Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
via Parental por Mind Map: via Parental

1. Classificação

2. intramuscular, intravenosa, subcutânea ou hipodérmica, intradérmica, intra-arterial, intracardíaca, intraperitoneal e intratecal.

3. Conceito

4. Utilização de formas farmacêuticas injetáveis, em que o medicamento não passa pelo tubo gastrintestinal.

5. Formas farmacêuticas

6. soluções, suspensões aquosas e oleosas, emulsões óleo/água.

7. Complicações

8. Dor, causada pela picada da agulha ou pela irritação da droga ,em função do rompimento da pele, pode ocorrer o risco de adquirir infecção.

9. Administração

10. Intradérmica – aplicadas na pele, entre a derme e a epiderme, a agulha não chega a camadas profundas ,é aplicada no músculo deltoide do braço.

11. Subcutânea – aplicadas na hipoderme, no tecido subcutâneo. Os locais para injeção incluem as regiões superiores externas (braços), o abdômen, a região anterior das coxas e a região superior do dorso.

12. Intramuscular – injetável direto na massa muscular . É a via mais apropriada quando se trata de vacinas com soluções mais irritantes, pois a região dentro dos músculos tem menos sensibilidade que as camadas da pele.

13. Intravenosa ou endovenosa - é efetuada diretamente na veia, na corrente sanguínea.

14. Funções

15. É indicada para situações emergenciais e aplicações de grandes volumes de substância.

16. A droga é liberada diretamente no líquido tecidual ou no sangue, sem atravessar a mucosa intestinal. A ação é mais rápida e segura, não provocando irritação gástrica nem vômito.