SÍLABAS MÉTRICAS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
SÍLABAS MÉTRICAS por Mind Map: SÍLABAS MÉTRICAS

1. Regra 1

1.1. A contagem das sílabas só é realizada até a última sílaba tônica da última palavra do verso.

1.1.1. Exemplos:

1.1.1.1. Ó minha amada

1.1.1.2. Ó/ mi/ nha a/ ma

2. Definição

2.1. Recurso utilizado para se medir um verso através da contagem das sílabas poéticas

3. Regra 2

3.1. Se uma sílaba poética terminar em vogal átona e a sílaba seguinte iniciar-se em vogal ou H (que não possua som), essas sílabas podem se juntar em uma única.

3.1.1. Exemplos:

3.1.1.1. Que olhos os teus

3.1.1.2. Que o/lhos/ os/ teus

4. Regra 3

4.1. Na presença de sílabas com -rr ou -ss, não se separam os dígrafos na contagem das sílabas poéticas.

4.1.1. Exemplos:

4.1.1.1. se você morresse

4.1.1.2. se/ vo/ cê/ mo/ rre

5. Classificação dos versos quanto ao número de sílabas

5.1. Versos Isométricos – são aqueles que possuem uma medida única.

5.1.1. Exemplos

5.1.1.1. 1 sílaba poética: Monossílabos 2 sílabas poéticas: Dissílabos 3 sílabas poéticas: Trissílabos 4 sílabas poéticas: Tetrassílabos 5 sílabas poéticas: Pentassílabos 6 sílabas poéticas: Hexassílabos 7 sílabas poéticas: Heptassílabos 8 sílabas poéticas: Octossílabos 9 sílabas poéticas: Eneassílabos 10 sílabas poéticas: Decassílabos 11 sílabas poéticas: Hendecassílabos 12 sílabas poéticas: Dodecassílabos