Diferenças entre modelo OSI e modelo TCP/IP

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Diferenças entre modelo OSI e modelo TCP/IP por Mind Map: Diferenças entre modelo OSI e modelo TCP/IP

1. Modelo OSI

1.1. Possui 7 camadas, sendo elas:

1.1.1. Camada de Aplicação(7)

1.1.1.1. É onde os dados são essencialmente aqueles gerados pela aplicação-origem e requisitados e ou mesmo recebidos pela aplicação-destino. É o Último estágio.

1.1.2. Camada de Apresentação(6)

1.1.2.1. Consegue realizar transformações nos dados relativas à compressão de textos, criptografia e conversão de formatos de representação. Se essa camada existisse no TCP/IP, a conversão de acentos e de números não precisaria ser executada através dos navegadores web;

1.1.3. Camada de Sessão(5)

1.1.3.1. Fornece alguns mecanismos que lidam com a funcionalidade necessária para a aplicação, como controlar o diálogo entre os sistemas, na definição de uma disciplina de comunicação. Também pode implementar mecanismos de recuperação de falhas que permitem a retomada de transferências de dados do ponto onde foram interrompidas.

1.1.4. Camada de Transporte(4)

1.1.4.1. É a camada que assegura que os pacotes enviados pela entidade do nível 4 da máquina-origem sejam recebidos pela entidade do nível 4 da máquina-destino. Para isso, pode implementar mecanismos de controle de sequência e de controle de erros que asseguram que os dados serão entregues na ordem correta, sem duplicações e erros. Também pode implementar um controle de fluxo para equilibrar as capacidades de processamento das máquinas-origem e destino. Esse nível fornece conectividade fim-a-fim, o que isola as camadas superiores dos aspectos de transmissão de dados

1.1.5. Camada de Rede(3)

1.1.5.1. É responsável pela definição e pelo roteamento de datagramas entre máquinas que podem estar conectadas em redes físicas distintas. O roteamento é baseado em mecanismos de endereçamento globais que identificam cada máquina da rede de forma única. Uma vez que os pacotes trafegam através de redes com diferentes capacidades de transmissão, esse nível também pode implementar mecanismos de controle de congestionamento;

1.1.6. Camada de Enlace(2)

1.1.6.1. É responsável por agrupar os bits do nível 1 em quadros de dados. Após se identificar como destino do quadro recebido e verificar que ele está livre de erros, a camada de enlace extrai suas informações de controle e envia os dados para a camada superior. Para isso, ela implementa mecanismos de identificação de início e fim dos quadros de dados.

1.1.7. Camada Física(1)

1.1.7.1. É responsável por estabelecer o canal de comunicação das máquinas com base no meio de transmissão. Sua função é transformar bits (0 e 1) em sinais elétricos, ondas de rádio, micro-ondas, etc...

1.2. Apesar de o modelo OSI ser o modelo e referência para as redes, a arquitetura TCP/IP que é realmente funcional e implementada na internet.

2. Modelo TCP/IP

2.1. Possui 5 camadas, sendo elas:

2.1.1. Camada de Aplicação

2.1.1.1. É basicamente uma mistura das camadas de Sessão(5), Camada de Apresentação(6) e Camada de Aplicação(7). Com as mesmas funções de lidar com funcionalidades como controlar diálogos entre sistemas distintos, realizar transformações nos dados relativas a textos, e criptografia, como os acentos por exemplo; também é responsável por exibir os dados requisitados e recebidos pela aplicação de destino.

2.1.2. Camada de Transporte

2.1.2.1. É a mesma coisa da Camada de Transporte(4) do modelo OSI, e é responsável por assegurar que pacotes enviados sejam recebidos sem erro.

2.1.3. Camada de Rede

2.1.3.1. Muito parecido com a Camada de Rede(3) do modelo OSI, e é responsável por definir o roteamento de datagramas entre duas máquinas distintas

2.1.4. Camada de Enlace

2.1.4.1. Similar com a Camada de Enlace(2) do modelo OSI, é responsável por agrupar os bits recebidos pela camada (1) em quadros de dados

2.1.5. Camada Física

2.1.5.1. É idêntica a Camada Física(1) do modelo OSI, e é responsável por receber e transformar os bits em sinais elétricos.

2.2. É a junção de dois protocolos de comunicação, o TCP e o protocolo IP

3. Aluno: Guilherme Soares Malinowski