Ética (Psicologo/Esporte)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Ética (Psicologo/Esporte) por Mind Map: Ética (Psicologo/Esporte)

1. código de ética do esporte

2. código de ética do psicologo

3. A psicologia como tentativa de aumento de rendimento do atleta de alto nível

3.1. manejo de stress

3.2. desenvolver habilidades de comunicação

3.3. coesão do trabalho em equipe

4. O inicio da psicologia do esporte foi na Copa do mundo de 1958 na Suécia, para o Brasil.

5. A psicologia do esporte para a Rússia e EUA, datam ao início do século XX.

6. A psicometria foi utilizada como um modo de traçar os perfis dos profissionais, visando, novamente, o maior rendimento possível.

7. O trabalho do psicólogo do esporte, atualmente, não se restringe mais ao alto rendimento, cuidar e proporcionar melhorias para não-atletas, também se torna um dos estudos.

8. A psicologia do esporte, é entendida como uma subdivisão das ciências do esporte.

9. As Ciências do Esporte tendem a interdisciplinaridade.

10. O Atleta de alto rendimento, possui um trabalho alienante, pois modifica seu modo de viver para alcançar o máximo do seu corpo no mínimo de tempo; tudo para atender demandas midiáticas.

11. Fair-play, sempre residindo em uma área cinza, mas que tem seu proposito em ser uma ética para os profissionais do esporte.

12. O esporte tomou uma dimensão socio-cultural

13. As confederações normalmente são extremamente rígidas em relação ás éticas que se impõem aos atletas.

14. A ética do esporte é fundamentalmente incompleta, logo sendo necessária ser repensada, com organizações e confederações, para abarcar os questionamentos atuais da prática.

15. A pressão que existe em relação ao atleta, tanto em rendimento quanto na propaganda, pede que o psicólogo pense sobre o humano que existe alí.

16. A psicologia sendo utilizada para o alto rendimento, deve ser pensada também no humano que existe ali.

17. O esporte é uma pratica educacional-social, então é necessário que olhemos não somente o individuo, mas que a leitura da psicologia social também seja integrada a

18. Psicologia social do esporte

19. A realidade social, cultural são fundamentais a serem analisadas e estruturadas.

20. O esporte é visto como um modo de se instaurar a lógica capitalista em quem pratica, com as ideias de rendimento e produtividade, o que corrobora com a perspectiva de potencial alienante

21. Fair-play: aquele que se segue as regras do jogo de forma ética; e também o que se leva em conta a conduta pessoal do atleta.