Gerenciando a si mesmo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Gerenciando a si mesmo por Mind Map: Gerenciando a si mesmo

1. Pontos fortes: importante para saber qual nosso lugar. Só se exige bons desempenhos a partir de pontos fortes.

1.1. Feedback: anotar o que espera que ocorra, onde é preciso reforçar habilidades ou adquirir novas.

1.1.1. ter bons modos e corrigir maus hábitos.

2. Como eu me desempenho: é mais importante saber seu desempenho do que seus pontos fortes.

2.1. personalidade: os traços determinam o modo como a pessoa se desempenha.

2.2. importante: ser leitor e ouvinte, entender que cada um aprende de uma forma e saber se você é quem faz tomada de decisões ou consulta.

3. Quais são meus valores: fazer o "teste do espelho"

3.1. sistema de valores: os valores de uma pessoa devem ser compatíveis com os valores da organização.

3.2. conflito entre os valores da pessoa e seus pontos fortes.

4. Qual o meu lugar: importante para decidir seu cargo em uma grande organização.

5. Qual deve ser minha contribuição

5.1. busca por resultados

5.1.1. ambiciosos, atingíveis e significativos que fazem a diferença.

6. Responsabilidade por relacionamentos: aceitar que os outros são indivíduos iguais a você e que cada um trabalha do seu jeito.

6.1. "administrar o chefe": observar o modo em que o chefe trabalha.

6.2. relações de trabalho: mais baseado nas pessoas do que no trabalho.

6.2.1. responsabilidade pela comunicação: perguntar o modo em que a outra pessoa trabalha.

6.2.2. de que modo a outra pessoa encara seu próprio trabalho e suas próprias metas.

7. A segunda metade da vida

7.1. ter uma segunda carreira, uma carreira paralela ou empreendimento social.

7.2. enfrentar um revés na vida ou no trabalho e buscar uma oportunidade de ter sucesso.

8. Conclusão: gerenciar a si mesmo é ser um trabalhador, mas pensar e se comportar como um presidente de empresa.

8.1. desafiar a estrutura social

8.2. revolução nas relações humanas.