Filosofia educacional

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Filosofia educacional por Mind Map: Filosofia educacional

1. O descontentamento com os resultados do oralismo levou a pesquisas sobre línguas de sinais, que deram origem a novas propostas em relação à educação da pessoa surda. Assim, nos anos 70, ocorreu a chamada "Comunicação Total"

2. Oralismo

3. ganhou força no Congresso Internacional de Educadores de Surdos, realizado em Milão nos dias de 9 a 12 de setembro de 1880 (conhecido como Congresso de Milão).

4. Ele foi preparado por uma maioria oralista, com o propósito de dar força de lei às suas proposições no que dizia respeito à surdez e à educação de surdos.

5. Oralismo é um método de ensino para surdos, defendido principalmente por Alexander Graham Bell (1874-1922). Este método considera que a maneira mais eficaz de ensinar o surdo é através da língua oral ou falada.

6. A Comunicação Total defende qualquer outro tipo de recurso linguístico, como língua de sinais, a linguagem oral ou códigos manuais

7. como o nome já diz, essa filosofia privilegia a comunicação e a interação, e não apenas a língua (ou línguas).

8. Comunicação total

9. Bilinguismo

10. Em finais da década de 1970, com base em conceitos sociológicos, filosóficos e políticos surgiu a "Proposta Bilíngue de Educação do Surdo".[1] Essa proposta reconhece e baseia-se no facto de que o Surdo vive numa condição bilíngue e bicultural, isto é, convive no dia a dia com duas línguas e duas culturas:

11. 1-A língua gestual e cultura da comunidade surda do seu país; 2-A língua oral e cultura ouvinte de seu país.

12. No século XIX os Surdos reivindicaram os seus direitos e a sua língua já foi reconhecida. Entre esses direitos estava a utilização da sua língua na educação dos Surdos, que eles fossem reconhecidos não como deficientes, mas como diferentes e que sua cultura fosse respeitada.

13. Assim sendo, notamos que, embora tanto a legislação como o programa curricular deem a devida atenção ao direito bilíngue dos Surdos, no entanto, na grande maioria dos casos, a lei não é totalmente aplicada, pois ainda se carece de meios para o fazer.