CICLO CELULAR

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
CICLO CELULAR por Mind Map: CICLO CELULAR

1. Tem por função duplicar os cromossomos e dividi-los em duas células idênticas. O ciclo celular dura em torno de 24 horas e é divido em duas fase: interfase (23horas) e mitose (1hora).

2. INTERFASE: onde ocorre o crescimento celular e a replicação do DNA.

2.1. FASE G1: síntese de RNA (80% RNA ribossômico) e proteínas. DNA está com 46 cromossomos em estrutura simples.

2.1.1. CHECKPOINT 1: verifica-se a presença de danos no DNA. Caso haja algum dano, ocorre um aumento nos níveis da proteína P53, que ativa um gene codificador de P21, uma proteína inibidora de CDK, que vai inativar CDKs que levariam a célula para a fase S.

2.2. FASE S: replicação do material genético e síntese de histonas. Ao final tem 46 cromossomos em estrutura dupla.

2.3. FASE G2: intensa síntese proteica preparando para a mitose.

2.3.1. CHECKPOINT 2: avalia a presença de DNA danificado ou replicado incorretamente. Caso sejam identificados danos, a proteína-fosfatase ativadora do complexo CDK que leva a célula para a fase M (M-CDK).

3. CICLINAS: as Cinases Dependentes de Ciclina (CDKs) são ativadas apenas com as cíclicas e o complexo formado está diretamente ligado a

3.1. G1/S-ciclinas: formam um complexo com a Cdks e induz a progressão da fase G1 para a fase S. Seus níveis estão na fase G1 e diminuem fortemente nas demais fases.

3.2. S-ciclinas: a cíclica G2 forma um complexo com a Cdks e ajudam a estimular a duplicação dos cromossomos. Seus níveis ficam altos até a mitose.

3.3. G1-ciclinas: induz a produção de G1/S cíclicas.

3.4. M-ciclinas: formam o complexo com a Cdks e estimulam a entrada da célula na mitose.

4. MITOSE

4.1. PROCESSOS MECÂNICOS

4.1.1. Fuso mitótico: responsável por separar os cromossomos e alocar uma cópia em cada célula-filha.

4.1.2. Anel contrátil: realiza a divisão citoplasmática (citocinese).

4.2. PRÓFASE: condensação das cromatinas até a formação dos cromossomos e formação dos fusos.

4.3. PROMETÁFASE: desentegração do envelope nuclear e ligação dos fusos aos cromossomos através dos cinetócoros.

4.4. METÁFASE: os cromossomos são alinhados no centro da célula, no meio do fuso mitótico.

4.4.1. PONTO DE TRANSIÇÃO ENTRE METÁFASE E ANÁFASE - para que passe de uma fase para outra exige um terceiro checkpoint e também a ação da APC/C.

4.5. ANÁFASE: segregação das cromátides irmãs

4.6. TELÓFASE: formação de dois novos núcleos

4.6.1. CITOCINESE: separação do citoplasma - anel contrátil.

5. GENES SUPRESSORES DO CANCER - são genes que codificam proteínas que inibem a célula caso seu DNA esteja modificado. Exemplo: P53

5.1. Síndrome de Li Fraumeni

5.1.1. Existe uma predisposição hereditária ao câncer. Nos indivíduos acometidos por esta síndrome, foi demonstrado que os pais possuíam em suas células germinativas o gene p53 mutado.