BIODIVERSIDADE - Biologia

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
BIODIVERSIDADE - Biologia por Mind Map: BIODIVERSIDADE - Biologia

1. O QUE É ??? Se refere a todas as formas de vida do planeta e suas funções ecológicas desempenhadas no ecossistema, incluindo a fauna, flora e os microrganismos.

2. No planeta já foram catalogadas mais de 1,7 milhão de espécies em geral,embora se acredite que exista m mais de 30 milhões.

3. Cerca de 60% dos maiores índices de biodiversidade concentram- se nas regiões tropicais , sendo o Brasil, a Indonésia e a Colômbia os mais ricos.

4. FATORES ABIÓTICOS

4.1. SÃO FATORES FUNDAMENTAIS PARA A DINÂMICA DO PLANETA ,INFLUENCIADOS PELA TERRA E PELO SOL

5. EXEMPLOS DE FATORES ABIÓTICOS: Insolação > quantidade de radiação solar que incide no planeta infuenciam nos dois movimentos da terra; Correntes Marítimas > podem influenciar na pluviosidade de uma região; Relevo > elevação das montanhas, é o que causa maior impacto ambiental pois funcionam como barreiras, para impedir a passagem de nuvens carregadas de umidade; Altitude> Influencia na temperatura ,dividindo as regiões em sensação térmica e cobertura vegetal.

6. AMEAÇAS A BIODIVERSIDADE:

6.1. SÃO FATORES QUE PODEM GERAR O DESEQUILIBRIO E INSTABILIDADE DESSE MEIO

7. EXEMPLOS DE AMEAÇAS: A poluição;Uso excessivo de recursos naturais Expansão da fronteira agrícola;Expansão Urbano e industrial; Introdução de espécies exóticas são alguns dos fatores que influenciam desequilibrio de ecossistema e pode levar muitas espécies a extinção.

8. Esses impactos são facilmente minizados em grandes ecossistemas ,entretanto se ocorrer em lugares com pouca diversidade, pode causar uma redução drastica da população,afetando rapidamente todos os elos da teia alimentar.

9. Existem diversos fatores que afetam a integridade de biodiversidade ,mais as ameaças principais são a ATIVIDADE AGROPECUÁRIA e a EXPANSÃO URBANA

10. ESPECIES EXÓTICAS

10.1. SÃO AQUELAS ENCONTRADAS FORA DA DISTRIBUIÇÃO HISTORICAMENTE CONHECIDA E PORTANTO INTRODUZIDAS EM UM ECOSSISTEMA QUE ANTES NÃO EXISTIA

11. Muitas vezes as ESPÉCIES EXÓTICAS não encontram,predadores,parasitas ou competidores passando a proliferar e se estabelecer com facilidade,o crescimento rápido dessas populações pode comprometer o equilíbrio do ambiente que a acolheu.

12. Um exemplo bem conhecido de INTRODUÇÃO DE ESPÉCIES EXÓTICAS foi o que ocorreu na Austrália em 1788 com a introdução de coelhos que até então eram inexistentes por lá.Por existir poucos predadores os coelhos começaram a gerar caos naquela região gerando a proliferação de vírus e problemas nas lavouras.

13. EXTINÇÕES NATURAIS E ANTROPOGÊNICAS

13.1. O MAIOR DESSES FENOMENOS FOI A QUEDA DE UM METRORITO A CERCA DE 65 BILHÕES DE ANOS E AFETOU A VIDA NA TERRA DIZIMANDO 75% DAS ESPÉCIES ATÉ ENTÃO EXISTENTES.

14. IMPACTOS HUMANOS:Com o surgimento dos Homosapiens a velocidade com que as espécies vem desaparecendo aumentou,desde as ultimas décadas do século XX a atividade humana vem contribindo para a redução da biodiversidade na Terra estimando-se que as ações humanas sejam de mil a 10 mil vezes maior que a taxa de extinção natural,sendo 2,0 a 4,6 familias de animais e plantas por milhão ao ano.

15. A EXTINÇÃO ANTROPOGÊNICA TEM DUAS CAUSAS PRINCIPAIS

15.1. ALTERAÇÃO DO AMBIENTE

15.2. DESTRUIÇÃO PREDATÓRIA E INDISCRIMINADA

16. ESPÉCIES AMEAÇADAS NO BRASIL

16.1. As espécies nativas guardam informações preciosas que somente mais recentemente estão sendo mais conhecidas. Todos os seres vivos são importantes para o equilíbrio do ecossistema e alguns deles são essenciais para a qualidade de vida das pessoas fornecendo matéria-prima às industrias de alimentos e medicamentos.

17. A PRESERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE É UM DEVER DE TODOS! A conservação ambiental e o desenvolvimento economico são geralmente vistos como interesses antagônicos ,sendo a preservação uma pauta difícil para de vender a países que tem como foco o desenvolvimento de moradias , vestimentas , alimentação e emprego.

18. BIOPIRATARIA: Se trata da apropriação indevida de recursos naturais.