ADULTO INTERMEDIÁRIO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
ADULTO INTERMEDIÁRIO por Mind Map: ADULTO INTERMEDIÁRIO

1. Emoções e saúde mental: Adultos da meia-idade tendem a ter tristeza extrema, inquietação, nervosismo, sentimento de inutilidade, podem causar doenças cardiovasculares, avc.

2. SAÚDE FÍSICA:

2.1. As limitações físicas aumentam com a idade, um dos grandes problemas é a hipertensão (pressão arterial cronicamente alta), diabetes, a nutrição, o tabagismo, o consumo de álcool e drogas e a atividade física afetam essa idade.

2.1.1. O excesso de peso nessa idade aumenta o risco de problemas de saúde e também a taxa de mortalidade. A raça interfere na saúde pois alguns grupos étnicos tendem a ter obesidade, outro fator importante é o nível socioeconômico, quem não possui plano de saúde, dinheiro para hospitais particulares e exames caros, acaba se prejudicando.

2.2. Os adultos intermediários possuem problemas como presbiopia (incapacidade de focalizar objetos próximos) miopia (visão curta) presbiacusia (Perda gradual da audição associada à idade) metabolismo basal (Uso de energia para manter as funções vitais.)

2.3. ESTRESSE: é um fator agravante para pessoas da meia-idade, elas tendem a experimentá-lo com mais frequência e com diferentes tipos de estressores como envelhecimento e saúde.

3. DESENVOLVIMENTO COGNITIVO:

3.1. CRIATIVIDADE: diminui ao longo da vida, mas não está associada à inteligência mas sim ao trabalho e área de atuação, trabalhos que exigem mais as funções cognitivas são os que acabam desenvolvendo uma criatividade maior.

3.1.1. TRABALHO: é um grande aliado da meia-idade, os que exigem mais, desenvolvem melhor as funções cognitivas. Adultos que são abertos para o novo tendem à possuírem maior índice de desempenho ao longo do tempo.

3.1.2. As pessoas de meia-idade tendem a procurar mais informações e educação para poderem desenvolver melhor seus trabalhos e ajudar os filhos em casa com tarefas da escola.

3.2. Estudos mostram declínio nas habilidades cognitivas na meia-idade. Pessoas com menos de 60 anos podem desenvolver problemas neurológicos.

4. CRISE DA MEIA-IDADE: Consiste em mudanças na personalidade causadas pelo estresse da velhice chegando, resistência à morte.

4.1. BEM-ESTAR PSICOLÓGIO: Adultos da meia-idade apresentam maior variação individual na emotividade. Sentem muita satisfação com a vida nessa idade por conta das boas memórias.

4.2. RELACIONAMENTOS NA MEIA-IDADE: É a principal fonte de saúde e satisfação, mas os relacionamentos também podem apresentar demandas estressantes principalmente para as mulheres.

4.2.1. CASAMENTO E DIVÓRCIO: O divórcio tem sido mais comum do que antigamente, mas o término acaba sendo traumático. Casamentos de longa duração têm menor probabilidade de serem rompidos porque eles constroem benefícios emocionais e financeiros do casamento que ficam difíceis de romper.

4.2.1.1. Quando os filhos vão embora é muito difícil para os pais, principalmente para a mãe, e aquelas que vivem para exercer suas funções parentais, para algumas é um alívio pois começa a se dedicar a sua vida própria.

4.3. A experiência de ser avó é considerado a melhor experiência da meia-idade, os avós tendem a ter os relacionamentos mais afetuosos com seus netos.