Classificação Decimal Universal (CDU)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Classificação Decimal Universal (CDU) por Mind Map: Classificação Decimal Universal (CDU)

1. Conceitos fundamentais

1.1. Linguagem artificial

1.1.1. Notações estabelecidas antes da análise nos documentos

1.1.2. Notações inalteráveis para representar um assunto

1.2. Linguagem pré‐coordenada

1.2.1. Notações prontas para assuntos compostos

1.3. Linguagem normalizada

2. Criadores

2.1. Paul Marie Ghislain Otlet

2.1.1. Sonho de Otlet

2.1.1.1. Indice de assuntos por meio do RBU

2.1.1.2. Acesso ao conhecimento por todos os povos

2.1.1.3. Obter a paz mundial

2.2. Henri La Lafontaine

3. Caracteristicas

3.1. Modificações em relação a CDD

3.1.1. Corte dos zeros finais

3.1.2. Colocação de ponto após cada grupo de três algarismos

3.1.3. Uso de sinais gráficos na composição da notação

3.2. Características gerais

3.2.1. Estrutura mista

3.2.1.1. Sistema enumerativo

3.2.1.2. Sistema facetado

3.2.2. Mono‐hierárquica

3.2.2.1. Unidimensional

3.2.3. Exaustiva e Específica

3.2.3.1. Representação de assuntos mais gerais quanto os mais específicos

3.2.4. Sistema decimal

3.2.5. Linguagem universal

3.2.5.1. Notações numéricas

3.2.5.2. Supralinguística

3.2.5.3. Enciclopédica

3.2.6. Analítico‐sintética

3.2.6.1. Semi‐facetada

3.2.6.2. Tabelas auxiliares

4. Objetivo

4.1. Compilar o Repertório Bibliográfico Universal

5. Edições

5.1. Responsável pela manutenção e atualização

5.1.1. FID (Federação Internacional de Informação e Documentação)

5.1.2. Consórcio CDU (UDC Consortium – UDCC)

5.1.2.1. O Responsável no Brasil é o IBICT

5.2. Tipos

5.2.1. Especiais

5.2.1.1. Apresentam uma ou algumas classes relacionadas; Extraídas das desenvolvidas

5.2.1.2. Com ou sem acréscimo dos Projetos de extensões ou de assuntos afins

5.2.1.3. Indicada para unidades de informação especializadas

5.2.2. Abreviadas

5.2.2.1. Atingem 10% das edições desenvolvidas

5.2.2.2. Traduzidas em quase todos os idiomas

5.2.3. Médias

5.2.3.1. Desenvolvida em 1962

5.2.3.2. Meio termo entre a desenvolvida e a abreviada

5.2.3.3. Idiomas

5.2.3.3.1. Alemão, em francês e em português (tradução do IBICT)

5.2.4. Condensadas

5.2.4.1. Desenvolvida em 1967

5.2.4.2. Edição condensada publicada em francês

5.2.5. Desenvolvidas

5.2.5.1. 1904: 1ª ed. Internacional intitulada "Manuel du Repertoire Bibliographique Universel", em idioma francês.

5.2.5.2. 1927: 2ª ed. publicada pelo Instituto Internacional de Bibliografia, em francês, "Classification Decimale Universelle”.

5.2.5.2.1. Arquivo mestre da CDU

5.2.5.3. 1934 3ª ed.

5.2.5.3.1. "Dezimalklassifikation" é a edição desenvolvida mais completa.

5.2.5.4. Idiomas

5.2.5.4.1. Inglês: 4ª ed.; Francês: 5ª ed.; Japonês: 6ª ed.; Espanhol: 7ª ed.; Alemão: 8ª ed.; Português: 9ª ed.

6. O que é?

6.1. Sistema de classificação bibliográfico

6.2. linguagem de indexação

6.3. Conhecimento dividido por categorias epistemológicas

6.4. Enciclopédica: abarca todos os ramos do saber

7. Notação