Políticas públicas de saúde no Brasil

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Políticas públicas de saúde no Brasil por Mind Map: Políticas públicas de saúde no Brasil

1. 1. direito legal de acesso a saúde

1.1. Apenas uma parte da sociedade possuia acesso a saúde no Brasil. Saúde era ausência de doenças e não a prevenção.

1.2. O sistema público de saúde atendia a quem contribuía para a Previdência Social. Quem não tinha dinheiro dependia da caridade, ou de hospitais privados.

1.3. Em 1988 Criação do SUS (Sistema único de saúde). O sistema público de saúde é para todos, sem discriminação, não sendo necessário estar trabalhando para utilizar dos serviços do SUS.

1.4. Descentralizado, municipalizado e participativo. Cada município contém uma unidade do SUS chamada de UBS.

2. 2.Modelo assistencial de Saúde

2.1. Na época da república velha foram realizadas campanhas contra epidemias, que acabaram se tornando uma política de saúde.

2.2. modelo médico assistencial privatista- Apenas cidadãos que contribuíam na Previdência Social- medicina curativa.

2.3. VIGILÂNCIA DE SAÚDE: problemas de saúde, controle de causas, de riscos e danos, práticas sanitárias (promoção, proteção e assistência). Atendendo a demanda.

3. 3. Gestão

3.1. Lei nº 8.080- Organização do SUS- Distribuição de competências entre a União, os estados e os municípios. Também o planejamento, regulação, controle e avaliação do SUS.

3.2. Três esferas de governo monitorar a saúde da população e gerenciar recursos orçamentários e financeiros.

3.3. A saúde pública era responsabilidade do INAMPS- Somente eram atendidos aqueles que trabalhavam em empregos formais e contribuíam com a Previdência Social, com a "carteira assinada".

3.4. A saúde pública era centralizada, e de responsabilidade federal.

4. 4.Origem do financiamento.

4.1. A Constituição Federal de 1988 determina que as três esferas de governo – federal, estadual e municipal – financiem o Sistema Único de Saúde (SUS).

4.2. Arrecadações e repasse necessários para garantir a universalidade e integralidade do sistema.

4.3. Antes do SUS a saúde pública era controlada pelo governo federal de forma centralizada.

5. 5. Equidade.

5.1. Foca em diminuir a desigualdade, Garantindo saúde para aqueles que mais necessita.

5.2. Investir onde a carência é maior, de acordo com o grau de suas necessidades assim oferecendo mais a quem mais precisa.

5.3. Antes do SUS a saúde era apenas para aqueles que contribuiam na previdência social. A saúde era excludente.

5.4. Eram excluídos: Os trabalhadores rurais, todo trabalhador que exercesse uma função não reconhecida pelo Estado.