O Conhecimento Murado

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
O Conhecimento Murado por Mind Map: O Conhecimento Murado

1. Com o avanço do conhecimento-perda de eficiência epistemológica

1.1. As universidades não conseguem se adaptar a velocidade atual com que o conhecimento avança, apesar do esforço em incorporar essas transformações.

1.2. Em função do sistema fechado e as limitações atribuídas a universidade esse problema origina o surgimento de instituições parauniversitárias as quais indicam o oferecimento do ensino superior mas se desviando do tradicionalismo universitário

1.3. As universidades fracassaram no cumprimento de seu papel, atrasando-se em termos de geração de conhecimento e perdendo a sintonia com os tipos e a a qualidade dos temas desenvolvidos ou ensinados. Se permanecer assim, elas deixarão de ter utilidade.

2. Com a disseminação do conhecimento-perda de abrangência na comunicação de massas

2.1. O conhecimento tornou-se urgente e simultâneo. O mundo inteiro se converteu em uma grande escola para aqueles que estão atentos e que se comportam como eterno alunos.

2.2. O desenvolvimento tecnológico pelo qual o mundo vem passando possibilitou uma revolução no número de pessoas capazes de ter acesso ao conhecimento disperso

2.3. As universidades ainda não deram um salto compatível com a realidade técnica de hoje, capaz de demolir os muros da universidade e conectá-la on-line para, em tempo real, distribuir os conhecimentos para o mundo inteiro.

3. Com a eficiência do diploma-a perda da promoção social

3.1. Atualmente, o diploma universitário, apesar de continuar sendo útil, deixou de ser um passaporte seguro para o sucesso. Diversos jovens graduados, em todo mundo, não encontram emprego, ou porque há um excesso de profissionais ou devido à rápida obsolência do que foi aprendido.

3.2. Apesar disso, a universidade não assumiu completamente essa realidade: ela critica o mercado, em vez de entender que ele é decorrência da realidade e exige novos campos de conhecimento e rapidez na formação e na reciclagem de alunos.

4. Com os excluídos-perda do papel de construtora de utopia

4.1. Na década de 60, a universidade era uma instituição, que buscava mudar a sociedade e construir justiça. Hoje os universitários, lutam basicamente por seus próprios interesses.

4.2. A universidade brasileira atual permanece impassível e colabora para tornar o Brasil um país dividido entre os que se beneficiam dos produtos da modernidade e os que são excluídos desse benefício.

4.3. A universidade ocupa-se agora do conhecimento técnico, tendo deixado para trás a ética, e pode ser usada como um dos instrumentos para a construção de uma divisão global.

4.4. Todos os campos da educação superior ignoram a grande massada população, tanto por omissão quanto pela ação. A sociedade optou pela exclusão.

4.5. a criação do sistema de cotas é como se beneficiar uns poucos representantes, incluindo-os no mundo universitário, bastasse para desonerar a universidade do compromisso de lutar pela verdadeira abolição da exclusão.

5. Com o mundo-não incorporação na globalização

5.1. Desde seus primórdios até o presentes, as universidades europeias constituíam uam das formidáveis redes de conexões internacionais, embora atualmente, elas não estejam conseguindo atuar da mesma forma diante do mundo globalizado.

5.2. A universidade do séc XXI não consegui entender como ser global sem perder a própria nacionalidade. Elas sentem-se divididas entre se abrir por completo, negando sua sua singularidade nacional, e se defender das interferências externas a ponto de negar a realidade atual global.

6. As perdas de sintonia

7. Universidades

7.1. Espaço para o novo pensamento livre e vanguardeio, independente de um padrão religioso

7.2. A partir do séc xx, renovação e reciclagem para abarcar o avanço do conhecimento técnico sobre o tradicional

7.2.1. Primazia do conhecimento tecnológico descompassa a universalidade do conhecimento geral nas universidades

7.3. O conhecimento universitário, mais uma vez, se vê murado e defasado, perdendo sintonia com o conhecimento e as demandas da realidade social externa a esses muros

8. Mosteiros

8.1. Fortificação de dogmas e conhecimento focado no âmbito religioso

9. Problemática: incapacidade de se sintonizar com o ritmo e o tipo de conhecimento surgindo no mundo ao seu redor