Estilo Contemporâneo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Estilo Contemporâneo por Mind Map: Estilo Contemporâneo

1. Tendências:

1.1. A literatura brasileira contemporânea compreende um grupo de características de distintas escolas literárias anteriores, revelando assim, uma multiplicidade de tendências que irão inovar a poesia e a prosa do período.

1.2. 1. Tradicional:

1.3. Regionalista. Intimista; Urbano-social. Político; Memorialista. Experimentais e metalinguísticos

1.4. 2. Alternativa:

1.5. TIPOS DE POEMAS:

1.5.1. Concretismo

1.5.2. Poema processo

1.5.3. Poesia Social

1.5.4. Poesia Marginal

2. Contexto Histórico:

2.1. Contexto Histórico: Muitas características dessa escola são explicados pela sucessão de fatos transcorridos.

2.2. Nos anos 60, sob o governo populista de Juscelino Kubitscheck, a população brasileira foi tomada por uma euforia política e econômica.

2.3. Clima de censura e o medo se instauraram no país.

2.4. Os movimentos artísticos precisaram encontrar formas diferentes para se expressarem ou até mesmo acontecerem por “debaixo dos panos”.

2.4.1. O tricampeonato da seleção brasileira de futebol foi usado como motivo nacionalista para silenciar o povo.

2.5. Lei da Anistia:

2.5.1. Presidente Figueiredo sancionou a Lei da Anistia.

3. Características:

3.1. Ecletismo:

3.2. Intertextualidade

3.3. Vários modos de narrativa

3.4. Engajamento social

3.5. Temas do cotidiano

3.6. Preocupação com o presente

4. A literatura contemporânea é a que vivenciamos atualmente. Começou após o encerramento do pós-modernismo, por volta da metade do século XX.

5. Principais autores e Obras:

5.1. Ariano Suassuna (1927-2014): escreveu “Auto da Compadecida” (1955) e “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”;

5.2. Antônio Callado (1917-1997): escritor de “A Madona de Cedro” (1957), “Quarup” (1967) e “O Tesouro de Chica da Silva” (1962)

5.3. Caio Fernando Abreu (1948-1996): autor de “Morangos Mofados” (1982) e “Onde Andará Dulce Veiga?” (1990);

5.4. Cora Coralina (1889-1985): autora de “Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais” (1965) e “Estórias da Casa Velha da Ponte” (1985);

5.5. Ferreira Gullar (1930-2016): escritor de “Poema Sujo” (1976) e “Em Alguma Parte Alguma” (2010).