Rochas ígneas ou magmáticas: são aquelas que se originam a partir da solidificação do magma ou da...

Geografia

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rochas ígneas ou magmáticas: são aquelas que se originam a partir da solidificação do magma ou da lava vulcânica. Elas costumam apresentar uma maior resistência e subtipos geologicamente recentes e de formações antigas. por Mind Map: Rochas ígneas ou magmáticas: são aquelas que se originam a partir da solidificação do magma ou da lava vulcânica. Elas costumam apresentar uma maior resistência e subtipos geologicamente recentes e de formações antigas.

1. Tipos de Rochas

2. Rochas ígneas extrusivas ou vulcânicas: são aquelas que surgem a partir do resfriamento do magma expelido em forma de lava por vulcões, formando a rocha na superfície e em áreas oceânicas. Como nesse processo a formação da rocha é rápida, ela apresenta características diferentes das rochas intrusivas. Um exemplo é o basalto.

3. Rochas ígneas intrusivas ou plutônicas: são aquelas que se formam no interior da Terra, geralmente nas zonas de encontro entre a astenosfera e a litosfera, em um processo constitutivo mais longo. Elas surgem na superfície somente através de afloramentos, que se formam graças ao movimento das placas tectônicas, como ocorre com a constituição das montanhas.

4. Rochas metamórficas: são as rochas que surgem a partir de outros tipos de rochas previamente existentes (rochas-mãe) sem que essas se decomponham durante o processo, que é chamado de metamorfismo. Quando a rocha original é transportada para outro ponto da litosfera que apresenta temperatura e pressão diferentes do seu local de origem, ela altera as suas propriedades mineralógicas, transformando-se em rochas metamórficas. Exemplo: mármore.

5. Rochas sedimentares: são rochas que se originam a partir do acúmulo de sedimentos, que são partículas de rochas. Uma rocha preexistente sofre com as ações dos agentes externos ou exógenos de transformação do relevo, desgastando-se e segmentando-se em inúmeras partículas (meteorização); em seguida, esse material (pó, argila, etc.) é transportado pela água e pelos ventos para outras áreas, onde se acumulam e, a uma certa pressão, unem-se e solidificam-se novamente (diagênese), formando novas rochas.

6. Como elas se formam:

7. Magmáticas: Já quando o processo de formação da rocha magmática se dá pelo resfriamento rápido da lava expelida de um vulcão, é chamado de extrusão. Esse tipo de rocha é chamado extrusiva ou vulcânica.

8. Sedmentares: De modo geral as rochas sedimentares apresentam-se estratificadas, ou seja, são formadas em camadas, que indicam diferentes sedimentos e épocas em que foram ali depositados. Quanto mais profundos, mais antigos serão os sedimentos. São exemplos de rochas sedimentares a ardósia, o arenito e a argila.

9. Metamórficas: Contudo, as rochas não são produzidas pela natureza apenas uma vez. Pelo contrário, esse processo ocorre o tempo todo numa constante transformação, chamado de ciclo das rochas.

10. As rochas ígneas formam-se pela cristalização do magma, uma massa de rocha fundida que se origina em profundidade na crosta e no manto superior, onde as temperaturas alcançam 700°C ou mais, que são necessários para fundir a maioria das rochas.