Gestão Ambiental e Turismo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Gestão Ambiental e Turismo por Mind Map: Gestão Ambiental e Turismo

1. A atividade turística exige uma gestão adequada dos atrativos, naturais ou culturais, que irá refletir nas expectativas do turista que busca um reencontro com a natureza ou atividades culturais.

2. A capacidade de carga de um determinado local refere-se á sua capacidade de observar o uso pelo turismo de forma sustentável. É o número de turista em espaços naturais e construídos deve ser controlado pois, além de certos limites, o excesso de visitantes pode anular as atrações que motivaram sua viagem, perturbando o equilíbrio do local.

3. A qualidade de oferta dos atrativos naturais e culturais depende das diretrizes de gestão determinadas por órgão administrativo.

4. Espaço Turístico de uma forma global, pode ser dividido em espaço natural/rural e espaço construído, sendo todos eles possíveis de serem classificados como destinação turística.

5. Áreas publicas/privadas.

6. Municípios Turísticos (MT) - destinos com turismo consolidado e Município com Potencial Turístico (MPT) - destinos possuidores de recursos turísticos ainda não devidamente explorados.

7. A gestão ambiental tanto de empresas como de localidades pode ser realizadas em diversos níveis.

8. A agenda 21 é um roteiro de ações concretas, com metas, recursos e responsabilidade definidas e serve de guia para as ações do governo e de toas as comunidades que procuram desenvolvimento, sem com isso destruir o meio ambiente.

9. A divisão do espaço municipal em áreas de uso especifico, seja urbano, rural, preservação ambiental ou outras, pode contribuir para eficiência na gestão ambiental do município, uma vez que estas áreas deves ser geridas de maneira diferenciadas.

10. Uma vez implantado um Sistema de Gestão Ambiental, o município pode obter certificação ambiental desde que cumpra a legislação ambiental vigente e assuma um compromisso com a melhoria contínua de seu desempenho ambiental. O sistema de certificação têm se expandido rapidamente desde os meados dos anos 90, geralmente, são criados pelo setor privado e têm caráter voluntario.