O Projeto de Software

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
O Projeto de Software por Mind Map: O Projeto de Software

1. Princípio de Projeto

1.1. Levantamento de requisitos

1.2. Levantamento de Restrições

1.3. Prover uma Solução

1.4. Ressaltar os Princípios Gerais da Engenharia de Software, tais como os princípios dos modelos ágeis

2. Qualidade do Projeto de Software

2.1. Níveis de abstração

2.1.1. À medida que se avança no processo de projeto, o nível de abstração deve ser reduzido

2.2. Modularidade

2.2.1. A modularidade Permite a um projeto de sistema ser intelectualmente gerenciável - "Dividir para conquistar"

2.3. Ocultação de Informações

2.3.1. sugere que as informações contidas em um módulo seja inacessíveis aos demais

2.4. Independência Funcional

2.4.1. Módulos devem cumprir uma função bem estabelecida, evitando interações com outros

3. Projeto e Atributos de Qualidade

3.1. São muitos atributos de qualidade que potencialmente podem ser importantes para um sistema. a ISO/IEC 25010 define oito características de qualidade de software

3.2. Adequação Funcional

3.2.1. grau em que o produto provê funções que satisfazem as necessidades

3.3. Confiabilidade

3.3.1. Grau em que o produto executa as funções especificadas com um comportamento consistente com o esperado

3.4. Usabilidade

3.4.1. Grau em que o produto apresenta atributos que permitem que o mesmo seja entendido, aprendido e usado

3.5. Eficiência e Desempenho

3.5.1. Capacidade de o produto manter um nível de desempenho apropriado em relação aos recursos utilizados em condições estabelecidas

3.6. Segurança

3.6.1. Grau em que informações e dados são protegidos contra o acesso por pessoas ou sistemas não autorizados

3.7. Compatibilidade

3.7.1. Capacidade do produto de software trocar informações com outras aplicações e compartilhar o mesmo ambiente de hardware ou software

3.8. Manuteniibilidade

3.8.1. Capacidade do produto de software de ser modificado.

3.9. Portabilidae

3.9.1. Refere-se à capacidade do software ser transferido de um abiente de hardware ou software para outro

3.10. Além das caracterisitcas de qualidade que se aplicam diretamente ao sistema, ditas atributos de qualidade de produto, Autores listam: time to market, custo-benefício, tempo de vida projetado, mercado alvo, cronograma e orçamento do projeto e integração com sistemas legados como caracteristicas relacionadas a metas de negócio.

4. Especificação de Requisitos Não Funcionais

4.1. OS RNFs têm de ser especificados de forma tal que seja possível posteriormente avaliar se os mesmos foram atendidos ou não

4.2. Medidas para Especificação de requisito

4.2.1. Medida

4.2.1.1. Objetivo

4.2.2. Propósito

4.2.2.1. Questionamento

4.2.3. Método de Aplicação

4.2.3.1. Método que podera resolver o questionamento

4.2.4. Medição

4.2.4.1. Critério de Aceitação

5. Táticas para Tratar Atributos de Qualidade

5.1. Confiabilidade

5.1.1. Tática que objetica a redução dos defeitos e ocorrencia de falhas.

5.1.2. São divididas em três grupos

5.1.2.1. detecção de falhas

5.1.2.2. recuperação de falhas

5.1.2.3. prevenção de falhas

5.2. Desempenho

5.2.1. Depende fortemente da interação existente entre os componentes de um sistema, será associado à arquitetura do mesmo. o desempenho impõem restrições relativas à velocidade de operação de um sistema

5.2.2. As táticas de Desempenho

5.2.2.1. Demanda de REcursos

5.2.2.2. Gerência de Recursos

5.2.2.3. Arbitragem de Recursos

5.3. Segurança

5.3.1. Tem como objetivo não permitir que pessoas ou sistemas não autorizados tenham acesso a eventos ou a dados do sistema

5.3.2. Necessidade da identificação, aunteficação e autorização do usuário

5.3.3. Táticas de Segurança

5.3.3.1. Resistir a Ataques

5.3.3.2. Detectar Ataques

5.3.3.3. Recuperaar-se de Ataques

5.4. Usabilidade

5.4.1. O quão fácil é para realizar uma tarefa

5.4.2. Organizadas em dois grupos

5.4.2.1. Apoiar iniciativas do usuário

5.4.2.2. Apoiar iniciativas do sistema

5.4.2.2.1. Quando o sistema toma iniciativa o projetista precisa se apoiar em informações do usuário.

5.5. Manutenibilidade

5.5.1. Para se obter sistemas fáceis de manter.

5.5.1.1. Localização de Alterações

5.5.1.1.1. tem como objetivo reduzir o número de módulos que são diretamente afetados por uma alteração

5.5.1.2. Prevenção de efeito de cascata

5.5.1.2.1. Limitar a abrangencia de uma modificação somente aos módulos localizados, evitando efeito em outros módulos

5.5.1.3. Táticas de Testabilidade

5.5.1.3.1. visam facilitar os testes de uma porção de software

5.6. Portabilidade

5.6.1. Para se obter sistemas fáceis de portar deve-se dentre outros. facilitar a instalação, a substituição de partes do sistema e a adaptação a diferentes plataformas

6. Projeto de Software e Padrões

6.1. A reutilização é um aspecto fundamental no desenvolvimento de software

6.2. Os padrões visam capturar esse conhecimento, procurando torná-lo mais geral e amplamente aplicável

6.3. Um padrão é uma solução testada e aprovada para um problema geral

7. Documentação de Projeto

7.1. Diferentes interessados vão requerer diferentes informações

7.2. Deve prover representação em diferentes níveis de abstração

7.3. Diferentes visões realçam diferentes elementos de um sistema

7.4. A documentação possui itens de maneira geral