COVID-19

TRABALHO THIAGO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
COVID-19 por Mind Map: COVID-19

1. podem ser classificadas como: soluções verdadeiras, suspensões e coloides (ou suspensões coloidais).

1.1. O que difere de uma para a outra é o tamanho das partículas dispersas.

1.1.1. Solução verdadeira: 0 a 1 nm Coloide: 1 a 1.000 nm Suspensão: superior a 1.000 nm

2. principais vantagens do método: Desinfecção de alto nível; Permite padronização, monitoramento e registro dos processos; Minimiza erros; Não deixa resíduos; Baixo risco operacional

3. DESINFECÇÃO FÍSICA

3.1. O método de desinfecção físico é geralmente a primeira escolha nos ambientes de saúde. Toda mecânica desse método envolve o calor como agente desinfetante. Para o processo, normalmente são usados equipamentos que permitem mais controle e menos risco operacional.

3.1.1. São eles: lavadoras termodesinfetadoras, lavadoras de descarga e pasteurizadores. Assim sendo, o método físico exige atenção especial aos aparelhos que serão desinfetados, sendo necessária a confirmação se são vulneráveis ou não a altas temperaturas.

4. DESINFECÇÃO QUÍMICA

4.1. O método de desinfecção químico é ainda mais complexo e exige grande atenção da equipe responsável pela aplicação. Isso se deve aos perigos toxicológicos dos produtos químicos que, se mal administrados, além de não completar sua função, podem prejudicar a saúde das pessoas que estão no local

4.1.1. fatores a serem levados em consideração:

4.1.1.1. A superfície a ser higienizada: se for lisa e não porosa, o processo será mais fácil e rápido. Superfícies com articulações e permeáveis tendem a ser mais difíceis de desinfetar. Nessas situações, o desinfetante precisa ser deixado por mais tempo na área.

4.1.1.2. A quantidade de micro-organismos e sua resistência: normalmente, quanto maior o nível de germes presentes, maior deve ser o tempo de contato com o desinfetante. A limpeza do local antes de usar o germicida também é de extrema importância, pois ajuda a reduzir o número de agentes contaminantes. Já a resistência influencia até mesmo na classificação do desinfetante, bem como no seu tempo de ação.

5. o que é a COVID-19?

5.1. A Covid-19 é uma infecção respiratória aguda causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, potencialmente grave, de elevada transmissibilidade e de distribuição global.

5.1.1. Mesmo com origens distintas, o que mais se assemelha entre os surtos pandêmicos é o comportamento humano perante as enfermidades. Um primeiro ponto a se observar se deve ao fato do temor da população as doenças ter ligação direta com os primeiros métodos de prevenção.

5.1.1.1. Foi durante a Peste Negra que a cidade de Veneza adotou o conceito de quarentena

5.1.2. pontos em comum com outras pandemias: caos social, mudanças de comportamento e disseminação de informações falsas.

6. MÉTODOS DE DESINFECÇÃO

6.1. Desinfecção é todo o processo físico ou químico com o objetivo de eliminar micro-organismos patogênicos de objetos inanimados e superfícies.

6.1.1. A eficácia do processo depende do nível de desinfecção e cada nível serve para um objetivo específico, devendo respeitar também a superfície e ambiente a que se destina.

6.1.2. O processo não consegue, porém, exterminar os esporos bacterianos, quando existem em grandes quantidades.

7. DISPERSÕES

7.1. Dispersões são sistemas nos quais uma substância está disseminada, sob forma de pequenas partículas, numa segunda substância. A primeira substância chama-se disperso ou fase dispersa e a segunda substância chama-se dispersante ou fase de dispersão. É feita de acordo com o tamanho médio das partículas dispersas.

8. ÁLCOOL

8.1. fórmula estrutural do etanol: C2H5OH

8.1.1. O álcool etílico (C2H6O) 70% de concentração e 30% de água é um tipo de solução. Sua ação anti-bactericida é muito eficaz no uso doméstico e hospitalar.

8.2. álcool em gel:é uma substância de limpeza usada como desinfetante para as mãos, idealmente composto por 70% de etanol.

8.2.1. Gel – sólido de textura gelatinosa e elástica formado por uma dispersão coloidal, em que o disperso apresenta-se no estado líquido e o dispersante no estado sólido.

9. ÁGUA SANITÁRIA

9.1. Fórmula estrutural:NaClO

9.2. A Água Sanitária que você irá utilizar para higienização contra o Coronavírus deve ter a concentração de 0,1% a 0,5% de Hipoclorito de Sódio. Para obter esta concentração dilua um copo de 50 ml de Água sanitária (hipoclorito 2 a 2,5 %) em 1 litro de água.

10. ÁGUA OXIGENADA

10.1. H2O2

10.2. a água comum é composta de dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio – daí a fórmula H2O. Já a água oxigenada, como está dito em seu nome, tem um átomo de oxigênio a mais. Forma-se, assim, o peróxido de hidrogênio

11. SABÃO

11.1. O sabão é constituído de um sal derivado de ácidos carboxílicos. Os sais de ácido carboxílico caracterizam-se pela presença do ânion carboxilato