Pré-Projeto

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Pré-Projeto por Mind Map: Pré-Projeto

1. Projeto

1.1. Esquema para realizar ou desenvolver algo

1.2. Tipos

1.2.1. Pesquisa

1.2.1.1. Âmbito acadêmico

1.2.1.1.1. Ordem intelectual

1.2.1.2. Detalhar ao máximo

1.2.1.3. Postura Investigativa

1.2.1.3.1. Receber de forma cuidadosa as informações

1.2.1.3.2. Analisar e dividir o assunto

1.2.1.3.3. Elaborar conclusões dos objetos mais fáceis aos mais complexos

1.2.1.3.4. Enumerar e elaborar as conclusões

1.2.1.4. Exploratória

1.2.1.5. Descritiva

1.2.1.6. Explicativa

1.2.1.7. Metodológica

1.2.1.8. Aplicada

1.2.1.9. Intervencionista

1.2.1.10. De campo

1.2.1.11. Laboratório

1.2.1.12. Telematizada

1.2.1.13. Documental

1.2.1.14. Bibliográfica

1.2.1.15. Experimental

1.2.1.16. Investigação ex post facto

1.2.1.17. Participante

1.2.1.18. Pesquisa-ação

1.2.1.19. Estudo de caso

1.2.2. Empresarial

1.2.2.1. Empresa

1.2.2.2. Criar oportunidades

1.2.2.3. Aprimorar serviços

1.2.2.4. Melhor gestão

1.2.2.5. Postura Investigativa

1.2.2.5.1. Benchmarking

1.2.2.5.2. Pesquisa de satisfação de clientes

1.2.2.5.3. Avaliação de produtos e serviços

1.2.2.5.4. Comportamento de compra

1.2.2.5.5. Imagem de marca

1.2.3. Social

1.2.3.1. Melhorar qualidade de vida

1.2.3.1.1. Pessoas

1.2.3.1.2. Comunidades

1.2.3.2. ONG's

1.2.4. Cultural

1.2.4.1. Manifestações artísticas

1.2.5. Pessoal

1.2.5.1. Projeto de vida

1.3. Características

1.3.1. Limitado

1.3.2. Recurso definido

1.3.3. Objetivo definido

1.3.4. Inédito

1.4. Fases

1.4.1. Concepção

1.4.1.1. Ideação

1.4.1.2. Registro

1.4.1.3. Pesquisa de antecedência do registro

1.4.2. Planejamento

1.4.3. Viabilidade

1.4.4. Execução

1.4.5. Resultados

1.4.6. Apresentação

1.5. Fundamentação

1.5.1. Reunião de informações e dados por meio de uma pesquisa bibliográfica

1.5.1.1. Escolher a temática

1.5.1.2. Se limitar ao tema para não ficar muito amplo

1.5.1.3. Planejar a pesquisa

1.5.1.4. Identificar, localizar e selecionar as fontes de informações

1.5.1.4.1. Fonte de informação técnica

1.5.1.4.2. Fonte de informação para negócios

1.5.1.4.3. Fontes de informação científica

1.5.1.4.4. Procurar sempre fontes confiáveis e com informações verdadeiras

1.5.1.5. Ler e interpretar as informações

1.5.1.6. Elaborar fonte de informação

1.6. Normas técnicas

1.6.1. ABNT

1.6.2. Orientação dos elementos textuais

1.6.3. Formatação textual

1.6.3.1. Margens

1.6.3.2. Espaçamento

1.6.3.3. Notas de rodapé

1.6.3.4. Indicativos de seção e numeração progressiva

1.6.3.5. Paginação

1.6.3.6. Siglas

1.6.3.7. Equação e formas

1.6.3.8. Ilustrações

1.6.3.9. Tabelas

1.6.4. Citações

1.6.4.1. Direta

1.6.4.1.1. Se possuir mais de três linhas deve ter um recuo de 4 cm da margem esquerda

1.6.4.1.2. Até três linhas utiliza-se as aspas dupla (") no trecho da citação

1.6.4.2. Indireta

1.6.4.2.1. É necessário mencionar o autor e o ano da publicação.

1.6.4.2.2. É a escrita de um trecho de um autor utilizando as próprias palavras de quem está escrevendo e não copiar e colar o texto

1.6.4.3. Citação de citação

1.6.4.3.1. É quando utiliza-se de uma citação feita pelo autor

1.6.5. Referências

1.6.5.1. Deve ser escrito a 3 cm da borda superior

1.6.5.2. Autor pessoal

1.6.5.2.1. Sobrenome do autor em letra maiúscula, seguido dos prenomes ou sobrenomes abreviados

1.6.5.3. Autoria conjunta

1.6.5.3.1. Nome do organizador, seguido da abreviação do tipo de participação

1.6.5.4. Autor entidade

1.6.5.5. Autoria desconhecida

2. Método de Desenvolvimento de Projeto

2.1. Processo de pesquisa organizado de forma lógica e sistemática

2.1.1. Método científico

2.1.1.1. Conjunto de procedimentos técnicos e operacionais em uma investigação

2.1.1.2. Tomar os devidos cuidados para que não seja interpretado de forma errada

2.1.1.3. Não usar gírias e respeitar a língua portuguesa

2.2. Métodos de abordagem

2.2.1. Indutivo

2.2.1.1. Baseado no que já foi experimentado

2.2.2. Dedutivo

2.2.2.1. Axioma

2.2.2.2. Hipóteses

2.2.2.3. Conclusão

2.2.2.4. Todo argumento tem que ser válido para a conclusão ser válida

2.2.3. Hipotético-dedutivo

2.2.3.1. Testar hipóteses para responder os problemas da pesquisa

2.2.4. Dialético

2.2.4.1. Tudo se relaciona e se transforma

2.2.4.2. Hegel

2.2.4.2.1. "As contradições transcendem-se, dando origem a novas contradições que passam a requerer solução"

2.2.4.3. Marx

2.2.4.3.1. "Busca interpretar a realidade partindo do pressuposto de que todos os fenômenos apresentam características contraditórias organicamente unidas e indissolúveis"

2.2.5. Complexidade

2.2.5.1. Elaboração de nova concepção do próprio conhecimento

2.2.5.2. Edgar Morin

2.2.5.2.1. Telegrama

2.2.5.2.2. O homem é um ser incompleto, sendo o aprendizado para toda a vida

2.2.6. Comparativo

2.2.7. Estatístico

3. Formulação de Perguntas e Hipóteses

3.1. Problema

3.1.1. Imersão sistemática no objeto, estudo da literatura existe a discussão com pessoas que acumulam muita experiência prática no campo de estudo.

3.1.2. Ordem Prática

3.1.2.1. Responder questões empíricas ou concretas

3.1.3. Resolução de Problemas

3.1.3.1. Estabelecer o problema

3.1.3.1.1. Estabelecer hipóteses

3.2. Observação

3.3. Resultados de outras pesquisas

3.4. Teorias

3.5. Intuição

3.6. Para ser testável:

3.6.1. Conceitos claros

3.6.2. Específicas

3.6.3. Referências que podem ser observáveis

3.6.4. Ser simples

3.6.5. Existir técnicas adequadas para a coleta de dados

3.6.6. Estar relacionada a uma teoria

3.7. Argumentação

3.7.1. Tentar convencer o interlocutor da mensagem

3.8. Colaboração

3.8.1. Ocorre em pesquisa participando onde o pesquisador entra em contato direto com os pesquisados.

3.9. Comunicação

4. Trabalho de Conclusão de Curso

4.1. Imparcial

4.2. Claro

4.3. Objetivo

4.4. Preciso

4.5. Conciso

4.6. Simples

4.7. Original

4.8. Ordenado

4.9. Harmônico

4.10. Elementos pré-textuais

4.10.1. Capa

4.10.2. Folha de rosto

4.10.3. Dedicatória

4.10.4. Agradecimentos

4.10.5. Resumo

4.10.6. Lista de ilustração

4.10.7. Lista de tabelas

4.10.8. Lista de abreviatura e siglas

4.10.9. Lista de símbolos

4.10.10. Sumário

4.11. Elementos textuais

4.11.1. Introdução

4.11.2. Delimitação do tema

4.11.3. Justificativa

4.11.4. Abordagem geral

4.11.5. Hipóteses

4.11.6. Objetivo geral

4.11.7. Objetivo específico

4.11.8. Desenvolvimento

4.11.9. Revisão da literatura

4.11.10. Procedimentos metodológicos

4.11.11. Resultados esperados

4.11.12. Cronograma

4.11.13. Orçamento

4.12. Elementos pós-textuais

4.12.1. Referências

4.12.2. Glossário

4.12.3. Apêndice

4.12.4. Anexo

4.12.5. índice

4.13. Regulamento para elaboração

4.13.1. Orientações para discente

4.13.1.1. Escolher um tema dentro da sua estrutura curricular

4.13.1.2. Escolher um docente dentre os indicados pela direção do escolar

4.13.1.3. Apresentar o plano de trabalho para o orientador

4.13.1.4. Comparecer a reuniões com o orientador cumprindo a carga horária mínima

4.13.1.5. Cumprir todas as atividades sugeridas pelo orientador

4.13.1.6. Desenvolver o TCC dentro dos padrões éticos

4.13.1.7. Entregar o relatório dentro do prazo

4.13.1.8. Apresentar comprovante de que foi cumprida toda a carga horária do curso

4.13.1.9. Elaborar a versão escrita de acordo com a ABNT

4.13.1.10. Entregar três vias para o Diretor de Ensino ou Analista de Educação para serem rubricadas

4.13.1.11. Apresentar para uma Banca Examinadora para avaliação escrita e oral do TCC

4.13.1.12. Fazer as correções recomendadas pela Banca e entregar duas vias da versão final

4.14. Técnicas de apresentação

4.14.1. Tipos

4.14.1.1. Expositiva

4.14.1.2. Narrativa

4.14.1.3. Persuasiva

4.14.2. Dicas

4.14.2.1. Conheça o assunto

4.14.2.2. Conheça seu público

4.14.2.3. Conheça e explore recursos de apresentação

4.14.2.3.1. Tempo

4.14.2.3.2. Espaço físico

4.14.2.3.3. Material de apoio