Influência dos gêneros textuais no processo de construção de sentido do texto

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Influência dos gêneros textuais no processo de construção de sentido do texto por Mind Map: Influência dos gêneros textuais no processo de construção de sentido do texto

1. Influência do contexto no sentido do texto:

1.1. depoimento zobre a realidade - temas em evidência no momento.

1.2. ideias, concepções, anseios e tremores.

1.3. eleger texto como elemento principal em ensino/aprendizagem é um passo metodológico.

1.4. contexto: intermediário entre a situação discursiva e o sistema linguístico.

1.4.1. é preciso que os contextos de "eu" e "tu" estejam parcialmente assemelhados.

1.4.1.1. a cada momento esse contexto é alterado e ampliado, obrigando os demais parceiros a se ajustarem a nova situação discursiva imposta por um novo momento enunciativo.

1.5. ponto de vista pragmático: é preciso considerar todas as características que o processo enunciativo gerou.

1.5.1. visto como um produto de ato discursivo, o texto tem tempo e espaço definidos, determinada intenção e interação entre produtor e leitor/ouvinte.

1.6. produção textual é uma atividade verbal com serviços de fins sociais.

1.6.1. manifestação verbal em que o falante tenta dar a entender seus propósitos ao destinatário.

2. Implicações dos gêneros e tipos textuais na construção de sentido no texto:

2.1. PCN's propõe como base a organização de situações de aprendizagem com utilização dos gêneros textuais.

2.1.1. papel da escola introduzir esses tipos de textos que favoreçam a aprendizagem da criança, ensinando a usá-los no dia-a-dia.

2.1.1.1. criar condições em que o aluno produza diferentes efeitos de sentido e adeque os textos em diferentes situações de interlocução oral e escrita.

2.1.1.2. professores de nível fundamental e médio tem que estar aptos a desenvolverem pesquisas além de abordagens gramaticais e estruturais do texto.

2.1.1.3. devem chamar a atenção do aluno para o plano composicional conteúdo temático e estilos pertencente a determinados texto que pretende produzir e/ou está interagindo.

2.2. Marcushi (1997) diz que é impossível se comunicar verbalmente sem ser por um gênero ou algum texto.

2.3. o estudo dos gêneros textuais interessa tanto à história da retórica quanto as pesquisas contemporâneas e teorias linguísticas atuais, o que trás preocupações aos cientistas da linguagem.

2.3.1. isto explica a variedade de abordagens na metalinguagem usada.

2.4. o recém interesse pelos gêneros como categoria sócio-empírica se dá por que, de modo geral, a competência discursiva dos sujeitos esta mais ligada aos gêneros que aos tipos textuais.

2.5. manifestou-se grande preocupação com a delimitação e designação em função da grande diversidade das espécies de textos.

2.5.1. toda espécie de texto pode ser qualificada em termos de gênero e todo exemplar de texto pode ser considerado pertencente a determinado gênero.

2.6. Marcushi (2002) relativa gênero como designação convencional e histórica para uma família de textos com semelhanças e possibilidades de análise de textos a partir de tipos ou sequências textuais.

2.7. gêneros textuais constituem tipos específicos de textos e tipos textuais constituem as estruturas e as funções textuais (narrativa, discursiva, argumentativa, dissertativa).

2.7.1. após levantamento de ideias, chega-se a conclusão de que gêneros textuais são tipos específicos de textos.

2.7.2. gêneros textuais não são fixos. Desaparecem e nascem dependendo da necessidade dos falantes.

2.7.3. enquanto os tipos de textuais podem ser numerados, os gêneros constituem textos das mais variadas ordens.

2.8. tipologias buscam classificar os gêneros e tipos textuais a partir de princípios centrais, o que é quase impossível.

2.9. através dos gêneros discursivos que o discurso se estrutura como um todo.

2.9.1. enunciados são organizados em determinados gêneros desde o início.

2.9.1.1. isto significa que os discursos são organizados de formas genéricas , e ao ouvirmos, podemos prever seu gênero apenas com as primeiras palavras.

3. A informática e a sua relação com o ensino da Língua Portuguesa

3.1. com o surgimento de internet, recursos como o e-mail, hipertexto, multimídia e hipermídia podem ser explorados pelos professores e alunos.

3.2. espaço para grande circulação e diálogo de inúmeros textos possíveis, dos mais diversos tipos e gêneros (novos e velhos, verbais e não-verbais.

3.3. puxando o assunto de gêneros textuais, os professores precisam estar sempre atentos as inovações em função da informática, que trouxe uma infinidade de novos gêneros a serem analisados.

3.4. cada aluno precisa entender que cada gênero tem seu valor e que o empregado pela internet não é melhor nem pior, mas adequada para a finalidade da comunicação "rápida" da tecnologia.