Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Teorias por Mind Map: Teorias

1. A teoria é usada para organizar e explicar dados e gerar hipóteses que possam ser testadas pela pesquisa

1.1. As teorias do desenvolvimento diferem em duas questões básicas: o caráter ativo ou reativo do desenvolvimento e a existência de continuidade ou descontinuidade no desenvolvimento

2. Dois modelos contrastantes do desenvolvimento são o modelo mecanicista e o modelo organicista

2.1. teoria hipóteses modelo mecanicista modelo organicista mudança quantitativa mudança qualitativa

3. 5 perspectivas teóricas

3.1. A perspectiva psicanalítica compreende o desenvolvimento como algo motivado por impulsos emocionais ou conflitos inconscientes. Os principais exemplos são as teorias de Freud e de Erikson

3.1.1. Para a perspectiva da aprendizagem, o desenvolvimento é resultado da aprendizagem baseada na experiência. Os principais exemplos são o behaviorismo de Watson e Skinner e a teoria da aprendizagem social (social cognitiva) de Bandura

3.1.1.1. A perspectiva cognitiva preocupa-se com os processos mentais. Os principais exemplos são a teoria dos estágios cognitivos de Piaget, a teoria sociocultural de Vygotsky e a abordagem do processamento de informação.

3.1.1.1.1. A perspectiva contextual focaliza o indivíduo num contexto social. Um importante exemplo é a teoria bioecológica de Bronfenbrenner

3.1.1.1.2. teoria dos estágios cognitivos

3.1.1.1.3. organização

3.1.1.1.4. esquemas

3.1.1.1.5. adaptação

3.1.1.1.6. assimilação

3.1.1.1.7. acomodação

3.1.1.1.8. equilibração

3.1.1.1.9. teoria sociocultural

3.1.1.1.10. zona de desenvolvimento proximal (ZDP)

3.1.1.1.11. andaime

3.1.1.1.12. abordagem do processamento de informação

3.1.1.2. behaviorismo

3.1.1.3. condicionamento clássico

3.1.1.4. condicionamento operante

3.1.1.5. reforço

3.1.1.6. punição

3.1.1.7. teoria da aprendizagem social

3.1.1.8. determinismo recíproco

3.1.1.9. aprendizagem observacional

3.1.1.10. autoeficácia

3.2. desenvolvimento psicossexual desenvolvimento psicossocial

4. O modelo é um plano para conduzir a pesquisa. Dois modelos qualitativos utilizados na pesquisa em desenvolvimento são o estudo de caso e o estudo etnográfico. A pesquisa transcultural pode indicar se certos aspectos do desenvolvimento são universais ou influenciados pela cultura.

5. Dois modelos quantitativos são o estudo correlacional e o experimento. Somente experimentos podem estabelecer com segurança relações causais.

5.1. Os experimentos devem ser rigorosamente controlados para serem válidos e replicáveis. A distribuição randômica dos participantes pode assegurar a validez. • Experimentos em laboratório são mais fáceis de controlar e replicar, mas os resultados dos experimentos de campo talvez sejam mais generalizáveis. Experimentos naturais podem ser úteis em situações em que verdadeiros experimentos seriam impraticáveis ou antiéticos. • Os dois modelos mais comuns para o estudo do desenvolvimento relacionado à idade são o transversal e o longitudinal. Estudos transversais comparam faixas etárias; estudos longitudinais descrevem continuidade ou mudança nos mesmos participantes. O estudo sequencial tem por objetivo superar os pontos fracos dos outros dois modelos

5.2. estudo de caso

5.3. estudo etnográfico

5.4. observação participante

5.5. estudo correlacional

5.6. experimento

5.7. grupo-controle

5.8. variável independente

5.9. variável dependente

5.10. distribuição randômica

5.11. estudo transversal

5.12. estudo longitudinal

5.13. estudo sequencial