Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Pré-natal por Mind Map: Pré-natal

1. É a assistência à saúde prestado à gestante que se inicia logo após a descoberta da gravidez e ocorre durante todo o período.

1.1. O objetivo do acompanhamento é assegurar o desenvolvimento da gestação, permitindo o parto de um recém nascido saudável, sem impacto para a saúde materna.

2. Atribuições dos técnicos de enfermagem

2.1. Orientar as mulheres e suas famílias sobre a importância do pré-natal, da amamentação e da vacinação;

2.2. Verificar/realizar o cadastramento das gestantes no SisPreNatal;

2.3. Conferir as informações preenchidas no cartão gestante;

2.4. Verificar o peso e a pressão arterial e anotar os dados no cartão da gestante;

2.5. Fornecer medicação, mediante receita, assim como os medicamentos padronizados para o programa de pré-natal (sulfato ferroso e ácido folíco);

2.6. Aplicar vacinas antitetânica e contra hepatite B;

2.7. Realizar atividades educativas, individuais e em grupos (Deve-se utilizar a sala de espera);

2.8. Informar o(a) enfermeiro(a) ou o(a) médico(a) de sua equipe, caso a gestante apresente algum sinal de alarme;

2.9. Identificar situações de risco e vulnerabilidade e encaminhar a gestante para a consulta de enfermagem ou médica, quando necessário;

2.10. Orientar a gestante sobre a periodicidade das consultas e realizar busca ativa das gestantes faltosas;

2.11. Realizar visitas domiciliares durante o período gestacional e perperal, acompanhar o processo de aleitamento, orientar a mulher e seu companheiro sobre o planejamento familiar.

3. Alto Risco

3.1. O pré-natal de alto risco abrange cerca de 10% das gestantes que cursam Com critérios de risco, o que aumenta significativamente nestas gestantes a probabilidade de Intecorrências e óbito materno e/ou fetal. Atenção especial deverá ser dispensada às grávidas com maiores riscos, a fim de reduzir a mortalidade materna e peinatal.

4. Calendário de consultas

4.1. Tem como objetivo preparar o homem para a paternidade ativa e consciente, assim como detectar precocemente doenças, atualizar a carteira vacinal e incentivar a participação em atividades educativas nos serviços de saúde.

4.1.1. Até vigésima oitava semana=mensalmente; Da vigésima oitava até a trigésima sexta semana=quinzenalmente; Da trigésima sexta até a quadragésimo primeira semana=semanalmente.

5. Acompanhamento Gineco- Obstetríco

5.1. •Exame clínico das mamas; •Palpação obstétrica; •Medida e avaliação da altura uterina; •Ausculta dos batimentos cardiofetais; •Registro dos movimentos fetais; •Eaxme ginecológico (inspeção dos genitais externos, exame especular, coleta de material para exame colpocitopatológico, toque vaginal).

6. Avaliação da pressão arterial

6.1. Analisar os achados e condutas

7. Hipertensão na gestação

7.1. Caracteriza-se por HAS detectada após a vigésima semana, sem proteinúria, podendo ser definida como "transitória" (quando ocorre normalização após o parto) ou "crônica" (quando persistir a hipertensão).

8. Acompanhamento nutricional

8.1. Orientar uma alimentação saudável para gestantes

9. Direitos da gestante

9.1. Informar todos os direitos que ela possui, que são muitos!

10. Suplementos padronizados

10.1. •Ferro e Folfato; •Folato peri-concepcional; •Piridoxina(vita. B6); •Cálcio; •Zinco; •Proteínas; •Vitamina A.

11. Vacinação

11.1. QUAIS VACINAS A GRÁVIDA DEVE TOMAR?

11.1.1. •Hepatite B; •Gripe; •Difteria e Tétano; •Difteria, Tétano e Coqueluche.

12. Pré-natal do parceiro

12.1. Tem como objetivo preparar o homem para a paternidade ativa e consciente, assim como detectar precocemente doenças, atualizar a carteira vacinal e incentivar a participação em atividades educativas nos serviços de saúde.

13. A gestação é um momento importante tanto para a mulher, quanto para o homem. São emoções intensas que se misturam, e você pode contar com sua equipe de saúde.