Sociologia Brasileira

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Sociologia Brasileira por Mind Map: Sociologia Brasileira

1. A sociologia começou a ser fortemente estudada no Brasil após a segunda década do século XX, quando estudiosos decidiram entender o processo de formação do povo brasileiro.

2. Freyre

2.1. Gilberto Freye estudou o período colonial brasileiro, e a influência da antropologia cultural estadunidense no Brasil. Em 1933, lançou sua obra, "Casa-Grande & senzala" sobre a formação do Brasil.

2.2. Para Freye a realidade étnica brasileira se deve a miscigenação das raças indígena, branca e negra.

2.3. Gilberto introduziu uma perspectiva completamente diferente do que se pensava sobre os negros naquela época, chagando até a dizer que o Brasil iria se aproximar de uma "democracia racial", e por isso foi muito criticado.

3. Florestan Fernandes

3.1. Foi um sociólogo, professor e político que criticou Freyre e a "democracia racial", ele apontava a desigualdade social e econômica entre negros e brancos no Brasil.

3.2. O livro "Significado do protesto negro', ele fala de como foi a lei Aurea, e a vida dos negros após a mesma.

4. Darcy Ribeiro

4.1. Foi um antropólogo, educador e político, que escreveu livro "O povo brasileiro" que lançou em 1995.

4.2. Darcy criou o conceito diferentes brasis, que consiste em não dividir populações por territórios e sim por diversidade cultural e racial.

4.3. Ele também enfatizou que a formação do Brasil foi muito violenta.

4.4. Ribeiro discorda que haveria uma "democracia racial"

5. Sérgia Buarque

5.1. Sérgio Buarque compôs uma das principais interpretativas do Brasil, "Raízes do Brasil", que objetivava investigava os alicerces nos quais a sociedade brasileira e sua história se construirão.

5.2. Ele criou conceito de Homem Cordial: um tipo de sociólogo ideal que não gosta da individualidade, gosta de criar intimidade com as pessoas.

5.3. De acordo com o mesmo o Estado seria uma extensão da família, o que acarretou em uma confusão entre o que é público e o que é privado.

6. Roberto DaMatta

6.1. Roberto acreditava que a sociedade brasileira apresentava algumas características gerais como a malandragem, que é um problema, pois se acreditava que só se teria uma democracia e justiça se todos seguissem as leis.

6.2. Ele também desenvolve dois conceitos: Casa- Um ambiente afetivo, de relações privadas, onde todos se sentem a vontade Rua- onde são as relações públicas, onde as ações tem claras consequências e onde cuidamos da nossa imagem pública.

7. Formação cultural e étinica

8. Relação público-privado