Sistema de Endomembranas

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Sistema de Endomembranas por Mind Map: Sistema de Endomembranas

1. Compartimentos ordenados chamados de dictiossomo

2. As enzimas lisossomais são sintetizadas no RE e processadas no complexo de golgi.

3. Estrutura semelhante a um amontoado de sacos chamados de cisternas.

4. Polaridade distinta: os dois pólos são chamados de face cis (próximo ao RER) e face trans (em direção à membrana plasmática) que agem como um departamento de recebimento e envio

5. Evolução

5.1. Conjunto de organelas citoplasmáticas, que ao longo da evolução celular desenvolveram membranas externas.

5.2. Células primitivas (procarióticas)

5.3. Células mais desenvolvidas (eucarióticas)

5.3.1. A célula eucariota deve ser vista como um sistema dinâmico, com a movimentação das organelas, vesículas e translocação dos cromossomos.

5.4. A comunicação entre estas organelas é por meio de vesículas transportadoras, que brotam de um compartimento doador e se fundem a um compartimento receptor.

6. Complexo de Golgi

6.1. Estruturas

6.1.1. Localizado quase sempre perto do núcleo e dos centríolos.

6.2. Funções

6.2.1. Sintetiza glicídeos

6.2.2. Processamento de lípidos e proteínas sintetizadas no RE

6.2.3. Produtos do R.E.R. são modificados, armazenados e despachados para outros destinos

6.2.4. Armazena, empacota e secreta substâncias para o meio extracelular

7. Função

7.1. Síntese e transporte de proteínas as membranas, organelas ou fora da célula, metabolismo e movimento lipídeos, desintoxicação de substâncias

7.2. Grupo de membranas e organelas nas células eucarióticas que atuam em conjunto para modificar, empacotar e transportar lipídios e proteínas

7.3. Refletem movimentação seja por transporte de vesículas e translocação de cromossomos dentro da célula

8. Retículo Endoplasmático

8.1. Retículo Endoplasmático Liso

8.1.1. Estruturas

8.1.1.1. Estruturas tubulares e não apresentam ribossomos aderidos a membrana.

8.1.2. Funções

8.1.2.1. Síntese de hormônios esteróides.

8.1.2.2. Armazena íons de cálcio

8.1.2.3. Metabolização do Glicogênio- Glicogenólise

8.1.2.4. Síntese de lipídeos, metabolismo de carboidratos e destruição de drogas e substâncias tóxicas

8.1.2.5. Desenvolvido nas células que secretam hormônios esteroide, nas hepáticas e nas da glândula adrenal.

8.2. Estruturas

8.2.1. Rede de túbulos e sacos fechados chamados de cisterna.

8.3. Funções

8.3.1. Síntese protéica Síntese de lipídios Sintese de hormônios esteróides Modificação de lipídios e proteínas Destoxificação Armazenamento de cálcio. Glicogenólise

8.3.2. Rede de distribuição de substâncias.

8.4. Retículo Endoplasmático Rugoso

8.4.1. Estruturas

8.4.1.1. Formado por cisternas e apresenta ribossomos associados a membranas.

8.4.2. Funções

8.4.2.1. Proteínas sintetizadas por ribossomos

8.4.2.2. Proteínas secretadas são glicoproteínas

8.4.2.3. As vesículas em trânsito de uma parte da célula para outra são chamadas de vesículas de transporte.

9. Lisossomos

9.1. Origem

9.1.1. Originados no aparelho de golgi

9.2. Estruturas

9.2.1. Organelas esféricas, delimitadas por membrana formada por bicamada lipídica e que acumulam inúmeras enzimas hidrolíticas

9.3. Funções

9.3.1. Enzimas digestivas

9.3.2. Digestão intracelular, permite a digestão de porções danificadas ou/e o material proveniente da endocitose nas células

9.3.3. Autofagia: reciclar outras organelas celulares que estão envelhecidas.

10. ATP (adenosina trifosfato)

10.1. Molécula formada por adenosina e fosfato que fornece energia para as células realizarem suas atividades

10.1.1. Reações de hidrólise dessas moléculas são para formar energia química

10.2. Depósito de energia

10.3. Mitocôndrias: locais de produção de ATP

10.4. É constituída por uma ribose (açúcar) ligada à adenina (base nitrogenada) e três grupos fosfato em série.