Antipsicóticos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Antipsicóticos por Mind Map: Antipsicóticos

1. Atuam em sintomas das psicoses

1.1. Positivos

1.1.1. Aumento de DA no sistema límbico

1.1.1.1. Down-regulation

1.2. Negativos/Cognitivos

1.2.1. Diminuição de DA na cortex

1.2.1.1. Up-regulation

1.2.2. -

2. 1a geração (típicos)

2.1. Agem em sintomas positivos

2.1.1. Antagonistas em receptores DA

2.1.1.1. Up-regulation

2.1.1.1.1. Sistema límbico

2.1.1.1.2. Nigroestriatal

2.1.1.1.3. Córtex

2.1.1.2. Ação em D2

2.1.1.2.1. Sedação/catatonia

2.1.1.3. Bloqueio DA na via nigroestriatal

2.1.1.3.1. Parkinson medicamentoso

2.1.1.3.2. Síndrome extrapiramidal

2.1.1.3.3. Síndrome neuroleptica maligna

2.1.1.4. Bloqueio DA na via tuberoinfundibular

2.1.1.4.1. Secreção de prolactina

2.1.1.4.2. -

3. 2a/3a gerações (atípicos)

3.1. Antagonismo D4

3.1.1. Sistema límbico

3.1.1.1. Protegem contra sintomas positivos

3.1.1.1.1. Não são sedativos

3.2. Antagonismo/agonismo parcial 5HT2a

3.2.1. Liberação de DA na cortex

3.2.1.1. Down-regulation

3.2.1.1.1. Corrigem sintomas negativos/cognitivos

3.3. 2a geração

3.3.1. Agem mais em D4 que em 5HT2a

3.3.2. Ação anti-H1

3.3.2.1. Apetite, peso e glicemia

3.3.3. Quetiapina

3.3.3.1. Antidepressor em doses baixas

3.3.3.2. Antipsicótico em doses elevadas

3.4. 3a geração

3.4.1. Agem mais em 5HT2a que em D4

3.4.1.1. Ação maior em sintomas depressivos

3.4.1.1.1. Podem provocar priapismo