TRATAMENTO RADIOTERÁPICO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
TRATAMENTO RADIOTERÁPICO por Mind Map: TRATAMENTO RADIOTERÁPICO

1. Explicar finalidade, objetivo e programação do tratamento radioterápico. Esclarecer os possíveis efeitos colaterais orientando o paciente a observar e comunicar alterações, na região irradiada, que possam surgir Informar que ao término do tratamento o paciente pode apresentar reações nos tecidos irradiados. Indicar o uso de creme hidratante à base de Aloe Vera ou de Ácidos Graxos Essenciais (AGE), como também aplicação de compressa de água e chá de camomila para prevenir aparecimento de lesão.

2. CONSULTA DE ENFERMAGEM

3. Radiodermites

3.1. São lesões de pele causadas pela exposição aos radioisótopos, que podem ser moderadas ou graves, levando a irritação, prurido, hiperemia, descamação e desidratação da pele. Apresenta-se na forma grau I,II,II,IV.

4. Os tecidos do corpo que, com maior freqüência, são acometidos são aqueles que normalmente se proliferam com rapidez, como a pele, revestimento epitelial do trato gastrointestinal, incluindo a cavidade oral e a medula óssea.

5. A toxicidade decorrente da radioterapia é localizada ‘a região que está sendo irradiada.

6. TOXICIDADE- EFEITOS COLATERAIS

7. 2)ACELERADOR LINEAR

7.1. São equipamentos eletroeletrônicos que produzem feixes de radiação ionizante. Geralmente são radiações X fótons e elétrons

7.1.1. Máscara de propileno

8. 1. TELETERAPIA ( Radioterapia Externa)

8.1. A Teleterapia é uma modalidade da radioterapia em que a fonte de radiação é externa ao paciente , posicionada a no mínico 20cm de sua superfície;

9. O que é Radioterapia?

9.1. É uma modalidade de tratamento, que emprega feixe de radiações ionizantes apropriado para destruir células tumorais, por agir em seu ácido desoxirribonucleico (DNA).Uma dose pré-calculada de radiação é aplicada, buscando erradicar todas as células tumorais, com o menor dano possível às células normais circunvizinhas.

10. objetivo;

10.1. Destruir as células tumorais da região comprometida, agindo de forma a alterar ou danificar a molécula de DNA; Não comprometer tecidos normais; Reduzir ao máximo o risco de complicações

10.1.1. paliativo:

10.1.1.1. É um tratamento a curto ou longo prazo, que busca a remissão de sintomas para diminuir o sangramento, aliviar a dor,obstruções e compressão neurológica.

11. TIPOS DE RADIOTERAPIA

12. TRATAMENTO DAS RADIODERMITES

12.1. O tratamento pode ser feito com corticoides tópicos e/ou sistêmicos, antibióticos, oxigenação hiperbárica e, no caso de necrose, enxerto de pele pomadas e cremes à base de Aloe Vera, Calendula officinalis, Papaya e Andiroba; compressas embebidas com chá de camomila ou com água filtrada;placas de hidrocolóide extrafinas; loção à base de ácidos graxos essenciais (AGE) ou ácidos graxos insaturados (AGI); corticosteroides e esteroides tópicos

12.2. TOXICIDADE- EFEITOS COLATERAIS

12.2.1. Perda de cabelo (alopecia);

12.2.2. Eritema e descamação da pele.

12.2.3. Estomatite;

12.2.4. Xerostomia;

12.2.5. Alterações e perda do paladar;

12.2.6. Diminuição da salivação

13. O ENFERMEIRO E A RADIOTERAPIA

13.1. Aprovar as Normas Técnicas de radioproteção nos procedimentos a serem realizados pelos profissionais de Enfermagem que trabalham com radiação ionizante em Radioterapia.