ESTRATÉGIAS DE LEITURA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
ESTRATÉGIAS DE LEITURA por Mind Map: ESTRATÉGIAS DE LEITURA

1. É uma alternativa metodológica para a educação literária dos alunos.

2. Vem sendo descoberta e pesquisada aos poucos no Brasil.

3. Primeiramente Norte Americana Harvey e Goudvis (2007), mas também de Hampton e Resnick (2008), Fisher, Frey e Lapp (2009), Mills (2009), Owocki (2003), Athamp e Deveni (2008), Wedwich e Wutz (2008), Fuchs e Vaughn (2008), Cohen (2008), Black e Stave (2007), Graves (2009), Pilonieta e Medina (2009), Zambo e Brozo (2008) e Wood et al. (2007), Flippo, Holland, McCarthy, Swinning (2009), Morrisson e Wlodarczyk (2009), dentre outros)

4. Seu objetivo é de atrair e despertar o interesse da criança para a atividade de leitura.

5. 2006 a 2010 ouve uma grande evolução dos alunos em sala de aula, conclui se, que essa “nova” abordagem pode ser usada com sucesso em aulas de leitura e literatura.

6. A ESCOLA

7. Exigências múltiplas para que a aprendizagens sejam sólidas, refletidas e adequadas às múltiplas funções que o indivíduo tem de vir a desempenhar como cidadão de um mundo cada vez mais inconstante.

8. 1: levantamento de dados quantitativos, por meio de uma pesquisa etnográfica, a fim de verificar quais livros de literatura infantil-juvenil existiam nas escolas.

9. 2:realização de coleta de dados de natureza qualitativa, para que pudessem ser compreendidos os valores, diferenças e semelhanças manifestadas pelas crianças na recepção de obras literárias.

10. 3: após os dois primeiros momentos, buscamos uma visão qualitativa e quantitativa do trabalho proposto e realizado no interior das salas de aulas, além dos aspectos referentes à diversidade do acervo a que os leitores tinham acesso.

11. A ESCOLA

12. Em busca de sentidos: a leitura

13. e a leitura é um ato mecânico, homogêneo, abstrato. Ler resulta de diferentes competências e habilidades (decodificação, seleção, antecipação, inferência, verificação, confirmação de hipóteses etc)

14. Bakhtin (1992)

14.1. A matriz metodológica

15. a situação discursiva determina as práticas culturais do ler e escrever. O ato de ler, assim, é entendido como um processo discursivo em que os sujeitos produtores de sentido, leitor e autor, são ambos ideologicamente constituídos e sócio-historicamente determinados.