MODELOS DE GESTÃO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
MODELOS DE GESTÃO por Mind Map: MODELOS DE GESTÃO

1. As pessoas são contratadas de acordo com suas competências. "Capacidade, habilidade para resolver qualquer assunto, de uma determinada área."

1.1. Competências Técnicas - São fáceis de avaliar e de se desenvolver.

1.2. Competências Comportamentais - Mais difíceis de se desenvolver.

2. MÉRITOCRACIA

2.1. A Palavra meritocracia (do Latim meritu, mérito e cracia poder). Modelo que considerava o mérito para a promoção ou reconhecimento dos elementos inseridos. Valoriza e retem os colaboradores que fazem a diferença nos negócios. É importante que todas as pessoas envolvidas saibam exatamente o que a empresa considera importante e utiliza para valorização dos funcionários.

2.2. Recompensas ao colaborador que atinge os resultados:

2.2.1. Ascensão na hierarquia;

2.2.2. Aumento do salário fixo;

2.2.3. Impacto na remuneração variavel;

2.2.4. Viagens;

2.2.5. Treinamentos;

2.2.6. Bolsas de estudo;

2.2.7. Entre outros.

2.3. Vantagens - Produtividade, expansão de mercado, motivação, sentimento de dono, estimula a alcançar os resultados esperados, gera ação.

2.4. Desvantagens - Desmotiva as pessoas que não ganham, aumento de rotatividade, geram expectativas e possibilidade de frustração e comparação.

3. PROCESSOS

3.1. Um método utilizado para rever, melhorar e padronizar processos de trabalho. Utiliza estratégia abrangente, sistemática e estruturada que garante a participação efetiva dos envolvidos, independente do nível hierárquico, promovendo o comprometimento com a qualificação do processo de trabalho.

3.1.1. Os benefícios da gestão por processos incluem:

3.1.1.1. Concentra o foco no que realmente interessa: o trabalho;

3.1.1.2. É uma ferramenta para implementação da estratégia organizacional;

3.1.1.3. Confere simplicidade, agilidade às atividades e flexibilidade organizacional;

3.1.1.4. Facilita a gestão através de indicadores de desempenho;

3.1.1.5. Instrumentaliza a aplicação de abordagens inovadoras;

3.1.1.6. Facilita a gestão do conhecimento organizacional e a gestão de competências.

3.2. O conceito de processos segundo a norma é de inter-relação ou interação de várias atividades com a finalidade de transformar insumos (entradas) em produtos (saídas). É entendido que a saída de um processo pode se tornar a entrada de outro processo e, assim por diante. “Podemos entender que uma organização possui inúmeros processos que se interligam e se interagem. Com a sincronização destes processos é que teremos como resultado o produto de qualidade da sua organização. Portanto, um sistema de qualidade é resultante do funcionamento adequado destes processos ou conjunto de atividades. A abordagem por processos irá facilitar a adoção das melhorias necessárias”.

3.3. Vantagens - Padronização, Redução de erros, organização, identificação dos indicadores.

3.4. Desvantagens - Atraso dos processos

4. INOVAÇÃO

4.1. Inovação Aberta

4.1.1. Empresas que adotam este modelo valorizam as contribuições intelectuais das pessoas de dentro e fora da organização; buscam essencialmente lançar produtos que sejam rentáveis, licenciam patentes para terceiros, franqueiam a troca de conhecimentos e incorporam tecnologias de outros, dividindo riscos e benefícios. Há, portanto, uma clara preocupação com o conceito de promover a gestão da inovação por meio de processos sustentáveis à longo prazo e não somente em lançar produtos originais.

4.1.1.1. Em decorrência desta nova tendência na busca de recursos externos para a inovação na organização, surge um novo profissional denominado do “Capitalista da Inovação”. Sua atividade é buscar e avaliar conceitos e produtos na comunidade de inventores; desenvolver e aprimorar tais conceitos para que sua viabilidade de produção e potencial comercial possam ser avaliados; e oferecer os resultados almejados pelas empresas para as quais presta seus serviços.

4.1.1.2. Outros profissionais, também conhecidos como intermediários da inovação, atuam na busca de fontes e recursos externos para a inovação – são os chamados agentes de licenciamento, corretor de patentes, olheiro de idéias e capitalistas de invenção, que identificam idéias ainda em estado bruto; enquanto que os capitalistas da inovação buscam idéias prontas para o mercado. Os capitalistas de risco e incubadoras de negócios já focam sua atuação em produtos prontos para lançamento.

4.2. Inovação Fechada

4.2.1. Em contrapartida, as empresas que adotam um modelo de inovação fechado, limitam-se a utilizar seus recursos internos, investem apensas nos talentos de suas próprias empresas, têm grande preocupação em ser pioneiros e com a originalidade de seus lançamentos, e controlam suas patentes, impedindo que terceiros as utilizem.

4.3. Vantagens - Liderança de mercado.

4.4. Desvantagens - Desenvolvimentos de produtos que ninguém quer.

5. RESPONSABILIDADE SOCIAL

5.1. A uniformidade das práticas de gestão, tanto para os negócios como para a responsabilidade social, é o que diferencia uma empresa-cidadã, daquelas que praticam atividades sociais sem maiores compromissos. É transformar e consolidar seus programas sociais em processos, com referenciais de qualidade, de produtividade, de desempenho e de melhoria contínua, dentre outros.

5.2. É o desenvolvimento de um novo modelo de gestão de negócios. Trata-se da Responsabilidade Social.

5.2.1. Que tem preocupação com:

5.2.1.1. Bem-estar coletivo;

5.2.1.2. Bem-estar da comunidade;

5.2.1.3. Cultura;

5.2.1.4. Preceitos da sociedade.

5.2.2. As empresas passam a desenvolver ações no sentido de associar seus produtos e suas marcas em:

5.2.2.1. Ações de cidadania;

5.2.2.2. Preservação do meio ambiente;

5.2.2.3. Apoio aos demitidos;

5.2.2.4. E outras iniciativas sociais.

5.3. Seguindo estes reflexos, a propaganda e, principalmente, as ações de relações públicas, já começam a divulgar na mídia o conceito de responsabilidade social das empresas. Seguramente, as empresas e as marcas que estiverem associadas a estes conceitos serão mais simpáticas aos olhos do consumidor.

5.3.1. Essas empresas criam campanhas que ressaltam:

5.3.1.1. A conquista de prêmios sociais;

5.3.1.2. Valorização do meio ambiente;

5.3.1.3. Doação de parte do lucro para entidades beneficientes;

5.3.1.4. Projetos para melhoria de qualidade de vida;

5.3.1.5. Etc.

5.4. Vantagens - Melhor imagem da empresa, redução de custo, fidelização de clientes.

6. PESSOAS

6.1. Responsabilidade do Gestor: O gestor deve manter o foco em ATRAIR, DESENVOLVER e RETER pessoas.

6.1.1. ATRAIR - Saber o que buscar, recrutar, entrevistar e decidir.

6.1.1.1. Na entrevista deve conter perguntas referente: Apresentação, vida profissional, momento profissional e motivações, vida acadêmica e vida pessoal, assuntos de conhecimento geral, auto avaliação e encerramento.

6.1.2. DESENVOLVER - Identificar e classificar os 3 tipos de colaboradores. E oferecer Feedback.

6.1.2.1. Colaborador A - Comprometido

6.1.2.2. Colaborador B - Não Comprometido

6.1.2.3. Colaborador C - Totalmente não Comprometido

6.1.2.3.1. Não recebem Feedback, e sim uma carta para o concorrente.

6.1.2.4. FEEDBACK - Oferecer um retorno baseado em fatos, sobre o desempenho de um colaborador.

6.1.2.4.1. Tipos de Feedback.

6.1.3. RETER - O gestor deve avaliar a melhor forma de motivar sua equipe para executar as tarefas propostas.

6.2. Vantagens - Produtividade, clima organizacional, redução de custos para contratação de pessoas.

6.3. Desvantagens - Investimento, agradar a todos, nem sempre garante a produtividade.