Infecção de Feridas

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Infecção de Feridas por Mind Map: Infecção de Feridas

1. Ordenada

1.1. Mais atraumática

2. imunidade

3. Controle de circulação de pessoas na sala operatória.

4. limpas

4.1. trato gastrointestinal, urinario ou respiratório não lesados. Não traumáticas, sem processo inflamatório. Sem quebra dos princípios antissépticos e de técnica cirúrgica.

5. potencialmente contaminadas

5.1. Trato gastrointestinal, urinario ou respiratorio penetrados, contaminação não significativa. Pequenas infrações da técnica cirúrgica ou difícil assepsia.

6. contaminadas

6.1. Contaminação do trato gastrointestinal, urinario ou respiratório. Traumaticas com menos de 6h. Presença de processos inflamatórios sem pus. Grande quebra da técnica cirúrgica.

7. Infectadas

7.1. Presença de pus. Visceras perfuradas ou feridas traumáticas. Maior que 6h.

8. Prevenção

8.1. Escovagem

8.2. Desinfecção cutânea

8.3. Paramentação

8.4. Anti-séptico

8.5. consciência asséptica.

9. tecnica operatoria

9.1. Ponderada

9.2. Manipulação delicada e adequada dos tecidos.

9.3. instrumental selecionado e esterelizados

10. Sutura

10.1. Coaptação das Bordas

10.2. Buscar fios adequados para a região

11. Tratamento

11.1. Absorção do exsudado excedente

11.2. Realizar anamnese e exame fisico

11.3. conforto

11.4. Manutenção da proteção da ferida contra injurias e contaminação microbiana

11.5. Manutenção da umidade local

11.6. isolamento térmico

11.7. Debridamento da ferida

11.8. Prevenção de hemorragias

11.9. Freqüência e facilidade de troca e custos.

12. Curativos

12.1. Manutenção da área cruenta úmida

12.2. Prevenir dissecação

12.3. Promover assepsia

12.4. Proteção mecânica

13. Cicatrização

13.1. Fatores que interferem no processo de cicatrização

13.1.1. área e local

13.1.2. edema

13.1.3. nutrição

13.1.4. idade

13.1.5. infecções

13.1.6. presença de tecidos necróticos

13.1.7. concentração local de oxigênio

13.1.8. uso de esteroides

13.1.9. diabetes

13.1.10. radioterapia e quimioterapia

13.1.11. corpos estranhos

13.1.12. tipo de curativo

14. Reparação Tecidual

14.1. inicial ou inflamatória

14.1.1. Momento do ferimento 2 a 3 dias

14.1.2. exsudado inflamatorio

14.1.2.1. vasodilatação

14.1.2.2. extravasamento de plasma

14.1.2.3. eritrócitos

14.1.2.4. leucócitos para interstício

14.1.3. dor, calor, rubor e tumor

14.1.4. tipo e grau da agressão

14.2. Proliferativa ou fibroplasia

14.2.1. 2 ou 3 dias proliferação de fibroblasto - fibrinogênio- fibrina

14.2.2. aumenta força tênis da ferida

14.2.2.1. fibroblastos produzem colágeno

14.2.3. proliferação endotelial

14.2.3.1. tecido de granulação

14.2.3.2. epitelização da lesão- 24 a 48h

14.3. Maturação ou modelagem

14.3.1. modelagem do colágeno

14.3.2. regressão endotelial

14.3.3. pode durar ate 1 ano

14.3.4. clareamento das cicatrizações

14.3.4.1. diminuição da vascularização

14.3.5. força tênis diminuida nas 4 primeiras semanas