8. HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS:

9. Resíduos biológicos infectantes:

9.1. Controle de qualidade de esterilização

9.1.1. Físicos

9.1.2. Químicos

9.1.3. Biológicos

9.2. São uma fonte de contaminação capazes de causar doenças e comprometer o meio ambiente e a saúde pública (Geralmente, são produzidos por hospitais, laboratórios e outros estabelecimentos de serviços de saúde.)

10. Desinfecção

10.1. Processo para eliminar muitos ou todos os microrganismos patogênicos.

11. Assepsia

11.1. É o conjunto de medidas que utilizamos para impedir a penetração de microrganismos num ambiente que logicamente não os tem. Logo, um ambiente asséptico é aquele que está livre de infecção.

12. Antissepsia

12.1. É o conjunto de medidas propostas para inibir o crescimento de microrganismos ou removê-los de um determinado ambiente, podendo ou não destruí-los. Para tal fim, utilizamos antissépticos ou desinfetantes.