REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS por Mind Map: REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS

1. Espalhou-se para outras áreas da Europa, alterou a escala de produção existente no artesanato

2. A atividade industrial desenvolvida na Inglaterra , a partir da segunda metade da século XVIII.

3. As características fundamentais da atividade industrial estão o aumento significativo da escala de produção.

4. A maioria da população transferiu-se do meio rural para o urbano em busca de melhoras condições de vida e emprego.

5. Característica que marcou o processo de URBANIZAÇÃO.

6. A primeira revolução industrial ( da segunda metade do século XVII até o século XIX).

7. Esse período inicial de industrialização é chamado de PRIMEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.

8. Teve como fonte de energia o carvão mineral, fundamental para o desenvolvimento de maquinas a vapor.

9. Os fatores que leveram ao pioneirismo Inglês

10. Primeiramente, pela existencia de um Estado já consolidado, aliado ao sucesso do processo de expansão marítima.Esse sucesso levou ao acumulo de capital.

11. A introdução da máquina no processo produtivo aumentou a capacidade de produzir mercadorias.

12. A indústria consiste em uma atividade que se caracteriza por transformar matérias-primas em produtos elaborados.

13. Na segunda metade século XIX, se iniciou a SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

14. A utilização da energia elétrica e dos combustíveis derivados de petróleo.

15. Um dos avanços da SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL foi a mudança da matriz energética do carvão mineral para o petróleo

16. TAYLORISMO

17. Taylor preocupado com o excesso de tempo utilizado nas execuções de tarefas simples nas fabricas, Taylor criou um sistema rígido e eficaz

18. OBJETIVANDO MAXIMIZAR A PRODUÇÃO

19. ESPECIALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO

20. Aumento do controle do processo produtivo( gerenciamento)

21. FORDISMO

22. linha de montagem automatizada, trabalho especializado e controle de qualidade no final do processo produtivo. O aumento da produtividade e a diminuição dos custos de produção são dois dos principais objetivos do fordismo.

23. URBANIZAÇÃO, CONSUMO EM MASSA, PRATICA DE PRODUÇÃO (ESTOQUE).

24. CRISE DE 29

25. A superprodução e o subconsumo gerou a falencia de muitas empresas, pois, tinham um grande estoque parado, gerando essa crise e aumentando o numero de desempregados.

26. A crise de 29 gera problemas socioeconomicos no mundo todo, porque muitos países dependiam dos EUA para as importações, afetando também a importação de café no Brasil.

27. A crise de 29 deve uma recuperação através do keynesianismo

28. KEYNESIANISMO que defendiam, dentro dos parâmetros do mercado livre capitalista, a necessidade de uma forte intervenção econômica do Estado com o objetivo principal de garantir o emprego, renda, consum.

29. TOYOTISMO

30. Toyotismo é um sistema de produção industrial de mercadorias desenvolvido no Japão após a Segunda Guerra Mundial. O sistema levou esse nome pois foi instalado na fábrica da Toyota a partir da década de 1960

31. TERCEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL ( pós segunda guerra mundial) metade do século XX

32. Não há necessidade de estoque produção sobe demanda ( necessidade)