Possibilidades da aplicação da ginástica na comunidade local

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Possibilidades da aplicação da ginástica na comunidade local por Mind Map: Possibilidades da aplicação da ginástica na comunidade local

1. ginástica rítmica

1.1. A Ginástica Artística (Olímpica) é um conjunto de exercícios corporais sistematizados, aplicados com fins competitivos, em que se conjugam a força, a agilidade e a elasticidade. O termo ginástica origina-se do grego gymnádzein, que significa “treinar” e, em sentido literal, “exercitar-se nu”, a forma como os gregos praticavam os exercícios.

2. Hidroginástica

3. -

4. -

5. -

6. Tipos de ginasticas competitivas

6.1. ginástica acrobática

6.1.1. caracterizada pala execução de exercícios de força, equilíbrio, flexibilidade e agilidade. É um esporte bonito, dinâmico e espetacular para homens e mulheres. Engloba muitos movimentos de solo da ginástica artística em suas series, movimentos rítmicos que ligam os exercícios dinâmicos, estáticos e individuais.

6.2. ginástica aeróbica

6.2.1. A Ginástica Aeróbica Esportiva (GAE) é uma modalidade onde se executam padrões de movimentos aeróbicos complexos, de forma continuada e com alta intensidade, originários da dança aeróbica tradicional, utilizando a estrutura e o estilo da música, e interpretando-a.

6.3. Padrões de Movimentos Aeróbicos são a combinação simultânea de passos básicos e movimentos de braços executados de forma consecutiva, respeitando a característica da música para assim criar sequências dinâmicas, rítmicas e contínuas, de movimentos de alto e baixo impacto.

6.4. ginástica artística

6.5. A Ginástica Rítmica começou a ser praticada desde o final da Primeira Guerra Mundial, mas não possuía regras especificas nem um nome determinado. Várias escolas inovavam os exercícios tradicionais da Ginástica Artística, misturando-os com música. Em 1946, na Rússia, surge o termo “rítmica”, devido à utilização da música e da dança durante a execução de movimentos.

6.6. ginástica de trampolim

6.6.1. Trampolim acrobático ou Ginástica de trampolim é uma disciplina da ginástica, na qual o atleta executa saltos acrobáticos num trampolim. Enquanto modalidade efetivamente gímnica, foi criado em 1976 nos Estados Unidos pelo professor de educação física George Nissen, que formatou suas regras.

7. Ginasticas não competitivas

7.1. Contorcionismo

7.1.1. consiste em exercitar movimentos de flexibilidade poucos comuns e geralmente é mais usado em espetáculos de circo

7.2. Ginástica cerebral

7.2.1. praticada através de exercícios e movimentos coordenados do corpo que, executados de maneira apropriada, acessam e estimulam partes específicas do cérebro

7.3. Ginástica laboral

7.3.1. geralmente praticada no ambiente de trabalho para funcionários, durante o horário de trabalho, para se evitar lesões de esforços repetitivos

7.4. Ginástica localizada de academia

7.4.1. são os exercícios feitos em academias que ajudar o condicionamento físico e também emagrecer e para alguns também o fortalecimento muscular

7.4.2. melhora a capacidade aeróbica e cardiorrespiratória e como o nome já diz é uma ginástica praticada na água

8. caracterizada pala execução de exercícios de força, equilíbrio, flexibilidade e agilidade. É um esporte bonito, dinâmico e espetacular para homens e mulheres. Engloba muitos movimentos de solo da ginástica artística em suas series, movimentos rítmicos que ligam os exercícios dinâmicos, estáticos e caracterizada pala execução de exercício

9. técnica ou arte que, por meio de exercícios especializados, visa fortificar e/ou dar maior elasticidade ao corpo.

10. A palavra Ginastica, surgiu do grego Gymnastiké, que é a arte de fortificar o corpo e também dar-lhe agilidade. Ela se tornou um esporte olímpico a partir da Grécia, pois os gregos começaram a utilizar nas Olimpíadas de Atenas no ano de 1896, mas só para os homens. E foi no ano de 1928 que a participação das mulheres foi liberada em Amsterdã.